Imagem da matéria: A semana no CriptoTwitter: o sumiço dos donos de um fundo de criptomoedas, problemas na internet do Canadá e a defesa do Bitcoin
Foto: Shutterstock

A última semana foi um misto de emoções.

As principais criptomoedas se recuperaram após semanas de quedas mas, em âmbito comercial, Vauld e Voyager se tornaram as mais novas credoras cripto a enfrentarem insolvência após Celsius e BlockFi.

Publicidade

O Three Arrows Capital (ou 3AC), anteriormente um grande fundo de hedge cripto, recentemente enviou um pedido de recuperação judicial do tipo “Chapter 11” — em que um plano é proposto para que a empresa continue operando enquanto paga seus credores ao longo do tempo — e, agora, os advogados da empresa, de acordo com o pedido, não conseguem localizar os fundadores, Su Zhu e Kyle Davies.

Advogados e representantes de liquidação do 3AC… não sabem onde estão os cofundadores Su Zhu e Kyle Davies. De acordo com o documento de recuperação judicial de sexta-feira:

Então, os resgates começaram, liderados pelo bilionário Sam Bankman-Fried. Sua corretora, a FTX, estendeu uma linha de crédito de US$ 250 milhões para a credora BlockFi em junho. No dia seguinte, Alameda Research, outra empresa de Bankman-Fried, deu à Voyager Digital uma linha de crédito de US$ 500 milhões.

Duas semanas depois, a FTX chegou a um acordo para adquirir a BlockFi. Agora, Alameda já devia US$ 377 milhões à Voyager, então era uma devedora resgatando sua credora.

O CEO da Binance, Changpeng Zhao (ou CZ), criticou o acordo em uma entrevista para o podcast “gm” do Decrypt. CZ disse que também deseja socorrer empresas: “Alguns deles são acordos realmente bons. Então acho que você verá que iremos investir, socorrer e salvar muitos projetos”.

Publicidade

Feliz em devolver o empréstimo da Voyager e conseguir nossa garantia de volta sempre que a Voyager precisar.

Justin Sun, da TRON, também deixou bem claro que ele também está pronto para socorrer empresas.

Somos amigos de todos e estamos sempre prontos para atendê-los.

Pior invasão 

A notícia aconteceu no início da semana de que dados pessoais de mais de um bilhão de pessoas foram adquiridos da base de dados da polícia chinesa de Xangai e oferecidos por até 10 BTC (no momento, equivalentes a US$ 202 mil).

Xangai sofreu a maior violação à privacidade de usuários até agora:

Mais de um bilhão de residentes chineses. Dados incluem

✅ Nome

✅ Endereço

✅ Local de nascimento

✅ Número nacional de identificação

✅ Número de celular

✅ Todos os detalhes de crimes/casos

💰 Tudo por 10 BTC

A Web3 deve (e ainda consegue) ser melhor.

De acordo com a Bloomberg, os dados incluíam tudo, desde nomes e números de identificação, número de celular e pedidos de comida. E havia registros de data/hora de quando os detalhes foram registrados.

CZ deu uma explicação técnica.

Aparentemente, essa invasão aconteceu porque o desenvolvedor do governo escreveu um blog de tecnologia e acidentalmente incluiu as credenciais

Mais de um bilhão de registros de dados privados de cidadãos.

Ricaços

Os bilionários CEOs e HODLers de bitcoin Michael Saylor e Elon Musk ambos impulsionaram suas moedas preferidas essa semana. Saylor tuitou sobre quanto valor o bitcoin ganhou desde que sua empresa, a MicroStrategy, anunciou seu plano de comprar e fazer o “HODLing” — porém, ele falhou em mencionar que está tendo prejuízo com seu investimento.

Em 11 de agosto de 2020, a MicroStrategy embarcou em sua Estratégia de Bitcoin, adquirindo 21.454 bitcoins a um preço total de aquisição de US$ 250 milhões.

Publicidade

Desde então, o desempenho do bitcoin é de +83%; MSTR, +79%; S&P, +16%; Nasdaq, +6%; ouro, -14%; títulos, -16%; e prata, -33%.

E a CNN Business informou que The Boring Company, uma das outras empresas de Musk, irá aceitar dogecoin (DOGE) por corridas em um novo sistema de transporte subterrâneo em Las Vegas, que permitirá que passageiros passeiem pela cidade em veículos da Tesla a cerca de 56 quilômetros por hora (ou km/h).

— A adesão e criação de casos de uso é a melhor forma de empreendedores apoiarem a dogecoin.

Com a expansão planejada de Loop para cobrir a área Las Vegas Strip e atender a Universidade de Nevada e, possivelmente, o aeroporto, isso é realmente divertido e empolgante.

— [Estou] apoiando doge seja onde for.

Por fim…

Uma enorme paralisação de redes móveis e de internet pelo Canadá fez o CEO da TrustSwap e defensor do bitcoin, Jeff Kirdeikis, refletir sobre sua criptomoeda preferida:

O sistema bancário, incluindo todos os cartões de débito, estão fora de serviço no Canadá. Ninguém pode realizar pagamentos de nada.

Publicidade

Talvez esse bitcoin tenha utilidade afinal.

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
CEO do MB Reinlado Rabelo em evento da CVM na USP

“A Bolsa é sim lugar de startups”, diz CEO do Mercado Bitcoin em evento da CVM

Reinaldo Rabelo participou do evento do “Tecnologia e Democratização dos Mercados de Capitais no Brasil”
Imagem da matéria: 8 ETFs de Ethereum à vista são aprovados pela SEC nos EUA

8 ETFs de Ethereum à vista são aprovados pela SEC nos EUA

Expectativa agora é que Ethereum possa renovar sua máxima histórica de novembro de 2021 e passar com folga a marca dos US$ 5 mil
Celular com o logo da CVM e notebook aberto no site da Comissãod e Valores Mobiliários

CVM reconhece ativo de blockchain como token de pagamento

Dynasty Global AG recebeu na última semana a classificação do D¥N como um token de pagamento pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).
Imagem da matéria: Fed e o Banco do Japão levarão o Bitcoin a US$ 1 milhão, diz Arthur Hayes

Fed e o Banco do Japão levarão o Bitcoin a US$ 1 milhão, diz Arthur Hayes

Um complexo emaranhado entre bancos centrais em relação ao iene levará a uma frenética impressão de dinheiro, elevando o preço do Bitcoin, diz o cofundador da BitMEX