GALA Games
Símbolo do token GALA (Shutterstock)

As maiores criptomoedas são negociadas com estabilidade nesta segunda-feira (4), com baixo volume de negócios devido ao feriado nos EUA, enquanto as bolsas europeias mostram ganhos impulsionadas por estímulos à economia da China e apostas de que as taxas de juros globais estão perto do pico.  

O Bitcoin (BTC) anda de lado nas últimas 24 horas, cotado a US$ 25.929,67, segundo dados do Coingecko. 

Publicidade

Em reais, o BTC também mostra pouca variação, negociado a R$ 129.203,71, de acordo com o Índice do Portal do Bitcoin (IPB).   

Apesar do marasmo, grandes investidores de Bitcoin, conhecidos como “baleias”,  continuam a apostar na maior criptomoeda, com um total de US$ 1,5 bilhão acumulados nas duas últimas semanas de agosto. 

O Ethereum (ETH) também mostra estabilidade nesta manhã, negociado a US$ 1.635,02.  

As principais altcoins seguem a tendência, entre elas BNB (+0,1%), Cardano (+0,5%), Polkadot (+0,3%), Polygon (+0,5%) e Avalanche (+0,3%); Shiba Inu vai na contramão e cai 1,3%. 

XRP opera estável (+0,1%) após a Ripple, emissora do token, formalizar sua oposição ao pedido de recurso da SEC contra uma decisão favorável da Justiça à empresa em meio à disputa para provar que a criptomoeda não é valor mobiliário. 

GALA, token nativo da startup de jogos web3 Gala Games, recua 4,7% nas últimas 24 horas e 11% em sete dias. 

Publicidade

O CEO da Gala Games, Eric Schiermeyer, processou recentemente o cofundador da empresa, Wright Thurston, alegando que Thurston roubou 8,6 bilhões de tokens GALA no início de 2021 e conseguiu vendê-los por US$ 130 milhões antes que a empresa pudesse detê-lo, segundo o The Block. O processo de Schiermeyer, aberto em 31 de agosto, também acusa Thurston de um padrão de fundar empresas que acabam insolventes, falidas ou envolvidas em litígios. 

Thurston, em seu próprio processo aberto no mesmo dia, alega que Schiermeyer assumiu o controle da Gala Games a fim de usar fundos da empresa para compras pessoais, incluindo o financiamento de um jato particular. 

SOL sobe 2% depois de o cofundador da MakerDAO, Rune Christensen, dizer na sexta-feira (1) que a futura blockchain nativa da plataforma deve ser construída baseada no código que sustenta a Solana, rival da Ethereum, cujo cofundador, Vitalik Buterin, aliás, vendeu seus tokens restantes da MakerDAO após a notícia. 

Enquanto isso, a carteira Solana da FTX transferiu US$ 10 milhões em tokens para a rede Ethereum desde 31 de agosto, de acordo com dados da Arkham Intelligence

Publicidade

Disputa entre Genesis e credores 

Credores da plataforma de crédito cripto Genesis Global Capital (GGC), atualmente em recuperação judicial, criticaram um acordo proposto de US$ 175 milhões com a extinta exchange FTX, acusando a GGC de compra de votos para “manipular” o processo, informou o CoinDesk, que é controlado pelo Digital Currency Group, mesmo dono da Genesis. 

A oposição documentada na última quinta-feira (31) traz novos obstáculos à Genesis, que busca fechar as operações e devolver recursos bloqueados a ex-clientes. 

Um outro acordo fechado em meados de agosto permite que a Alameda Research, antigo braço de trading da FTX, receba US$ 175 milhões dos ativos da Genesis – uma queda significativa em relação aos US$ 4 bilhões que a FTX buscava – mas outros credores não estão satisfeitos com o arranjo. 

“O acordo proposto [pela Genesis] com a FTX é uma tentativa de manipular o processo de votação do plano…”, disse um documento apresentado na quinta-feira pela exchange de criptomoedas Gemini, à qual a Genesis deve US$ 766 milhões, acrescentando que a proposta “não pode ser aceita pelo valor nominal”. 

Enquanto isso, a plataforma de negociação online Robinhood recomprou as ações que estavam em mãos de Sam Bankman-Fried, fundador da FTX, que, segundo novos documentos, supostamente recebia transferências diretas de fundos de clientes, assim como outros executivos da Alameda. 

