Avião e passaporte
Shutterstock

O Ministério das Finanças sul-coreano anunciou nesta quinta-feira (15) que está trabalhando para anular o passaporte do criador das falidas criptomoedas LUNA e UST, Do Kwon, juntamente com outros cinco membros ligados ao projeto Terra, agora extinto, de acordo com a agência de notícias coreana Munhwa Ilbo.

Ontem, esses seis pessoas tiveram mandado de prisão decretado pela Justiça do país devido à supostas violações de leis do mercado de capitais pela sua atuação com as criptomoedas.

Publicidade

O diretor do Ministério Público do Distrito Sul de Seul para Crimes Financeiros e de Valores Mobiliários, Dan Sung-han, pediu ao Ministério das Finanças que agilize a busca pelos foragidos, anulando seus passaportes.

Um responsável do Ministério das Finanças disse que “entre os seis mandados de detenção emitidos, foram recebidos pedidos de anulação de passaportes de cinco pessoas excluindo estrangeiros. Todos eles partiram para Cingapura.”

Quando o passaporte é anulado, Do Kwon e os outros cinco culpados devem entregar seus passaportes em seu local de residência, que é supostamente em Cingapura, e voltar para casa.

Kwon já foi solicitado repetidamente a se entregar, mas não o fez, levando os promotores a procurar outras opções, de acordo com Munhwa Ilbo.

Publicidade

Problemas de Do Kwon com a Lei

Este também não é o primeiro desentendimento do fundador da criptomoeda com a lei.

Em junho, Kwon foi acusado de uma ação coletiva nos EUA por vender “títulos não registrados” e enganar o público sobre o valor real da stablecoin TerraUSD (UST) e do token Luna (LUNA) do projeto.

Um mês depois, autoridades coreanas invadiram a casa do cofundador Daniel Shin em Seul como parte de uma investigação sobre o colapso do Terra.

O que aconteceu com o projeto Terra?

O Terra foi lançado em 2020 por meio de uma stablecoin algorítmica, TerraUSD (UST). Ofereceu uma conta poupança com juros altos por meio de outro projeto chamado, Anchor Protocol, oferecendo aos investidores até 20% de retorno em depósitos.

O protocolo tinha um mecanismo único de mint-and-burn entre o LUNA e a stablecoin UST. Cada vez que 1 UST era cunhado, $ 1 em LUNA era queimado (e vice-versa). Esse mecanismo ficou sob extrema pressão durante a extrema volatilidade do mercado em maio de 2022, com colapso do LUNA e do UST à medida que os investidores lutavam para sair do projeto.

Publicidade

Com mais de US$ 40 bilhões em dinheiro de investidores eliminados, o presidente pró-cripto da Coreia do Sul, Yoon Suk-yeol, relançou os “Yeouido Grim Reapers”, uma infame unidade local de crimes financeiros, para investigar a implosão do projeto.

*Traduzido com autorização do Decrypt.co.

Maior Exchange da América Latina: No MB você negocia tokens, DeFi, renda fixa digital, NFTs e, claro, criptomoedas. E tudo no painel de negociação mais seguro do mercado. Abra sua conta gratuita!

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Gnosis (GNO) dispara 20% após lançamento de plano para reviver o token

Gnosis (GNO) dispara 20% após lançamento de plano para reviver o token

Um programa de crescimento com aporte milionário de fundo cripto está sendo votado neste momento pelos usuários do GNO
Imagem da matéria: Trump promete reverter prisão perpétua de Ross Ulbricht; criador do Silk Road agradece

Trump promete reverter prisão perpétua de Ross Ulbricht; criador do Silk Road agradece

“Depois de 11 anos na prisão, é difícil expressar como me sinto neste momento”, escreveu Ulbricht
Tigran Gambaryan, chefe de compliance da Binance, posa para foto

Executivo da Binance preso na Nigéria vai parar no hospital após desmaiar em julgamento

O executivo da Binance Tigran Gambaryan passou mal durante seu julgamento na Nigéria e precisou ser hospitalizado
CEO do MB Reinlado Rabelo em evento da CVM na USP

“A Bolsa é sim lugar de startups”, diz CEO do Mercado Bitcoin em evento da CVM

Reinaldo Rabelo participou do evento do “Tecnologia e Democratização dos Mercados de Capitais no Brasil”