Imagem da matéria: Projetos DeFi do Ethereum ainda são alvo favorito de hackers, mas fundos roubados caem 28% em maio
Foto: Shutterstock

Hackers não conseguiram explorar nenhuma entidade centralizada importante em maio, enquanto os protocolos de finanças descentralizadas (DeFi) testemunharam uma diminuição nas perdas ocorridas por hacks e fraudes, de acordo com um relatório da plataforma de recompensas por bugs Immunefi.

Cerca de US$ 52,4 milhões foram roubados de investidores DeFi em maio devido a hacks e fraudes. Isso representa uma redução de 12% no valor perdido em relação ao mesmo período do ano anterior. Além disso, é uma queda acentuada de 28% em relação a abril deste ano.

Publicidade

No total, houve 21 incidentes envolvendo perda de fundos por investidores em todas as blockchains rastreadas pela Immunefi. Ethereum foi a blockchain mais visada, seguida pela BNB Chain. As redes testemunharam nove e quatro incidentes, respectivamente.

Além disso, enquanto as fraudes representaram sete incidentes, a perda monetária totalizou US$ 1,8 milhão. É uma pequena perda em comparação aos US$ 50,6 milhões perdidos devido aos hackers.

De acordo com o relatório, a grande maioria das perdas em maio se deve ao exploit de US$ 240 milhões da Gala Games e ao hack de US$ 20 milhões na SonneFinance.

Notavelmente, a Gala Games conseguiu recuperar ETH no valor de US$ 22 milhões do hacker, mas não antes que eles conseguissem vender 600.000 tokens GALA na Uniswap.

Publicidade

Em uma postagem no blog, a Gala Games afirmou que usou os recursos para recomprar e queimar tokens GALA cunhados no ataque. Como os recursos não removeram a totalidade dos tokens que os hackers conseguiram vender, a equipe teve que realizar uma queima adicional de tokens, onde os tokens restantes que haviam sido colocados em circulação foram queimados usando tokens da carteira GALA.

Além disso, a equipe afirmou que descobriu a identidade do explorador e está trabalhando com agências de aplicação da lei para tomar as medidas legais apropriadas.

No início desta semana, Ryan Salame, um ex-executivo da FTX, foi condenado a 7 anos e meio de prisão por enganar os clientes da FTX.

Em 18 de abril, Avraham Eisenberg, o homem por trás do exploit de US$ 110 milhões da Mango Markets, foi condenado por todas as acusações de fraude de commodities, manipulação de commodities e fraude eletrônica.

Publicidade

A diminuição das perdas ocorridas por atores mal-intencionados é um sinal encorajador de que os dias de Velho Oeste do mercado cripto podem estar chegando ao fim, com ações legais rigorosas desempenhando um papel crucial neste desenvolvimento recente.

* Traduzido e editado com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Letras que formam a sigla ETF próximas a uma moeda dourada de Bitcoin (BTC)

ETFs de Bitcoin quebram sequência de 19 dias de entradas e têm saídas de US$ 65 milhões

Em uma sequência recorde que durou um mês, ETFs de Bitcoin tiveram a entrada de cerca de US$ 4 bilhões, período em que o BTC se aproximou de sua máxima histórica
Ilustração de moeda NOT dourada com logotipo do jogo Notcoin do Telegram

Notcoin desvaloriza 11% após o término da reivindicação do airdrop de NOT

Equipe da Notcoin disse que irá compartilhar detalhes sobre como os stakers de nível ouro e platina podem ganhar recompensas extras
Imagem da matéria: Mercado Bitcoin celebra 11 anos com nova assinatura de marca

Mercado Bitcoin celebra 11 anos com nova assinatura de marca

Completando 11 anos, o MB introduz um novo posicionamento de marca, caracterizado por uma atualização na identidade visual
Imagem da matéria: Hashdex entra com pedido para lançar ETF de Bitcoin e Ethereum nos Estados Unidos

Hashdex entra com pedido para lançar ETF de Bitcoin e Ethereum nos Estados Unidos

A gestora de fundos apontou no formulário de aplicação que terá como parceiros custodiantes dos ativos a Coinbase, LLC e a BitGo