Susto
Shutterstock

Vauld, a plataforma de corretagem e empréstimo com criptomoedas baseada em Singapura suspendeu suas operações nesta segunda-feira (4), citando dificuldades financeiras devido às condições voláteis do mercado em meio ao chamado ‘inverno cripto’.

A empresa também anunciou que iria suspender imediatamente todos os depósitos, os saques e as negociações.

Publicidade

A Vauld possui investimentos de grandes empresas de capital de risco (VCs), incluindo Coinbase Ventures, Pantera Capital e Valar Ventures, do bilionário Peter Thiel.

A empresa só irá processar depósitos de clientes relacionados ao seu produto de empréstimos com garantias (ou “colateralizados”).

“Acordos específicos serão feitos para depósitos de clientes, pois pode ser necessário que alguns clientes preencham chamadas de margem relacionadas a empréstimos com garantias”, de acordo com um anúncio publicado nesta segunda-feira (4).

A empresa contratou a empresa de consultoria financeira Kroll Pte Limited e empresas de advocacia, incluindo Cyril Amarchand Mangaldas e Rajah & Tann Singapore LLP, para explorar todas as possíveis opções e ajudar a solucionar sua atual crise.

A Vauld afirmou que saques na plataforma totalizam US$ 197,7 milhões desde 12 de junho de 2022. A implosão do Terra, os problemas financeiros da Celsius Network e a inadimplência do 3AC em relação a seus empréstimos foram citados como motivos para os saques em massa.

Como sequência, a receita despencou, forçando a empresa a demitir 30% de seus funcionários em junho.

A empresa também reduziu a compensação a seus executivos pela metade.

“Tomamos a decisão dolorosa de reduzir o número de funcionários da Vauld em cerca de 30%”, tuitou o CEO Dharshan Bathija.

Publicidade

O anúncio gerou ainda mais medo entre usuários da Vauld. “Suspendam depósitos, consertem depósitos fixos com a quantidade principal e deixem usuários sacarem suas próprias criptos/seu próprio dinheiro”, tuitou um usuário, expressando suas preocupações. “Você não pode manter o dinheiro de investidores contra a vontade deles.”

“Acabei de transferir da BlockFi para a Vauld minutos atrás antes do anúncio”, tuitou outro usuário da Vauld. “Posso pegar meu dinheiro de volta? É sério.”

Vauld entra para a lista de credoras cripto em apuros

A Vauld é a mais recente credora a sofrer um grande impacto durante a atual queda do mercado.

A BlockFi, uma plataforma de empréstimos com sede no estado americano de Nova Jersey, recentemente concordou com uma linha de crédito rotativo da corretora cripto FTX, com a possibilidade de aquisição por conta dos recentes problemas financeiros da credora.

“Uma opção de adquirir a BlockFi a um preço variável de até US$ 240 milhões com base em ativadores de desempenho” está em discussão, afirmou o CEO da BlockFi, Zac Prince.

Publicidade

Em junho, a credora cripto Celsius também havia pausado saques, citando problemas de liquidez.

Changpeng Zhao (ou CZ), CEO da corretora cripto Binance, criticou essas empresas, incluindo a Vauld, por supostamente dependerem demais de fundos de capital de risco e não terem um nítido modelo de negócios.

https://twitter.com/cz_binance/status/1543873102383390722

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: MB lança campanha comemorativa de 11 anos com ‘cakeback’ e oferece chance de ganhar dois ETH

MB lança campanha comemorativa de 11 anos com ‘cakeback’ e oferece chance de ganhar dois ETH

Os incentivos serão válidos para clientes antigos e novos entrantes da plataforma; campanha seguirá ativa por todo o mês de junho de 2024
Imagem da matéria: Fundos de criptomoedas têm saídas de US$ 600 mi na semana, mas Brasil mantém fluxo positivo

Fundos de criptomoedas têm saídas de US$ 600 mi na semana, mas Brasil mantém fluxo positivo

Mercado realinha expectativas após FOMC manter juros nos EUA e fundos de criptomoedas encerram sequência de cinco semanas de entradas líquidas
Imagem da matéria: IA e mineração de Bitcoin vão obrigar rede elétrica do Texas a crescer mais que o previsto

IA e mineração de Bitcoin vão obrigar rede elétrica do Texas a crescer mais que o previsto

CEO da ERCOT, que controla a rede elétrica do Texas, disse que nos próximos seis anos a capacidade do estado vai precisar praticamente dobrar
Imagem da matéria: McDonald's lança seu próprio metaverso - e os proprietários de NFTs do Grimace são VIPs

McDonald’s lança seu próprio metaverso – e os proprietários de NFTs do Grimace são VIPs

A rede de fast food McDonald’s acaba de lançar um mundo metaverso para clientes de Singapura, com vantagens especiais para titulares de NFTs do Grimace