Imagem da matéria: Novo CEO da Binance mantém velhos costumes de CZ e se recusa a dizer onde fica sede da corretora
Richard Teng, CEO da Binance (Foto: Divulgação)

O novo CEO da Binance, Richard Teng, se recusou a divulgar a localização da sede da corretora de criptomoedas, mantendo a mesma postura do ex-CEO Changpeng “CZ” Zhao, disse o Financial Times (FT) na terça-feira (5).

Teng substituiu CZ no mês passado, depois que a Binance se declarou culpada de acusações de lavagem de dinheiro e violações de sanções internacionais à Justiça dos EUA, levando CZ a deixar a liderança da empresa.

Publicidade

Por muito tempo, CZ insistiu que a Binance, que teve origem na China em 2017, não tinha sede por ser uma corretora global. E o mesmo foi sugerido por Teng, que se mostrou incomodado de ser questionado sobre o assunto.

“Por que você se sente tão no direito de ter essas respostas?”, disse ele a um repórter durante um congresso sobre ativos digitais em Londres.

Leia mais: Quem é Richard Teng, o novo CEO da Binance que vai substituir CZ

Teng disse, porém, que a sede europeia da empresa está na França e no Oriente Médio em Dubai, e que a sede global da empresa será divulgada “como e quando for apropriado”.

Ele acrescentou que a empresa já fornece as informações essenciais aos reguladores e questionou o jornalista se era mesmo necessário compartilhar essas informações publicamente. Além disso, Teng teria dito que a Binance passou por auditorias em jurisdições onde é regulamentada. No entanto, diz o FT, ele teria se recusado a informar o nomes de tais empresas.

Publicidade

A Binance concordou em pagar US$ 4,3 bilhões em multas para resolver as acusações criminais dos EUA. Kristin Johnson, da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC), disse que o objetivo das pesadas penalidades era trazer “ordem e estrutura” para o mercado cripto.

Contudo, na Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) um processo contra a Binance continua sem solução.

Em meados de setembro, a Binance Holdings, a Binance.US e o então CEO Changpeng “CZ” Zhao, entraram com um pedido para arquivar um processo movido pela SEC, destacando que o regulador não havia “alegado de forma plausível” diversas violações relacionadas a valores mobiliários. O pedido, no entanto, foi negado e as investigações continuam.

You May Also Like
Imagem da matéria: TON salta 40% após Telegram afirmar que usará blockchain para dividir receita publicitária com usuários

TON salta 40% após Telegram afirmar que usará blockchain para dividir receita publicitária com usuários

TON ganhou força após o criador do Telegram, Pavel Durov, explicar que a partir de março uma parte da receita com publicidade será compartilhada com donos de canais no app
Imagem da matéria: Portal lança token via airdrop e atinge R$ 2,1 bilhões em valor de mercado

Portal lança token via airdrop e atinge R$ 2,1 bilhões em valor de mercado

A plataforma de jogos cross-chain Portal acaba de lançar seu token, cotado hoje a US$ 2,24
Imagem da matéria: Honduras proíbe cripto em bancos, contrariando tendências regionais do Bitcoin

Honduras proíbe cripto em bancos, contrariando tendências regionais do Bitcoin

A América Latina é mais favorável às criptomoedas do que a maioria das regiões, mas Honduras as excluiu — e derivativos como ETFs também
coração preso a uma ratoeira

Golpe cripto que usa romance como isca aumentou 85 vezes desde 2020

A receita de “golpes do amor” dobrou de 2022 a 2023, mesmo com a queda do valor total enviado para os golpistas