Imagem da matéria: Banco Central da China inicia testes com moeda digital nacional
Foto: Shutterstock

O Banco Central da China (PBOC) iniciou testes do yuan digital e pode se tornar em breve o primeiro país a emitir uma moeda digital oficial, publicou o Bloomberg na quarta-feira (15).

Segundo o jornal, pessoas ligadas ao assunto disseram que o aplicativo ‘Pagamento Eletrônico em Moeda Digital’ (DCEP) já está sendo testado pelo menos em quatro cidades do país: Suzhou, Xiong’an, Chengdu e Shenzhen.

Publicidade

De acordo com o site, as funções do DCEP — uma carteira digital piloto — incluem conversão entre dinheiro e moeda digital, verificação de saldo de conta, pagamento e remessa. O sistema ainda receber alterações.

Moeda digital da China

Conforme publicação do jornal chinês Block Beats, o sistema de moeda digital está sendo comandado pelo Banco Agrícola da China (ABC). O site publicou prints de supostas funções do aplicativo.

De acordo com a revista Caijing, disse o site, além do ABC, a carteira piloto também será testada por mais instituições, como a operadoras de telefonia do país e pela China Unicom.

Durante os testes, que devem durar todo o mês de abril, os servidores do governo do distrito de Xiangcheng, em Suzhou, vão receber os salários por meio digital, segundo a publicação chinesa China Star Market.

Publicidade

Conforme o site, em maio também será depositado 50% do subsídio de transporte  na moeda digital.

O novo meio de transações, porém, não será muito diferente dos atuais Alipay e Wechat, segundo a reportagem.

No entanto, escreveu, o aplicativo do Alibaba Group, de Jack Ma, já se preveniu e, em fevereiro deste ano, registrou uma patente exclusiva para seu aplicativo transacionar a moeda digital do governo chinês.


Compre Bitcoin na Coinext 

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Bandeira do Japão

Gate.io de saída do Japão: empresa vai transferir clientes para corretoras de criptomoedas locais reguladas

A exchange deixará de aceitar novos registros de contas de residentes japoneses e iniciará o encerramento gradual dos serviços
Donald Trump posa para foto em evento político nos EUA

Trump cobrará R$ 5 milhões de quem quiser dividir mesa com ele em evento de Bitcoin

Uma foto com Trump também custará caro aos participantes, indo de R$ 330 mil a R$ 550 mil
Moedas de bitcoin sob bandeira da Argentina

Argentina sanciona lei que permite aumento de capital de empresas com criptomoedas

Javier Milei também nomeou um especialista em blockchain para liderar Agência Federal de Segurança Cibernética