Imagem da matéria: Principal unicórnio do Reino Unido anuncia contratações em meio à onda de cortes no setor das criptomoedas
(Foto: Shutterstock)

Conforme muitas empresas cripto anunciam cortes, Revolut, o maior unicórnio do Reino Unido — termo dado a empresas avaliadas acima de US$ 1 bilhão —, está aumentando seu departamento de criptomoedas.

A empresa irá aumentar seu número de funcionários em 20% com contratações em seus escritórios na Europa, Estados Unidos e Reino Unido para cargos de compliance, prevenção a crimes financeiros, assistência jurídica cripto e engenharia de software, segundo a agência de notícias Bloomberg.

Publicidade

O gestor geral cripto da Revolut, Emil Urmanshin, disse que sua equipe considera “cripto como uma estratégia a longo prazo e [iremos] continuar otimistas em relação à indústria cripto”. Embora cripto só totalize 5%-10% da receita global da empresa, visa expandir e se preparar para um futuro em que essas margens sejam maiores.

Junto com o impulsionamento de seu departamento cripto, a Revolut também anunciou a listagem de 22 novas criptomoedas, incluindo o popular token de metaverso apecoin (APE), de acordo com a Bloomberg.

Focar o crescimento no setor cripto não é algo novo para a Revolut.

A empresa também apresentou um recurso “Crypto Earn and Learn” com a Polkadot em julho, onde usuários podem ganhar até US$ 15 em DOT ao completarem diversos cursos educacionais na plataforma.

Em novembro, zerou taxas para usuários americanos, e o CEO da Revolut USA, Ron Oliveira, contou ao Decrypt na época que “a parte da gratuidade [ao negociar] cripto faz parte de uma grande tentativa de mostrar aos investidores que somos uma fornecedora de serviços”.

Publicidade

A Revolut ainda não respondeu ao pedido por comentários do Decrypt sobre suas ambições de contratação.

Demissões impactam a indústria cripto

Enquanto isso, o aplicativo de corretagem Robinhood anunciou um corte de 23% no número de seus funcionários — após demitir 9% em abril —, citando problemas no mercado de baixa cripto e a inflação.

Empresas cripto, como Gemini, Coinbase, OpenSea e Crypto.com também anunciaram demissões em meio à queda nos preços.

BlockFi, uma grande plataforma de empréstimos cripto que foi bastante afetada pela queda do mercado, também ofereceu a seus funcionários uma atrativa licença remunerada e um plano de saúde estendido de dez semanas caso se demitissem.

Junto com a Revolut, grandes corretoras cripto como FTX, Kraken e Binance também estão contratando.

O CEO da FTX, Sam Bankman-Fried, disse que devido à “contratação cuidadosa” da corretora, pode “continuar crescendo independente das condições de mercado”.

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

Aprenda a ganhar dinheiro com Cripto
Quer negociar mais de 200 ativos digitais na maior exchange da América Latina? Conheça o Mercado Bitcoin! Com 3,8 milhões de clientes, a plataforma do MB já movimentou mais de R$ 50 bilhões em trade in. Crie sua conta grátis!

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Ethereum sobe 2,3% e faz traders que apostavam na queda serem liquidados em US$ 20 mi

Ethereum sobe 2,3% e faz traders que apostavam na queda serem liquidados em US$ 20 mi

Um total de US$ 20 milhões em contratos de venda e US$ 1,9 mi em contratos de compra de Ethereum foram liquidados nas últimas 24 horas
Imagem da matéria: As maneiras mais loucas que os jogadores estão usando para ganhar mais no Hamster Kombat

As maneiras mais loucas que os jogadores estão usando para ganhar mais no Hamster Kombat

De pistolas de massagem a máquinas de costura, os jogadores estão pensando em maneiras malucas e criativas de otimizar seus toques no Hamster Kombat
Imagem da matéria: Sydney Sweeney tem Twitter hackeado para divulgação de golpe cripto

Sydney Sweeney tem Twitter hackeado para divulgação de golpe cripto

Mais um dia, mais um hack de celebridade: a atriz Sydney Sweeney teve sua conta no X invadida (novamente!) para promover um golpe de pump-and-dump
Mineração

Queda do Bitcoin faz com que apenas 6 máquinas de mineração continuem lucrativas

Com um custo de US$ 0.08 kWh, apenas as máquinas ASIC com eficiência de 23 W/T permanecem minerando Bitcoin com lucro