Nubank escritório
Escritório do Nubank (Foto: Shutterstock)

As altcoins ampliam as perdas e se descolam das maiores criptomoedas nesta quarta-feira (16), com as atenções voltadas para a divulgação da ata da reunião do banco central dos EUA e mais sinais de desaquecimento da economia da China, a segunda maior do mundo. 

 O Bitcoin (BTC) recua 0,9% nas últimas 24 horas, cotado a US$ 29.130,75, segundo dados do Coingecko.   

Publicidade

Em reais, o BTC tem baixa de 0,3%, negociado a R$ 145.771,96, de acordo com o Índice do Portal do Bitcoin (IPB).   

O Ethereum (ETH) registra queda de 1%, para US$ 1.822,32.  

Altcoins que foram alvo da SEC, a CVM dos EUA, recuperaram o volume de negociação, mas aceleram as quedas nesta manhã. Polygon, por exemplo, perde 7,6%, com destaques negativos também para BNB (-2,3%), XRP (-4,5%), Dogecoin (-5,8%), Cardano (-4,1%), Solana (-6,4%), Polkadot (-4%), Shiba Inu (-3,5%) e Avalanche (-5,5%).  

Negociação de Nucoin 

Clientes do banco digital Nubank seguem com dificuldades para comprar e vender a criptomoeda da instituição, o Nucoin (NCN), à medida que o sistema de negociação do token apresenta instabilidades desde o fim de semana.  

Embora a equipe do banco tenha dito ao Portal do Bitcoin na segunda (14) que os serviços já haviam sido restabelecidos, um novo teste feito pela reportagem na tarde da terça-feira (15) constatou uma mensagem de erro no app quando se tenta comprar ou vender Nucoins. 

Procurado pela reportagem, o Nubank voltou a afirmar que o problema já foi resolvido, apesar das queixas de clientes no Reclame Aqui. 

Publicidade

Em entrevista ao Valor Econômico, o fundador e CEO global do Nubank, David Veléz, disse que a disparada no preço do token, que acumulou alta de 2.000% em um mês, pode ser explicada pela expansão do programa de fidelidade para mais clientes, o que provocou “uma demanda maior do que se imaginava, e isso começou a reverberar nas mídias sociais, nas comunidades”, destacou o executivo. 

Tributação de criptoativos no exterior 

Segundo reportagem do Valor, a Associação Brasileira da Criptoeconomia (Abcripto) considera inconstitucional a emenda parlamentar incluída na medida provisória do reajuste do salário mínimo que prevê a tributação de aplicações financeiras no exterior, o que inclui ganhos com criptoativos e carteiras digitais fora do país. 

“A inserção dos criptoativos, de maneira indiscriminada, na categoria de aplicações financeiras é uma questão controversa, imprópria, ilegal e potencialmente inconstitucional”, disse ao jornal Daniel Paiva, do escritório VDV Advogados, acrescentando que as carteiras digitais não são aplicações financeiras. “São ferramentas ou infraestruturas que permitem o armazenamento das chaves privadas e a transação de criptoativos”, explicou. 

A MP precisa ser votada até 28 de agosto na Câmara e no Senado para não caducar. 

E enquanto o mercado aguarda regras mais claras sobre a tributação de criptoativos, o governo da Índia, que atualmente preside o G20, planeja consolidar suas propostas para a regulamentação global dos ativos digitais durante o encontro de líderes do grupo no início de setembro, conforme o CoinDesk

Publicidade

Bitcoin hoje 

O cenário macroeconômico pressionou as bolsas em Wall Street na terça-feira, o que ajudou a azedar o humor de traders de criptoativos, principalmente de altcoins. 

As vendas no varejo nos EUA em julho vieram acima do esperado, enquanto o presidente do Federal Reserve de Minneapolis, Neel Kashkari, alertou que a inflação no país “ainda está muito alta”. 

“Esperava-se que o fim do aperto estivesse aqui e agora parece que pode não ser o caso”, disse ao CoinDesk Ed Moya, analista de mercado sênior da OANDA. 

Nesta quarta sai a ata da reunião de julho do banco central americano, quando a taxa de juros foi elevada em 0,25 ponto percentual, para um intervalo entre 5,25% e 5,5%, o maior patamar em 22 anos. 

Traders vão buscar pistas para saber se o Fed considera elevar novamente os juros ou manter as taxas em nível restritivo por mais tempo. 

Publicidade

Apesar da expectativa para o relatório, especialistas destacam em análise da Bloomberg a “apatia e exaustão” do Bitcoin nas últimas semanas, com investidores de longo prazo mais focados na narrativa da criptomoeda como alternativa às finanças tradicionais. 

