Imagem da matéria: TV Record diz que Danilo Dubaiano é um dos criminosos mais procurados do Brasil
Dubaiano está desde 2017 refugiado em Dubai (Foto: Reprodução)

“Foragido da Justiça brasileira vive vida de luxo em Dubai”. A frase se refere a Danilo Dubaiano, que na segunda-feira (26) foi o tema do Câmera Record, programa da Record TV focado em documentários. Danilo é acusado de lesar milhares de pessoas com a pirâmide financeira D9 Clube Empreendedores, usando como isca o bitcoin.

“Como esses foragidos conseguem driblar as autoridades por tanto tempo”, abriu o programa o repórter Marcos Hummel.

Publicidade

Alvo do Ministério Público do Rio Grande do Sul e da Justiça da Bahia, que inclusive já bloqueou R$ 25 milhões de pessoas ligadas à D9, Danilo ainda pode ser extraditado de Dubai para o Brasil, segundo advogada das vítimas, Caroline Baratz, que tem até mesmo o apoio do Ministério das Relações Exteriores.

Golpe levou R$ 400 mil de investidor

A reportagem do Câmera Record mostrou um resumo acerca do histórico da fraude aplicada por Danilo desde que ele viajava por estados brasileiros divulgando seu esquema, rodeado de líderes, que também são alvo da Justiça. Por meio da D9, Danilo e seus seguidores prometiam ao investidor tanto lucro rápido quanto milionário.

“Eu resolvi investir porque eles entraram na minha mente”, disse na reportagem o desempregado Luiz Merline, que perdeu no golpe cerca de R$ 400 mil. Segundo ele, uma pessoa próxima que já fazia parte da pirâmide de Danilo o convenceu que ele poderia ficar milionário, como ele. Luiz então apostou tudo na D9 e no final perdeu tudo. “Me senti o patife do ano”, desabafou.

Jurista diz no Câmera Record como prender Dubaiano

De acordo com Baratz, a extradição de Danilo depende da formação de um Tratado de Reciprocidade entre o Brasil e os Emirados Árabes, que está em análise no Congresso Nacional. No entanto, segundo falou ao Câmera Record o jurista Walter Maierovitch, a extradição pode ser feita independentemente do acordo entre os países.

“Uma diplomacia, por exemplo, pode conseguir com o contato com os governos  expulsão dessas pessoas. Então se expulsam essas pessoas elas acabam sendo presas”, disse Maierovitch.

Publicidade

A equipe do Câmera Record falou com a defesa de Danilo pedindo um agendamento de entrevista, o que não foi atendido. O acusado segue em Dubai onde virou cantor e lançou até uma música chamada ‘estelionato de amor’, longe das autoridades brasileiras.

Encontro com Bruno, da dupla com Marrone

Danilo geralmente chega às páginas dos jornais devido à sua exposição nas redes sociais — com direito a perfil verificado no Instagram — , onde ostenta uma vida de luxo em Dubai, o que contrasta com sua antiga vida simples em Itabuna, na Bahia, onde trabalhava com instalação de portões.

Em sua última aparição, que repercutiu em vários jornais do Brasil, Danilo estava junto com o cantor Bruno, da dupla com Marrone, que inclusive foi noticiado em primeira mão pelo Portal do Bitcoin no dia 18 de abril deste ano. Duas fotos no Instagram do sertanejo com o foragido revelaram o encontro.

Após a repercussão, a assessoria do cantor disse que ele viajou para comemorar seu aniversário e que conheceu Danilo por intermédio de amigos em comum. E ressaltou que Bruno só teve conhecimento dos processos e acusações depois do encontro. Por sua vez, Bruno disse na ocasião: “Só agora estou processando as informações que estou recebendo”.

VOCÊ PODE GOSTAR
CEO da Galaxy Digital, Mike Novogratz, em entrevista ao BNN Bloomberg no YouTube

O Bitcoin precisa de uma nova narrativa para voltar a subir, segundo CEO da Galaxy Digital

Mike Novogratz também acredita que o preço do BTC flutue entre US$ 55 mil e US$ 75 mil até que novos eventos ocorram
Antônio Ais posa para foto ao lado de carro

Criador da Braiscompany, Antônio Neto Ais é solto na Argentina

O benefício de prisão domiciliar valerá até que o processo de extradição para Brasil seja resolvido
Antônio Neto Ais e Fabrícia Campos, casal que lidera a Braiscompany (Foto: Reprodução/Instagram)

MPF faz nova denúncia contra donos da Braiscompany e doleiro por lavagem de dinheiro

Antônio Neto e Fabrícia Farias realizaram operações financeiras de grande porte com características de lavagem de dinheiro em pleno colapso da pirâmide
CEO do MB Reinlado Rabelo em evento da CVM na USP

“A Bolsa é sim lugar de startups”, diz CEO do Mercado Bitcoin em evento da CVM

Reinaldo Rabelo participou do evento do “Tecnologia e Democratização dos Mercados de Capitais no Brasil”