Imagem da matéria: Binance não descarta listar token de Ethereum que pode surgir com revolta dos mineradores
(Foto: Shutterstock)

Binance, a maior corretora de criptomoedas do mundo em termos de volume negociado, afirmou, nesta quarta-feira (10), que não irá desconsiderar seu apoio à futura e controversa bifurcação do Ethereum, chamada de ETHW.

A corretora anunciou que irá apoiar “a fusão” — uma alteração no protocolo prevista para o dia 19 de setembro, que irá completar a tão aguardada atualização para o mecanismo de consenso proof of stake (ou PoS, na sigla em inglês).

Publicidade

Porém, a empresa também afirmou que possivelmente vai apoiar os “contrários à fusão” que planejam continuar usando o mecanismo proof of work (ou PoW) e criar uma rede e criptomoeda derivadas.

“No caso de novos tokens bifurcados, a Binance irá avaliar o suporte para a distribuição e saque dos tokens bifurcados”, de acordo com um comunicado.

“Para proteger os adversários da Binance, todos os tokens bifurcados vão passar pelo mesmo processo rigoroso de revisão que a Binance realiza com qualquer outra moeda/token”, acrescentou a empresa.

Em setembro, a rede Ethereum será atualizada para ETH 2.0. Em vez de ser uma blockchain PoW, migrará para o PoS, eliminando a necessidade de mineradores.

Publicidade

Validadores, e não mineradores, vão manter a rede segura ao “bloquear” (fazer o staking) das criptomoedas nativas da rede.

Espera-se que a mudança torne o Ethereum mais rápido, escalável e bem mais energeticamente eficiente. Defensores da migração também afirmam que a atualização vai ajudar a manter a inflação da criptomoeda nativa da rede (ETH) sob controle.

Mas o fim da mineração do Ethereum terá um impacto negativo para mineradores da rede que dependem desse processo para obter sua fonte de renda.

Revolta dos mineradores de Ethereum

Neste mês, o minerador chinês Chandler Guo anunciou que quer resistir à atualização e manter uma versão PoW viva em uma tentativa de ajudar mineradores que poderão ser abandonados após a atualização.

Ele planeja seguir em frente com um processo chamado de “bifurcação drástica” (do inglês “hard fork”): Quando aqueles que trabalham na rede não concordam mais com o melhor rumo a seguir e, por isso, seguem caminhos diferentes — com uma nova criptomoedas.

Publicidade

Neste caso, a nova rede seria conhecida como ETHPoW; a nova criptomoeda, ETHW. Porém, desenvolvedores do Ethereum continuam céticos de que tal iniciativa vai obter muito apoio de desenvolvedores e do mercado. Porém, grandes participantes do mercado sinalizaram que estão abertos à possibilidade.

Até agora, grandes corretoras, como a Poloniex, de Justin Sun, e Huobi, afirmaram que irão apoiar a bifurcação ao listar o token. Na segunda-feira (8), a BitMEX anunciou o lançamento de um contrato futuro para ETHW.

Enquanto isso, a Circle, empresa responsável por USDC, a segunda maior stablecoin do mercado, afirmou que só irá apoiar a ETH 2.0.

Tether, a maior fornecedora de stablecoins, também anunciou que iria apoiar a fusão, acrescentando que é “importante que a transição ao PoS não seja transformada em uma arma para gerar confusão e danos ao ecossistema”.

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

Quer investir em ativos digitais, mas não sabe por onde começar? O Mercado Bitcoin oferece a melhor e mais segura experiência de negociação para quem está dando os primeiros passos na economia digital. Conheça o MB!

Publicidade
VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: OKX corta taxas de negociação e introduz taxa negativa no Brasil; entenda

OKX corta taxas de negociação e introduz taxa negativa no Brasil; entenda

Segundo a OKX, haverá um modelo de níveis em que usuários poderão ter taxas de maker negativas ou zeradas dependendo do saldo na exchange
predio com logo da corretora binance

Binance desiste de registro em Portugal e pode voltar à Índia com multa de US$ 2 milhões

Em Portugal, a empresa não conseguiu dar conta de uma série de pressupostos essenciais para o licenciamento da operação a nível nacional, diz mídia local
Imagem da matéria: Como a Binance entrou em pé de guerra com o governo da Nigéria

Como a Binance entrou em pé de guerra com o governo da Nigéria

Nigéria acusa a Binance de facilitar corrupção e outros crimes e já até prendeu executivos da exchange no país
Celular com gráficos de ações e criptomoedas em queda no fundo

Preço de tokens BRC-20 da rede Bitcoin despencam antes do halving — Runes é o culpado?

Em semana crucial para a principal rede de criptomoedas, a ORDI caiu mais de 40%