Imagem da matéria: Fantom dispara 16% em meio a rumor da volta de desenvolvedor ao setor DeFi
(Foto: Shutterstock)

O preço do FTM, o token que serve de base para a rede blockchain Fantom, disparou 16% nas últimas 24 horas, atingindo um recorde diário de US$ 0,50 nesta segunda-feira (23).

De acordo com dados do site CoinMarketCap, FTM também subiu 43% nos últimos sete dias, tornando-se no ativo de melhor desempenho dentre as 100 maiores criptomoedas da indústria.

Publicidade

A recente ação de preço do FTM pode ter sido resultante da especulação de que Andre Cronje, um desenvolvedor no setor de Finanças Descentralizadas (ou DeFi, na abreviatura em inglês), estava voltando ao projeto.

Há menos de três meses, Cronje havia anunciado que ele, junto com seu colega, o desenvolvedor Anton Nell, estavam deixando o setor cripto de uma vez por todas.

O anúncio-surpresa resultou em uma drástica liquidação do token FTM, bem como do YFI, o token nativo do Yearn Finance — outro projeto DeFi relacionado a Cronje.

Perda de paridade da stablecoin fUSD

Recentemente, Cronje foi “visto” no GitHub trabalhando no protocolo fMint, a plataforma da Fantom para a emissão de fUSD, a stablecoin nativa da blockchain que sofreu uma grande perda de paridade nas últimas semanas.

Publicidade

A perda de paridade da fUSD pode ter sido causada pela pressão de mercado gerada pelo colapso da terrausd (UST). Porém, assim como enfatizado pela Fantom Foundation via Twitter, diferente da UST, “fUSD é uma stablecoin sobregarantida (similar à DAI) e lastreada por FTM em staking”.

“A UST não tinha nada como lastro. Usuários criam fUSD ao tomarem [a stablecoin] emprestado com seus FTM em staking. Se o valor do FTM cair abaixo da proporção mínima de garantia, então o FTM é gradualmente leiloado a usuários que realizam ofertas usando fUSD (para manter a paridade). A UST não tinha um processo de leilão”, afirmou a Fantom Foundation, acrescentando que uma explicação detalhada sobre as funções da fUSD será publicada “ao longo das próximas semanas”.

Neste momento, fUSD está sendo negociada a US$ 0,69, bem abaixo de sua desejada paridade de US$ 1, segundo o CoinMarketCap.

Conforme observado pelo repórter cripto Colin Wu, Cronje lançou a proposta de otimização da fUSD ao Fantom enquanto o endereço Fantom associado ao desenvolvedor recentemente acrescentou quase 100 milhões de FTM, ou seja, ele pode “estar voltando ao Fantom”.

Publicidade

Mais especificamente, nas duas últimas semanas, esse endereço enviou 11 tranches de 9.999.998,99 FTM cada e a mais recente transação aconteceu nesta segunda-feira.

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Investidor acende alerta da comunidade ao ser hospitalizado após tentar fazer memecoin viralizar

Investidor acende alerta da comunidade ao ser hospitalizado após tentar fazer memecoin viralizar

O usuário foi atingido por fogos de artifício em uma live de divulgação do seu token
Bitcoin e grafico de mercado

Traders de Bitcoin miram US$ 74 mil já na próxima semana com nova onda de fluxo positivo para ETFs

Com ETFs registrando quatro dias seguidos de entradas e dados de inflação nos EUA abaixo do esperado, o Bitcoin já começou a retomar a alta e superou os US$ 66 mil
Michaël van de Poppe em vídeo no Youtube

“É hora de investir em altcoins como Ethereum além do Bitcoin”, diz Michaël van de Poppe

Citando o Ethereum com uma das opções, o analista diz que o mercado de altcoins já passou por correção e que a tendência agora é de alta
Imagem da matéria: Aprovação hoje dos ETFs de Ethereum é "provável", dizem fontes próximas à SEC

Aprovação hoje dos ETFs de Ethereum é “provável”, dizem fontes próximas à SEC

Fontes disseram à Fox Business que a SEC está se baseando em decisões judiciais recentes para dar o sinal verde aos ETFs de Ethereum