Imagem da matéria: Solana (SOL) sobe 10% nesta segunda-feira; Ethereum (ETH) e Bitcoin (BTC) tem leve alta
Foto: Shutterstock

O mercado de criptomoedas iniciou a última semana de setembro praticamente recuperado das quedas de sexta-feira (24), quando o governo chinês declarou ilegais todas as atividades de trade com Bitcoin (BTC) e outros criptoativos.

O bitcoin é negociado a US$ 43.800 na manhã desta segunda-feira (27), em alta de 2% nas últimas 24 horas, de acordo com o CoinMarketCap. Nas corretoras brasileiras, o ativo é encontrado a R$ 235 mil, segundo o Índice de Preço do Bitcoin (IPB).

Publicidade

No final de semana, o BTC ensaiou uma recuperação mais significativa, mas não foi capaz de segurar os preços acima da máxima de domingo de US$ 44.310. Nos últimos sete dias, a moeda líder do mercado ainda enfrenta uma desvalorização de 1,7%.

Já o Ethereum (ETH), a segunda criptomoeda mais valiosa do setor, acumula ganhos de  4,2% nesta segunda, sendo negociado a US$ 3.100.

Após ter atingido uma mínima de US$ 2.740 na manhã de domingo, o ether parece encontrar forças para manter seu preço acima do importante nível de US$ 3 mil. Neste ritmo, o ativo diminui para 1% suas perdas na semana.

Solana lidera alta das altcoins

A Solana (SOL) é a criptomoeda do Top 10 que mais valoriza nesta segunda-feira. Ao registrar uma alta de 10%, a SOL está valendo US$ 147, o seu preço mais alto desde a correção do mercado cripto na última sexta.

Publicidade

Com a melhora no desempenho dos seus preços, a Solana volta a acumular ganhos de 62% nos últimos 30 dias, uma valorização que supera a de suas principais concorrentes no mercado.

Outras altcoins que também iniciam a semana em alta são a Binance Coin (+2,8%), XRP (+3,1%), Uniswap (+10%) e Filecoin (+12%). Ativos menos conhecidos como o Perpetual Protocol (PERP) e XDC Network (XDC) são os que mais valorizam no dia, ambos em alta de 19%.

A Cardano (ADA), no entanto, é a única criptomoeda do Top 10 que ainda está no vermelho. Em queda de 0,8% nas últimas 24 horas, a ADA é negociada a US$ 2,22, um preço inferior ao registrado no sábado, quando a moeda atingiu uma máxima da semana de US$ 2,42.

A queda inesperada acontece logo após o Cardano Summit 2021, evento onde o criador da moeda, Charles Hoskinson, discutiu como será o futuro da ADA e de todo mercado cripto.

VOCÊ PODE GOSTAR
Pessoa olha para scanner da Worldcoin

Hong Kong bane Worldcoin por coleta de dados “desnecessária e excessiva”

A Worldcoin chegou a escanear o rosto e a íris de 8.302 indivíduos durante sua operação em Hong Kong, segundo autoridades
Ilustração de uma lâmpada flamejando B de bitcoin

MB lança Fist, primeiro token de Renda Variável Digital no setor de energia elétrica

O investimento, disponível pela primeira vez para pessoa física, possui validade de 30 anos, com dividendos que variam de 0,9% a 1,2% ao mês
Imagem da matéria: FIT21: Conheça o projeto de lei que promete transformar a regulação das criptomoedas nos EUA

FIT21: Conheça o projeto de lei que promete transformar a regulação das criptomoedas nos EUA

Aprovado na Câmara esta semana, o projeto FIT21 visa regular o setor de criptomoedas dando segurança para consumidores e estimulando empreendedores
Donald Trump é fotografado em comício nos EUA

Trump agora aceita doações em Bitcoin e cumpre promessa com relação às criptomoedas

Bitcoin, Ethereum, Dogecoin, Solana, Shuba Inu e XRP estão entre criptomoedas aceitas pela candidato Donald Trump