Imagem da matéria: Youtuber Piuzinho chora ao relatar que hacker deletou canal: "Vou recomeçar do zero"
Youtuber Piuzinho disse que canal era tudo que ele tinha Foto: Instagram

“O hacker deletou meu canal”, afirmou o youtuber de Free Fire Ricardo “Piuzinho” Henrique nesta sexta-feira (15), numa série de vídeos em seu canal do Instagram. Chorando, ele explicou que o canal já havia sido recuperado, mas que foi apagado.

“Vou criar um canal novo, é isso”, disse Piuzinho nas primeiras imagens.

Publicidade

Em seguida, já em prantos, ele mal conseguia se expressar. O momento então foi de agradecimento pelo apoio que estava recebendo da ‘família’, como ele trata seus seguidores.

Piuzinho quase vendeu canal 

A ocasião se mostrou favorável para que o streamer lembrasse do seu início de carreira e contar um pouco do que passou antes de ficar famoso e a história que construiu — seu canal tinha mais de 10 milhões de inscritos.

Segundo ele, antes do canal começar a dar certo, suas contas de consumo estavam prestes a vencer e que por conta do desespero ele ia vender o canal por R$ 30.

“Era tudo o que eu tinha. Eu só tinha 20 dias de água, luz e internet para o meu ‘corre’ virar, para ser o que sou hoje. Eu só fechei os olhos e acreditei”, relatou.

Ao final ele pede desculpas pelo choro e diz que hoje ele tem motivos para sorrir, citando seu filho com a influencer Karol Muniz. “Vamos começar de novo, como sempre, do zero”.

Publicidade

Hack das criptomoedas

Piuzinho anunciou o hack do seu canal no Youtube na tarde de ontem em seu Instagram. Na ocasião, o único vídeo que aparecia era de uma live com o criador da criptomoeda Ethereum, Vitalik Buterin. É a mesma tentativa de golpe que recentemente afetou os youtubers Ei Nerd e Zangado. Em outra configuração, os hackers usam também a Ripple Foundation, da criptomoeda XRP.

Por meio dessas falsas transmissões, os cibercriminosos tentam captar criptomoedas prometendo enviar em dobro o que é recebido. No caso do Ei Nerd, o canal foi recuperado em 24 horas; Zangado, em uma semana.Há cerca de um ano, Piuzinho passou pelo mesmo apuro.

Num vídeo publicado em abril do ano passado, ele parece reagir ao vivo a um suposto hack em uma transmissão no NIMO TV.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Os NFTs ficaram para trás com boom do Bitcoin – mas a Animoca ainda acredita nos tokens

Os NFTs ficaram para trás com boom do Bitcoin – mas a Animoca ainda acredita nos tokens

Na Paris Blockchain Week, o presidente da Animoca Brands, Yat Siu, discutiu a regulamentação da SEC, o ressurgimento do mercado de NFT e as finanças de sua empresa
Imagem da matéria: Dogwifhat cai 15% e lidera perdas de memecoins em meio à lentidão da Solana

Dogwifhat cai 15% e lidera perdas de memecoins em meio à lentidão da Solana

As memecoins da Solana caíram da noite para o dia, enquanto os devs correm para consertar os problemas de congestionamento da rede
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin (BTC) e altcoins enfrentam correção com US$ 400 milhões em liquidações

Manhã Cripto: Bitcoin (BTC) e altcoins enfrentam correção com US$ 400 milhões em liquidações

Cenário macroeconômico dita o ritmo, com US$ 400 milhões em liquidações de posições que apostavam na alta dos preços de criptomoedas
Celular com o logo da OpenSea e imagens NFT

CEO do OpenSea fala sobre o futuro do mercado de NFTs mais popular do mercado

Devin Finzer falou sobre Bitcoin Ordinals, o lançamento de um token e o suporte para NFTs ERC721-C, um passo em direção ao OpenSea 2.0