Imagem da matéria: FTX estende crédito de US$ 680 milhões para tentar salvar BlockFi e o contágio do mercado de criptomoedas
(Foto: Shutterstock)

Nesta sexta-feira (1º), a credora de criptomoedas BlockFi anunciou ter chegado a um acordo com FTX US, uma divisão americana da corretora cripto liderada pelo bilionário Sam Bankman-Fried, por uma linha de crédito rotativo e uma possível aquisição.

O acordo representa um valor total de US$ 680 milhões, tuitou o CEO da BlockFi, Zac Prince. “Uma opção de adquirir a BlockFi a um preço variável de até US$ 240 milhões com base em ativadores de desempenho” está em discussão, disse ele.

Publicidade

O acordo surge em meio a rumores de que a FTX iria adquirir a BlockFi por menos de US$ 25 milhões. Na quinta-feira (30), Prince foi ao Twitter negar esses rumores. No entanto, a credora que está passando por dificuldades agora assinou um termo de compromisso com a FTX US que abre espaço para uma aquisição.

O acordo de US$ 680 milhões aumenta o tamanho da linha de crédito rotativo da FTX em US$ 400 milhões — em comparação aos US$ 250 milhões anteriormente anunciados — e ainda mantém qualquer pagamento subordinado aos fundos de clientes. Isso significa que, se a coisa apertar, a BlockFi pode cumprir suas obrigações com clientes antes de ter de pagar a FTX de volta.

“Ainda não delineamos essa facilidade de crédito até agora e continuamos operando todos os nossos produtos e serviços normalmente”, tuitou Prince. “Na realidade, aumentamos as taxas de juros a partir de agora.”

Prince disse que a BlockFi registrou um aumento no saque por clientes na semana do dia 12 de junho, após sua adversária Celsius ter congelado saques para evitar uma corrida bancária.

Publicidade

Desde então, a Celsius contratou duas empresas diferentes para ajudá-la a explorar opções de reestruturação via recuperação judicial e contatou clientes em seu blog para afirmar que estabilização da empresa levará mais tempo.

No fio, Prince também desmentiu rumores de que a BlockFi tinha exposição à inadimplência da Celsius, mas que sua empresa passou por um prejuízo de US$ 80 milhões pela liquidação forçada do fundo de hedge singapurense Three Arrows Capital (ou 3AC).

“Embora sejamos um dos primeiros a acelerar completamente nosso prejuízo sobrecolateralizado para o 3AC, bem como liquidar e proteger toda a garantia, tivemos um prejuízo de cerca de US$ 80 milhões, que é uma fração dos prejuízos registrados por outros”, tuitou Prince.

Se a FTX exercitar sua opção de adquirir a BlockFi, será o segundo acordo que começará com uma linha de crédito para uma empresa em apuros.

Publicidade

Em abril, a corretora finalizou um acordo para adquirir a fintech japonesa Liquid Group por uma quantia não divulgada. O acordo, inicialmente anunciado em fevereiro, começou com um empréstimo de US$ 120 milhões para ajudar a empresa a continuar funcionando após a Liquid ter sido hackeada e perder US$ 90 milhões.

A notícia do acordo da BlockFi foi bem-recebida pelo presidente da FTX US, Brett Harrison, afirmando que sua equipe está empolgada para “ajudar a impulsionar o negócio da BlockFi e trabalharem juntos rumo a parcerias estratégicas”.

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Anbima anuncia novas regras para fundos de criptomoedas

Anbima anuncia novas regras para fundos de criptomoedas

Pelas novas regras da Anbima, gestores terão de descrever os controles de gestão das criptomoedas e apresentar a metodologia de precificação dos ativos
J.D. Vance.

Quem é J.D. Vance? Vice de Trump que tem mais de US$ 100 mil em Bitcoin

O senador e autor de best-sellers J.D. Vance parece ter entrado no movimento republicano a favor das criptomoedas
Imagem da matéria: Hamster Kombat: Veja o Daily Combo e Cipher Code desta quarta (17)

Hamster Kombat: Veja o Daily Combo e Cipher Code desta quarta (17)

Procurando o combo diário e o código cifrado de quarta-feira, 17 de julho? Aqui está o que você precisa para ganhar moedas no jogo Hamster Kombat do Telegram
Moeda de Bitcoin à frente de logo da Mt. Gox

Reembolsos de Bitcoin da Mt. Gox se aproximam: veja as previsões

Já faz uma década, mas não vai demorar muito mais, pois bilhões de dólares em Bitcoin estão a caminho dos credores da falida exchange