Imagem da matéria: Manhã Cripto: Ex-diretor da FTX pode fechar acordo de delação premiada; hackers usam ChatGPT para invadir computadores
(Foto: Shutterstock)

O mercado de criptomoedas opera entre perdas e ganhos nesta terça-feira (10), em linha com os índices futuros dos EUA e bolsas na Europa, que perdem força após comentários sobre o rumo dos juros, feitos por autoridades do banco central americano. 

O Bitcoin (BTC) mostra estabilidade nas últimas 24 horas, cotado a US$ 17.257,00. Em reais, a maior criptomoeda também anda de lado, negociada a R$ 91.193,83, de acordo com o Índice do Portal do Bitcoin (IPB). 

Publicidade

O Ethereum (ETH) apaga os ganhos da sessão anterior, com leve alta de 0,8%, a US$ 1.329,58, segundo dados do Coingecko.  

As altcoins vão em direções opostas, com destaque para BNB (-1,2%), Cardano (-3,1%), Dogecoin (+1%), Polygon (-1,5%), Polkadot (-0,4%), Shiba Inu (+3%) e Avalanche (-0,0%). Solana também perde força, em baixa de 0,9%, mas ainda sobe quase 44% em sete dias. 

XRP opera com pouca variação nesta terça, mas o token emitido pela Ripple caiu no gosto do mercado. Um relatório da CoinShares publicado pelo Decrypt destacou que, apesar de US$ 9,7 milhões em saques de produtos de investimento em ativos digitais na semana passada, investidores colocaram US$ 3 milhões na XRP. 

Bitcoin hoje 

Além do recente rali das altcoins, as criptomoedas foram impulsionadas na segunda-feira (8) em meio ao otimismo de investidores de renda variável sobre uma desaceleração no ritmo de aumento de juros nos EUA.

Publicidade

Mas o humor azedou nesta terça após comentários de autoridades do Fed, o banco central americano, sobre os planos para a taxa básica no país. Raphael Bostic, presidente do Fed de Atlanta, disse que a expectativa é elevar os juros acima de 5% no início do segundo trimestre e manter a taxa nesse nível por “muito tempo”. O presidente do Fed, Jerome Powell, fala ainda hoje em um evento na Suécia. 

Apesar da instabilidade nesta terça, o mercado de criptomoedas começa a reagir neste início de ano. O índice MVIS CryptoCompare Digital Assets 100, que acompanha os principais tokens, mostrava alta em torno de 7% no mês até a segunda-feira (9), superando os avanços de cerca de 2% do mercado acionário global, 1% em títulos e 3% do ouro no mesmo período, de acordo com dados compilados pela Bloomberg. 

Nessa onda, o Grayscale Bitcoin Trust (GBTC), maior fundo com exposição ao BTC e com US$ 10,7 bilhões em ativos, chegou a subir 12% na segunda-feira, o maior ganho intradiário desde fevereiro de 2022.

O Digital Currency Group (DCG), que controla a Grayscale, enfrenta uma crise de confiança em meio ao congelamento de saques de clientes na unidade de empréstimos cripto e investigações de autoridades nos EUA. 

Publicidade

Compra da Voyager pela Binance 

A plataforma de crédito cripto Voyager Digital defendeu o plano para vender seus ativos para a Binance.US por US$ 1 bilhão e classificou as críticas ao negócio de “hipocrisia e atrevimento” feitas com base em especulações não verificadas, de acordo com dois documentos regulatórios publicados na noite de domingo (8). 

O plano foi contestado pela Alameda Research, o braço de trading da corretora FTX, atualmente em recuperação judicial, bem como pela SEC, a CVM dos EUA, pelo Departamento de Justiça (DoJ) e vários reguladores estaduais americanos. Uma audiência sobre o acordo está marcada para esta terça-feira em um tribunal de falências de Nova York, informou o CoinDesk. 

As dúvidas levantadas pela SEC e outros reguladores, questionando se a Binance.US realmente pode arcar com a compra, não são justificadas, disse a Voyager. 

Em 4 de janeiro, a SEC apresentou uma “objeção limitada” à proposta da Binance.US para a aquisição da Voyager. A agência alegou que o contrato de compra não continha detalhes sobre a capacidade da exchange cripto de fechar o negócio e pediu mais informações sobre a natureza das operações comerciais da empresa, segundo comunicado. 

