Homem tomando susto olhando pro computador
Shutterstock

O ETHW, token nativo da hard fork ETHPoW da rede Ethereum, apoiada por um grupo de mineradores proof-of-work (PoW), teve momentos de montanha-russa na manhã desta quinta-feira (15) após a Fusão do Ethereum, que ocorreu durante a madrugada. 

Inicialmente, o token disparou de US$ 35,40 para US$ 60,68 pouco depois da Fusão, tendo um aumento de mais de 70% em cerca de cinco horas, de acordo com o portal CoinMarketCap. Desde então, no entanto, ETHW perdeu todos os seus ganhos, despencando para menos de US$ 32.

Publicidade

A volatilidade de hoje não surpreende os especuladores de olho nas variações de preço do token.

O ativo atingiu uma alta histórica de US$ 141 no dia 8 de agosto, um mês antes da atualização da blockchain, para novamente cair abruptamente em 13 de setembro para sua mínima histórica de US$ 26. O projeto ETHPoW anunciou o lançamento de sua mainnet no mesmo dia, fazendo com que a moeda chegasse a pouco mais de US$ 36.

O Token ainda precisa ser lançado oficialmente, já que a expectativa é que o time por trás do projeto fará a implantação da mainnet dentro das próximas 24h.

“Dentro de 23 horas, nós vamos publicar o Contador de 1h para o lançamento da mainnet ETHW,” de acordo com o tweet da organização que cuida de todos os detalhes da ETHPoW, pouco após a Fusão.

A moeda não tem uma oferta em circulação já estabelecida, nem uma capitalização de mercado. Ela está listada em apenas algumas exchanges, incluindo Gate.io, Poloniex, MEXC, Bitrue, entre outras.

Publicidade

Por que ETHPoW?

O lançamento da ETHPoW coincide com o também chamado The Merge da rede original Ethereum, no qual a Ethereum completou sua migração de um mecanismo de consenso no formato proof-of-work (PoW) para um proof-of-stake (PoS).

Além de abrir caminho para uma série de atualizações que aumentarão a capacidade e a velocidade da rede Ethereum, a Fusão também reduziu o consumo de energia da Blockchain em questão.

Ao mesmo tempo, ela deixou os mineradores de Ethereum com um problema: o hardware de alto custo usado para minerar a rede original proof-of-work da Ethereum agora está praticamente inoperante.

Alguns dos mineradores de Ethereum PoW se rebelaram contra a Fusão e juntaram forças para fazer o Fork da Ethereum e continuar operando no formato PoW, levando ao lançamento do ETHPoW. 

Publicidade

A ETHPoW tem enfrentado críticas, inclusive do co-fundador da Ethereum, Vitalik Buterin, que comentou ser um jeito de fazer “dinheiro fácil.”

Outras moedas PoW, incluindo a Ravencoin (RVN), Ethereum Classic (ETC) e a Litecoin (LTC) também apresentaram ganhos modestos esta semana às vésperas da Fusão. 

A Ravencoin (RVN) é a maior ganhadora semanal entre as Top 100 criptomoedas por capitalização de mercado, aumentando aproximadamente 78% na última semana. Atualmente, ela é negociada a US$ 0,063. A Litecoin aumentou 5% nos últimos dias, enquanto a Ethereum Classic apresentou ganhos menores de 1,73% na semana.

*Traduzido com autorização do Decrypt.co.

Esse é o melhor momento da história para investir em cripto! E agora, você pode ter acesso a um curso exclusivo com os maiores especialistas em cripto para aprender os fundamentos e as técnicas que te ajudam a navegar nas altas e baixas do mercado. Inscreva-se aqui

VOCÊ PODE GOSTAR
Fachada da GameStop em Tyler no Texas

GameStop e AMC desabam com fim da euforia do retorno de Roaring Kitty

As ações memes da GameStop e AMC caíram drasticamente após a abertura dos mercados dos EUA na quinta-feira, recuando pelo menos 15%
Tela de celular mostra logotipo Drex- no fundo notas de cem reais

Banco Central adia Drex para realizar novos de testes de privacidade

BC explica que primeira fase de testes foi focada em elementos de privacidade, mas as soluções encontradas “ainda não estão maduras”
Imagem da matéria: Bitcoin sobe mais de 3% após dado de inflação dos EUA cair em abril

Bitcoin sobe mais de 3% após dado de inflação dos EUA cair em abril

Bitcoin, Ethereum e outras criptomoedas sobem nesta quarta-feira após o relatório do CPI dos EUA mostrar que os preços subiram mais lentamente que o esperado
Imagem da matéria: Braiscompany: Justiça já entregou todos os documentos para extraditar donos da pirâmide

Braiscompany: Justiça já entregou todos os documentos para extraditar donos da pirâmide

O casal que fundou a Braiscompany está em prisão domiciliar na Argentina, enquanto os países negociam extradição