Imagem da matéria: Binance vai suspender saques e depósitos de oito tokens ligados aos problemas com Multichain; veja datas
Foto: Shutterstock

A Binance anunciou nesta quarta-feira (5) que irá suspender saques e depósitos de criptomoedas relacionadas com o projeto Multichain, que faz conexões entre diferentes blockchains. Serão oito tokens afetados, e cada um deles em uma rede específica. 

A suspensão passa a valer às 21h de amanhã no horário de Brasília (00h00 do dia 7, no horário UTC, que é usado como padrão pela corretora). 

Publicidade

As criptomoedas afetadas são: 

  • Polkastarter (POLS) via BNB Smart Chain
  • Alchemy Pay (ACH) via BNB Smart Chain
  • Beefy.Finance (BIFI) via Fantom Network
  • SuperVerse (SUPER) via BNB Smart Chain
  • Travala (AVA) via Ethereum Network
  • Spell Token (SPELL) via Avalanche C-Chain
  • Alpaca Finance (ALPACA) via Fantom Network
  • Harvest Finance (FARM) via BNB Smart Chain

A corretora ressaltou que irá que continuar permitindo saques e depósitos dos tokens mencionados em outras redes, desde que sejam ambientes que já tenham suporte da Binance.

Problemas com Multichain

Em seu curto anúncio, a Binance cita “a recente situação com o protocolo Multichain (MULTI)” e direciona para uma publicação no Twitter da própria empresa de tokens de ponte de blockchains.

Em maio, os usuários do protocolo Multichain relataram uma série de problemas, e a instituição por sua vez divulgou problemas internos profundos.

Na ocasião, o The Block reportou que o cofundador da Multichain, DJ Qian, que não trabalha mais com o projeto, disse no Twitter que pediu ao atual CEO da Multichain, Zhaojun, e seu sócio fundador, Xu Guochang, para ver se eles poderiam fornecer alguma ajuda técnica.

Publicidade

Em uma mensagem em grupo no Telegram com a equipe Multichain, o vice-presidente de Parcerias Estratégicas do projeto, que atende por Mog, respondeu que não sabia se a equipe de liderança havia sido detida pelas autoridades chinesas — ainda segundo o The Block.

O protocolo possuía naquele momento US$ 1,52 bilhão em Valor Total Bloqueado (TVL, na sigla em inglês), segundo o índice Defillama.

Naquele momento, os usuários relataram problemas relacionados à ponte zkSync, Kava e Polygon zkEVM da Multichain.

A Binance anunciou então a suspensão do depósitos de dez pares de criptomoedas envolvendo o tokens do ecossistema Multichain.

Mais tarde, o protocolo disse que todas as operações haviam voltado ao normal.

Fantom retira milhões de liquidez da Multichain

O problemas de maio fizeram com que a Fantom Foundation retirasse US$ 2,4 milhões de sua liquidez em MULTI, token do protocolo Multichain, na exchange descentralizada SushiSwap.

Isso ocorreu no dia 24 de maio, e o diretor da Fantom, Andre Cronje, explicou que “não há porque prover liquidez em tempos de incerteza”.

Publicidade

Cronje tranquilizou o mercado ao afirmar que os fundos ainda não foram vendidos. Ele promete que “assim que a [equipe] Multichain divulgar uma declaração sobre isso e esclarecê-la, faremos o LP novamente.”

LP é a sigla em inglês para Fornecedor de Liquidez, ou Pool de Liquidez; que descreve o ato de disponibilizar uma quantidade de criptoativos para negociação em plataformas descentralizadas, em troca de participação nas taxas de negociação da plataforma como recompensa.

Fantom (FTM) possui alta exposição ao Multichain. De acordo com dados do The Block Research, 38% do valor total bloqueado (TVL) do ecossistema Fantom é mantido dentro do Multichain. Além disso, os tokens emitidos no Multichain representam 78% do valor de mercado dos tokens na blockchain da Fantom.

VOCÊ PODE GOSTAR
ilustração do famoso sapo pepe

PEPE salta 19% e bate recorde após boato de listagem na Coinbase e hype da GameStop

As últimas 24 horas foram uma tempestade perfeita para Pepe: Roaring Kitty voltou causando um boom das memecoins, ao mesmo tempo que se espalhou rumores de listagem na Coinbase
Donald Trump é fotografado em comício nos EUA

Trump agora aceita doações em Bitcoin e cumpre promessa com relação às criptomoedas

Bitcoin, Ethereum, Dogecoin, Solana, Shuba Inu e XRP estão entre criptomoedas aceitas pela candidato Donald Trump 
Costas de um policial de Hong Kong

Empresário e filho se entregam à polícia após sequestrarem investidora de criptomoedas

A dupla teria tentado acertar as contas com a mulher de 55 anos que teria intermediado um investimento de cerca de R$ 10 milhões em criptomoedas
miniatura de homem sob pulpito e moeda gigante de bitcoin ao lado

Brasileiros não podem usar criptomoedas para fazer doações nas eleições municipais

A Procuradoria-Geral da República explicou as regras de doações para as eleições municipais de 2024