A proximidade da Binance com a então concorrente FTX deu a promotores federais motivos para buscar novas informações na investigação, que já dura quatro anos, sobre supostas violações das regras contra lavagem de dinheiro pela maior exchange de criptomoedas do mundo, como destacado pelo Washington Post

Publicidade

“Como foi amplamente divulgado, reguladores estão fazendo uma revisão abrangente de toda a indústria cripto sobre muitos dos mesmos problemas”, disse um porta-voz da Binance ao Decrypt. 

Investigações sobre FTX 

Promotores federais também estão investigando se o ex-diretor da FTX, Nishad Singh, desempenhou algum papel nos esquemas de negociação que resultaram no uso ilícito de fundos de clientes, apurou a Bloomberg News.  

Singh, que não foi acusado de nenhum crime, participou de um encontro com representantes da Procuradoria dos EUA para o Distrito Sul de Nova York, segundo pessoas com conhecimento do assunto. Nessas reuniões, os investigados geralmente recebem imunidade limitada para compartilhar o que sabem com os promotores. Caso feche um acordo de delação premiada, Sam Bankman-Fried (SBF), cofundador da FTX, ficará cada vez mais isolado. 

SBF vai ter que buscar outra fonte de recursos para cobrir os custos de sua defesa nos tribunais. O Departamento de Justiça dos EUA apreendeu mais de 55 milhões de ações da Robinhood que estavam em posse de Bankman-Fried. Com base no preço de fechamento da ação na sexta-feira (6), de US$ 8,25, o montante seria equivalente a cerca de US$ 456 milhões.  

As ações da Robinhood — popular plataforma de venda e compra de ações no varejo — estavam em nome de uma holding que tem como donos SBF e Gary Wang, outro fundador da FTX. A Justiça dos EUA alega que os ativos “constituem propriedades envolvidas em violações” relativas a crimes de lavagem de dinheiro e fraude, que estão entre as oito acusações apresentadas contra Bankman-Fried. Documentos do processo de recuperação judicial do grupo mostram que 117 entidades estão interessadas nos ativos do império falido. 

Em contraste com o atual período de vacas magras, a FTX gastou US$ 40 milhões em hotéis e acomodações de luxo, passagens de avião e alimentação nos nove meses que antecederam  seu colapso em novembro, de acordo com documentos judiciais analisados pelo Business Insider. 

Publicidade

E em meio ao caos provocado pela FTXa recém-nomeada presidente da Autorité des marchés financiers (AMF, ou Autoridade dos Mercados Financeiros) afirmou que apoia uma transição rápida para uma supervisão mais rigorosa da indústria cripto, segundo a Bloomberg.

Em conferência na segunda-feira, Marie-Anne Barbat-Layani confirmou que quer tornar obrigatória a obtenção de uma licença para provedores de serviços de criptoativos antes que os regulamentos europeus relacionados entrem em vigor. 

ChatGPT

Cibercriminosos começaram a usar o chatbot de inteligência artificial ChatGPT, desenvolvido pela OpenAI, para criar ferramentas de hacking, alertaram pesquisadores de segurança cibernética. Os golpistas também estão testando a capacidade do ChatGPT de construir outros chatbots projetados para se passar por mulheres jovens para atrair alvos, disse à Forbes um especialista em monitoramento de fóruns criminais. 

E por falar na OpenAI, a Microsoft está em negociações para investir até US$ 10 bilhões na criadora do ChatGPT, de acordo com a Bloomberg, que cita pessoas a par dos planos. Sob a proposta, a gigante do software investiria os recursos ao longo de vários anos, embora os termos finais possam mudar. 

Outros destaques das criptomoedas 

O MB (Mercado Bitcoin) listou o token Ambify (ABFY), que possibilita a usuários compensar emissões de carbono, reduzindo o impacto de suas atividades no meio ambiente de forma simples e acessível. Desenvolvido pela Ambipar, o ABFY complementa o aplicativo Ambify, que oferece o crédito fragmentado por quilo e busca democratizar a transformação ambiental para uma economia mais verde.  

Como ativo a ser negociado na plataforma do MB, será possível calcular a pegada de carbono e comprar ABFY para compensá-la no futuro. “A listagem do token nos permite estar ao lado de uma empresa que é referência em soluções ambientais e desenvolveu um projeto promissor, que combina iniciativas ambientais com a filosofia e tecnologia da Web3”, afirma Fabricio Tota, diretor de Novos Negócios do MB. 

