Imagem da matéria: Solana sai do ar mais uma vez após bug atingir a blockchain
Foto: Shutterstock

A rede da Solana (SOL) está fora do ar nesta quarta-feira (1º), com a produção de novos blocos na blockchain totalmente interrompida desde às 13h55 da tarde (horário de Brasília).

Conforme é possível acompanhar na plataforma que monitora o funcionamento da rede, Status Solana, a mainnet beta do projeto enfrenta atualmente uma “grande interrupção” que já dura pelo menos três horas.

Publicidade

A equipe da Solana explicou no Twitter que a produção de blocos foi interrompida por causa de um bug que fez com que nodes gerassem resultados diferentes para o mesmo bloco. No momento, o problema ainda está sendo investigado.

“Hoje cedo, um bug no recurso de transações nonce duráveis levou ao não determinismo quando os nodes geraram resultados diferentes para o mesmo bloco, o que impediu o avanço da rede”, escreveu a equipe da Solana.

O projeto aproveitou a mensagem para tranquilizar os usuários de que a rede, mesmo interrompida, continua segura, assim como os fundos confiados nela.  

Para que tudo volte ao normal, os validadores devem buscar orientações no Discord e preparar uma reinicialização da blockchain. Ou seja, entrar em consenso sobre qual bloco reiniciar a rede.

Publicidade

Ainda não se tem conhecimento sobre a gravidade da interrupção de hoje. Na última pane que interrompeu a blockchain da Solana, no início de maio, levou pelo menos sete horas para que o problema fosse resolvido.

Em casos mais graves, como a perda de consenso de setembro do ano passado, a Solana chegou a ficar até 17 horas fora do ar.

Os problemas da Solana 

A falha de hoje não espanta a comunidade cripto uma vez que esses apagões da Solana já se tornaram eventos periódicos.

Em casos do passado, a rede saiu do ar quando os validadores perderem consenso sobre o estado da blockchain após ela ser inundada por transações de bots. Esse tipo de problema já se repetiu diversas vezes nos últimos tempos.

Publicidade

Na última sexta-feira (27), no entanto, a rede foi surpreendida por um novo tipo de falha. O relógio da blockchain de Solana se desvirtuou do tempo do mundo real, rodando com meia hora de atraso. O problema, ainda sem solução, foi causado por tempos de slot mais longos do que o ideal na rede.

Na prática, esse atraso do relógio não impacta o desempenho da rede, mas as transações, bem como dApps e exploradores de blocos, apresentam horários incorretos.

Com mais essa falha para os desenvolvedores se preocuparem, o preço da SOL está sendo afetado. De acordo com o CoinMarketCap, a moeda enfrenta uma queda de 8,4% nas últimas 24 horas que derruba seu preço para US$ 41,68.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Reserva de Bitcoin de mineradores bate mínima em três anos com vendas antes do halving

Reserva de Bitcoin de mineradores bate mínima em três anos com vendas antes do halving

Diferente do que aconteceu antes do halving de 2020, desta vez os mineradores aproveitaram a recente disparada do Bitcoin para vender parte de suas reservas
Imagem da matéria: FBI intima participantes de evento de 2022 após roubo de dev do Bitcoin Core

FBI intima participantes de evento de 2022 após roubo de dev do Bitcoin Core

Dashjr, cofundador do pool de mineração Ocean, teve um montante de Bitcoin roubado que hoje vale mais de US$ 14 milhões
Moeda de Tether (USDT) sob superfície lisa

Tether anuncia reorganização para ir além de sua stablecoin e cria quatro divisões

Mudança em sua estrutura visa ampliar o fornecimento de soluções de infraestrutura focadas na inclusão
Amostra de NFT de tênis da Adidas par ao jogo Move to Earn

Adidas lança NFTs de tênis de R$ 13 mil em parceria com empresa cripto Stepn

A gigante de roupas esportivas Adidas fez parceria com o jogo baseado na rede Solana para lançar alguns tênis virtuais de corrida