Tela de computador mostra logo da Three Arrows Capital
Foto: Shutterstock

O tribunal superior das Ilhas Virgens Britânicas abriu no mês passado um processo de liquidação da gestora de fundos de investimentos em criptomoedas Three Arrows Capital (3AC). No entanto, só agora vieram à tona detalhes sobre a decisão, com a divulgação de uma cópia do processo, revelando uma dívida milionária da 3AC em bitcoin e ethereum para uma corretora.

De acordo com o documento registrado no dia 24 de junho, divulgado pelo site Coindesk na quinta-feira (07), a causa do pedido de falência da Three Arrows Capital nas Ilhas Virgens foi uma dívida formada por 2319 bitcoins e 31177 ethers (um valor total na casa dos US$ 80 milhões ou R$ 400 milhões) com a Derebit, uma corretora de derivativos de criptomoedas operada por uma empresa de origem holandesa chamada DRB Panama.

Publicidade

A 3AC é formalmente baseada no país do Caribe — um paraíso fiscal que abriga diversas empresas do tipo —  mas sua base física de operações é Singapura. Portanto, resta a questão de como o processo afetará a operação da empresa na cidade-estado. Até o fechamento dos negócios em 7 de julho na Ásia, ressalta o Coindesk, não há registro de um pedido de sua liquidação na jurisdição asiática – embora o governo local esteja acusando a empresa de promover “informações falsas” às instituições legais do país.

O representante DRB Panama, o escritório de advocacia Ogier of Ritter House, diz no processo que “pretende solicitar um pedido de acordo”, embasado na Lei de Insolvência da jurisdição. E descreve que o acordo de empréstimos de BTC e ETH foi realizado em março de 2020, tendo a 3AC não cumprido a sua parte no dia  11 de junho deste ano. Em 15 de junho, a conta foi encerrada e a Deribit solicitou o pagamento do déficit que totalizou os US$ 80 milhões.

(Imagem: Reprodução)

A 3AC é uma das principais empresas na área de investimentos em criptomoedas, com empréstimos feitos a diversas grandes companhias do setor. Uma liquidação tem potencial para abalar o mercado e influenciar os preços das moedas, já enfraquecidos pelo derretimento de projetos como o Terra Luna e a Celsius.

Na semana passada, a corretora de criptomoedas Voyager Digital já havia emitido um aviso de inadimplência contra a empresa, após o calote de um empréstimo de 15.250 bitcoins (equivalente a US$ 322 milhões) e 350 milhões em USDC (stablecoin da Circle).

Publicidade

Não sabe qual o melhor criptoativo para o seu perfil? No Mercado Bitcoin, quem está começando a investir tem a melhor experiência de negociação e fica informado sobre tudo! Saiba mais sobre o Mercado Bitcoin!

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Ethereum (ETH) decola 20% com expectativa para aprovação de ETFs nos EUA

Manhã Cripto: Ethereum (ETH) decola 20% com expectativa para aprovação de ETFs nos EUA

A animação dos investidores fez aumentar em 219% o volume de negociação do Ethereum nas últimas 24 horas
CEO do MB Reinlado Rabelo em evento da CVM na USP

“A Bolsa é sim lugar de startups”, diz CEO do Mercado Bitcoin em evento da CVM

Reinaldo Rabelo participou do evento do “Tecnologia e Democratização dos Mercados de Capitais no Brasil”
Ilustração da memcoin em Solana Bonk

Como criar uma memecoin em Solana com a Pump.fun

Protocolo viralizou ao permitir a qualquer pessoa criar uma criptomoeda por cerca de R$ 15
Imagem da matéria: Bitcoin entra em onda de alta e atinge o seu maior preço desde o halving

Bitcoin entra em onda de alta e atinge o seu maior preço desde o halving

Dados do CoinGecko mostram que o Bitcoin subiu cerca de 3% no último dia e no período de uma semana valorizou em 9%