Também estão abertas as inscrições para o programa “Tokenize sua Ideia”. Pessoas jurídicas e físicas podem apresentar projetos até 12 de fevereiro. Os dois vencedores, entre oito selecionados, receberão como prêmio um workshop completo de planejamento de 12 horas para a tokenização de seus projetos, junto dos maiores profissionais do universo blockchain.  

A Mynt, corretora de criptoativos do banco BTG Pactuallançou uma ferramenta que simplifica declaração de criptoativos no Imposto de Renda. De acordo com a Exame, a calculadora IR Mynt resolve questões dos investidores do IR “de forma simples e rápida”. A novidade, ainda totalmente gratuita, é resultado de uma parceria da Mynt com a Velotax, empresa especializada em automatizar o processo de declaração do Imposto de Renda. 

O sobrinho do ex-presidente Jair Bolsonaro, Leonardo Rodrigues de Jesus, também conhecido como Léo Índio, estava entre os golpistas que destruíram as instalações dos Três Poderes em Brasília no domingo (8). Na comunidade cripto brasileira, Léo Índio é lembrado por ter pedido doações em Bitcoin em 2021 para financiar atos pró-Bolsonaro durante as celebrações do Dia da Independência em 7 de setembro. 

Em nota, a ABCripto (Associação Brasileira de Criptoeconomia) repudiou os atentados, classificados por muitos juristas como terrorismo. A associação afirma que “defende a legitimidade de manifestações públicas e democráticas”, mas reforça que “a liberdade de expressão e protestos não podem ser confundidos com fanatismo, vandalismo e qualquer tipo de violência”. 

O Conselho Superior da Advocacia-Geral da União publicou na segunda-feira (9), no Diário Oficial da União, uma retificação sobre o concurso para vagas de Procurador da Fazenda Nacional, agora incluindo na lista de temas que devem ser estudados criptoativos, blockchain e contratos inteligentes. O salário inicial do cargo é R$ 21.014,49 e são 75 vagas para ampla concorrência, cinco vagas para candidatos com deficiência e 20 vagas para candidatos negros. 

Foram detidas recentemente mais duas pessoas ligadas à pirâmide financeira Forcount, que tem como um de seus líderes Francisley Valdevino da Silva, conhecido como o “Sheik das Criptomoedas” e atualmente preso por fraudes financeiras no Brasil. Conforme aponta reportagem do CoinDesk, o espanhol Nestor Nuñez, de 64 anos, foi preso na Espanha, enquanto o americano Ramon Pérez se entregou às autoridades em Orlando, nos EUA. 

A Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) apresentou acusações contra Avraham Eisenberg na segunda-feira (9), suspeito de manipular a plataforma descentralizada da Mango Markets e de roubar mais de US$ 110 milhões em ativos digitais. A notícia chega uma semana depois de o Departamento de Justiça acusar Eisenberg do hack ocorrido em 11 de outubro de 2022. 

Já pensou em inserir o seu negócio na nova economia digital? Se você tem um projeto, você pode tokenizar. Clique aqui, inscreva-se no programa Tokenize Sua Ideia e entre para o universo da Web 3.0!

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Coinext lança gestora e abre captação para seu primeiro fundo cripto 

Coinext lança gestora e abre captação para seu primeiro fundo cripto 

A Coinext Asset estreia no mercado com o Coinext Crypto Strategy FIM IE, fundo multimercado com investimento 100% em cripto no exterior
Imagem da matéria: Importação de criptomoedas no Brasil dobra e chega a R$ 14 bilhões no 1º bimestre

Importação de criptomoedas no Brasil dobra e chega a R$ 14 bilhões no 1º bimestre

Dados do Banco Central mostram que a importação de criptoativos saltou de US$ 1,4 bilhão no primeiro bimestre de 2023, para US$ 2,9 bilhões no início deste ano
Celular com gráficos de ações e criptomoedas em queda no fundo

Preço de tokens BRC-20 da rede Bitcoin despencam antes do halving — Runes é o culpado?

Em semana crucial para a principal rede de criptomoedas, a ORDI caiu mais de 40%
Logotipo do token CorgiAI

Mercado Bitcoin lista token CorgiAI

O ativo é ligado a projeto que usa utiliza inteligência artificial para criar uma comunidade de entusiastas no ecossistema cripto