Imagem da matéria: Mineradores de bitcoin estão voltando a medida que preço se recupera
Moedas de bitcoin sendo escavadas (Foto: Shutterstock)

O poder computacional da rede Bitcoin se recuperou após a segunda maior queda na história. De acordo com a Coin Metrics, o poder total de computação da rede – conhecido como hashrate – está de volta aos níveis normais de 2020 após uma queda dramática no mês passado.

O hashrate do Bitcoin representa a soma do poder de computação dos mineradores na rede do Bitcoin. Um hashrate alto mostra que mais mineradores estão trabalhando mais para encontrar novos blocos de Bitcoin, mantendo a rede protegida contra ataques.

Publicidade

“Os mineradores de Bitcoin passaram pela segunda maior queda de dificuldade em seus 11 anos de história, com o hashrate retornando ao intervalo em que passou a maior parte de 2020 e dificuldade recuperando 6%”, twittou a Coin Metrics.

Por que o hashrate do Bitcoin caiu em março

O hashrate despencou entre 12 e 21 de março. Isso coincidiu com uma forte queda no preço, quando o Bitcoin caiu de US$ 9.000 para US$ 4.500 durante um período de dois dias.

Desde que o preço do Bitcoin caiu pela metade, os mineradores encontraram sua receita reduzida em 50%. Embora as condições sejam diferentes para cada minerador – cada um tem custos variáveis ​​de eletricidade, custos com máquinas, custos com pessoal, etc. – a queda nos preços do Bitcoin fez com que muitos mineradores operassem no prejuízo. Como resultado, eles desligaram as maquinas.

Desde então, o preço do Bitcoin voltou a subir para US$ 6.700, um aumento de 50% em relação ao seu ponto mais baixo; como os preços retornaram, o hashrate aumentou 15% em relação à sua queda recente, sugerindo que alguns dos mineradores retornaram.

Publicidade

Outro fator pode ter ajudado o retorno dos mineradores. A rede do Bitcoin ajusta automaticamente a sua dificuldade de mineração para garantir que os blocos sejam extraídos aproximadamente a cada 10 minutos. Quando a taxa de hash caiu, a dificuldade de mineração também caiu. Com os blocos mais fáceis de minerar, os mineradores conseguiram aumentar a quantidade de BTC minerada, aumentando sua receita.

O aumento do hashrate ocorre apenas 33 dias antes do halving do Bitcoin. Nesta data, as recompensas da mineração do Bitcoin serão reduzidas pela metade, reduzindo a receita dos mineradores pela metade. Mas, pelo que parece, os mineiros estão aqui para ficar.

*Traduzido e republicado com autorização da Decrypt Media

Compre Bitcoin na Coinext 

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin cai 5% para US$ 54 mil com início dos pagamentos da Mt. Gox

Manhã Cripto: Bitcoin cai 5% para US$ 54 mil com início dos pagamentos da Mt. Gox

O preço do Bitcoin chegou a atingir US$ 53.898 após uma carteira da Mt. Gox transferir US$ 2,7 bilhões
Moeda dourada de Bitcoin (BTC) sobre um gráfico de preço com candles indicando queda nos preços

Semana Cripto: Queda do Bitcoin derruba principais altcoins enquanto memecoins políticas permanecem voláteis

Bitcoin e Ethereum desabam em meio a narrativas sobre Mt. Gox e BTCs do governo da Alemanha
moeda de bitcoin com bandeira dos EUA no fundo

Fed diz que inflação está caindo, mas não rápido o suficiente: por que isso importa para o Bitcoin?

A queda da inflação beneficia os ativos de risco, incluindo as criptomoedas, pois daria ao Fed confiança para começar a reduzir as taxas de juros este ano
Imagem da matéria: Baleia de Bitcoin adormecida com R$ 341 milhões começa a se movimentar 

Baleia de Bitcoin adormecida com R$ 341 milhões começa a se movimentar 

A baleia de Bitcoin há muito adormecida realizará um lucro de 817% se vender, após mover 1.000 BTC para a Coinbase