“Usem criptomoedas!”, diz guru do mercado financeiro Nassim Taleb após confisco no Líbano

Guru do mercado financeiro deu o recado no twitter após confisco de dinheiro pelo Banco Central do Líbano

Nassim Taleb: Líbano, do esquema Ponzi feito por um Banco Central à antifragilidade
Para Nassim Taleb, bitcoin é uma forma de apólice de seguro contra bancos centrais (Foto: Shutterstock)


“Usem criptomoedas!”, com ponto de exclamação e tudo. Foi a reação do guru dos mercados financeiros Nassim Nicholas Taleb no Twitter ao compartilhar um documento que mostra o confisco de dinheiro pelo Banco Central do Líbano (BDL, na sigla em inglês).

Taleb, que é libanês mas vive entre o Reino Unido e os Estados Unidos, compartilhou a postagem de Pierre Madani, na qual consta que o banco central do Líbano está confiscando todas as remessas de dinheiro feitas pelas pessoas via instituição.

Assim, o governo está forçando os caixas a pagarem as pessoas em Lira, moeda local que vive uma crise confiança, e ficando para si com o dinheiro ‘forte’ enviado de fora.

Na prática, se a pessoa manda dos Estados Unidos, por exemplo, US$ 100 para a mãe no Líbano, o governo fica com a quantia em dólares, mas entrega 100 liras — uma moeda que ninguém quer e que está desvalorizada.

No início de março, Líbano anunciou o primeiro calote de sua história depois de uma crise de liquidez e meses de protestos contra a elite política do país. De acordo com a Reuters, trata-se trata-se de US$ 1,2 bilhão em eurobônus.

Restrições a saques e a desvalorização da moeda local já vinham acontecendo desde o final do ano passado. No período, os protestos eram feitos na frente da sede do Banco Central do país.

Nassim Taleb e bitcoin

Taleb já falou algumas vezes sobre bitcoin. Em 2018, ele já alertava que a criptomoeda poderia ser usada como uma apólice de seguro contra a má gestão de um governo visto que a população tem um novo tipo de defesa contra o controle estatal da moeda.

Após enriquecer no mercado financeiro, ele também virou autor de best-seller no setor e cunhou frases repetidas por todos: de empresários de sucesso a influencers do Instagram.

Skin in the game ou ter a pele em risco, talvez seja a mais famosa. Com a crise do coronavírus, o termo cisne negro também voltou a se espalhar pois é a designação de eventos raríssimos, mas de enorme impacto no mundo.


BitcoinTrade: Depósitos aprovados em minutos!

Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em menos de 5 minutos! Acesse: bitcointrade.com.br