Publicidade

Tom Brady em São Paulo 

Quando Tom Brady subiu ao palco do evento Expert XP na capital paulista durante a noite de sábado (2), não estava sozinho. Ele foi acompanhado de uma espécie de “elefante na sala”: as perdas de R$ 147 milhões que teve com a falência no ano passado da FTX. 

O ex-atleta e ex-marido de Gisele Bündchen falou sobre lições de vida que aprendeu com o esporte, resiliência, motivação e a ligação desses temas com os negócios, mas a palavra FTX não apareceu uma única vez durante a apresentação. 

Também presente ao evento, o presidente da CVM, João Pedro Nascimento, disse em entrevista ao InfoMoney que a autarquia não é inimiga das criptomoedas. 

“Acho que a criptoeconomia traz em si muitas oportunidades para o crescimento e a expansão do mercado de capitais. Com toda certeza, dentro [dessa indústria], há bons agentes de mercado dispostos a aderir à regulação, se registrar como emissores e realizarem distribuições organizadas de seus ativos, e a gente quer trazer eles de maneira organizada para o mercado regulado”, afirmou. 

Outros destaques das criptomoedas

A London Stock Exchange Group, operadora da Bolsa de Londres, tem um projeto para um novo mercado baseado na tecnologia blockchain destinado à negociação de ativos financeiros tradicionais, de acordo com o Financial Times. Murray Roos, chefe de mercado de capitais da LSE Group, disse ao FT que a empresa tem estudado a ideia há um ano e que chegou a um “ponto de inflexão”, quando decidiu levar os planos adiante. 

O executivo esclareceu que a empresa britânica “definitivamente não está construindo nada em torno de criptoativos”, mas buscando usar a tecnologia por trás de tokens como o Bitcoin para melhorar a eficiência para a compra, venda e manutenção de ativos tradicionais. 

Publicidade

Enquanto isso, a maior exchange de criptoativos do mundo sofreu mais uma baixa. Mayur Kamat, chefe global de produtos e design da Binance, renunciou ao cargo, disse uma fonte com conhecimento do assunto ao The Block. “Podemos confirmar que Mayur deixou seu cargo de líder de produtos”, disse um porta-voz da Binance ao portal. 

Com passagens pela Microsoft e Google, Kamat também confirmou sua saída, dizendo que está deixando a Binance, onde trabalhava desde abril de 2022, por “motivos pessoais” e finalizando a transição. Sob escrutínio de reguladores, a corretora cripto vem perdendo vários executivos do alto escalão.  

Mas seu CEO Changpeng “CZ” Zhao diz que a pressão regulatória e da mídia, que classifica como “FUD” (sigla em inglês para medo, incerteza e dúvida) é uma oportunidade para a plataforma provar seus méritos. 

Outra empresa que perde executivos é a Paradigm, um grupo de capital de risco cripto, com a renúncia do diretor financeiro, Nathan Apsel, e da diretora jurídica, Reena Jashnani-Slusarz, segundo e-mail ao qual o The Block teve acesso. A Paradigm pretende anunciar o novo diretor financeiro nos próximos meses, conforme a fonte, enquanto Katie Biber vai continuar no comando da equipe jurídica. A empresa não comentou. 

Os investimentos de venture capital no mercado de criptoativos encolheram pelo quarto mês seguido em agosto, para menos de US$ 500 milhões, o menor nível desde janeiro de 2021, mostram dados do The Block Research

VOCÊ PODE GOSTAR
Fachada da GameStop em Tyler no Texas

GameStop e AMC desabam com fim da euforia do retorno de Roaring Kitty

As ações memes da GameStop e AMC caíram drasticamente após a abertura dos mercados dos EUA na quinta-feira, recuando pelo menos 15%
Imagem da matéria: Ripple anuncia programa contínuo de bolsas em dinheiro para programadores do Brasil

Ripple anuncia programa contínuo de bolsas em dinheiro para programadores do Brasil

Meta é que comunidade de programadores crie soluções na XRP Ledger, blockchain usada pela empresa e que tem o token nativo XRP
Imagem da matéria: Trump promete reverter prisão perpétua de Ross Ulbricht; criador do Silk Road agradece

Trump promete reverter prisão perpétua de Ross Ulbricht; criador do Silk Road agradece

“Depois de 11 anos na prisão, é difícil expressar como me sinto neste momento”, escreveu Ulbricht
Michaël van de Poppe em vídeo no Youtube

“É hora de investir em altcoins como Ethereum além do Bitcoin”, diz Michaël van de Poppe

Citando o Ethereum com uma das opções, o analista diz que o mercado de altcoins já passou por correção e que a tendência agora é de alta