Binance perde mercado 

Mesmo com o rali do Bitcoin neste ano, a baixa volatilidade e volume de negociação escasso pesam sobre as operações de exchanges de criptomoedas. E a investida regulatória tampouco ajuda. 

De acordo com dados da CCData publicados pelo Financial Times, corretoras de menor porte, como Huobi e KuCoin, consideradas “mais arriscadas” para clientes, estão ganhando o espaço antes ocupado pela Binance, maior exchange do mundo que está no radar de reguladores globais. 

A Huobi – que aumentou sua fatia de mercado em quase 6% desde janeiro – lidera a corrida em 2023 entre as exchanges que ganham participação neste ano, embora não sejam classificadas como de primeira linha pela CCData. 

Enquanto isso, a fatia da Binance caiu de 56% em janeiro para não mais de 40%, mostram os dados. 

Nesse cenário, a corretora vai desativar seu serviço Binance Connect a partir de hoje (16). O serviço, que funcionava como uma ponte entre moedas fiduciárias e cripto e permitia que empresas aceitassem pagamentos em criptomoedas, havia sido criado há pouco mais de um ano. 

E o inverno cripto faz mais vítimas. Fontes disseram ao The Block que a GSR, a formadora de mercado mais antiga do setor cripto, decidiu enxugar as operações e vários executivos do alto escalão estão deixando a empresa, inclusive o diretor financeiro, Jonathan Hugh. 

Publicidade

Outros destaques das criptomoedas  

Donald Trump, processado pela quarta vez por suposta conspiração para reverter sua derrota no estado da Geórgia nas eleições presidenciais de 2020, possui até US$ 5 milhões em Ethereum em uma carteira cripto, de acordo com novos documentos publicados online pela organização Citizens for Responsibility and Ethics.  

Dados anteriores relativos a abril indicavam que o ex-presidente americano detinha até US$ 500 mil em ETH. Trump também lucrou US$ 4,9 milhões com taxas de licenciamento de tokens não fungíveis (NFTs), conforme o The Block

E por falar em NFTs, a Adidas vai realizar um leilão para lançar uma edição limitada de 100 pares de tênis com versões digitais em parceria com a marca BAPE, de acordo com o Decrypt. Apenas 100 NFTs Ethereum associados ao tênis Triple-White Forum 84 BAPE Low serão disponibilizados para posteriormente serem trocados pelos calçados físicos na plataforma Adidas Collect.  

Quando o passe NFT for resgatado, usuários receberão uma versão digital “gêmea” que será interoperável com o projeto avatar ALTs da Adidas, uma pista de que os donos poderão usar seus pares de tênis no metaverso. 

Análise do New York Times revela que a plataforma X, novo nome do Twitter, estava dificultando o acesso de usuários a sites rivais como Substack e Facebook, embora tenha começado a reverter a estratégia na terça-feira (15). A lentidão, chamada de “throttling” no jargão do setor de tecnologia, afetou inicialmente redes como Facebook, Bluesky e Instagram, bem como o site de newsletters Substack e veículos de notícias como Reuters e The New York Times, de acordo com a análise do jornal

O atraso para carregar links a partir da plataforma X foi relativamente pequeno – cerca de 4,5 segundos – mas ainda perceptível, de acordo com a análise. A rede X não comentou a prática, que foi apontada anteriormente por usuários. 

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: O que reguladores e exchanges estão fazendo para melhorar a confiança no mercado cripto

O que reguladores e exchanges estão fazendo para melhorar a confiança no mercado cripto

Entre propostas como segregação patrimonial e prova de reservas, exchanges prometem segurança de diferentes formas enquanto o mercado aguarda a regulação
Imagem da matéria: Patrocínios da Crypto.com podem atrair a SEC, mas risco vale a pena

Patrocínios da Crypto.com podem atrair a SEC, mas risco vale a pena

No Parque Hyatt, no centro de Paris, o presidente da Crypto.com, Eric Anziani, falou com o Decrypt sobre regulamentação e a expansão de sua exchange
Imagem da matéria: Saga anuncia airdrop gigantesco de projetos Ethereum, Solana e Avalanche

Saga anuncia airdrop gigantesco de projetos Ethereum, Solana e Avalanche

Projetos em várias redes estão ajudando a Saga a impulsionar o staking com pacotes de tokens e recompensas de airdrops nos próximos meses
Imagem da matéria: EUA não têm autoridade para processar trades DeFi, diz advogado do hacker da Mango Markets

EUA não têm autoridade para processar trades DeFi, diz advogado do hacker da Mango Markets

Avraham Eisenberg é o trader cripto acusado de drenar mais de US$ 100 milhões da plataforma de negociação Mango Markets