várias criptomoedas stablecoins sob uma mesa
Shutterstock

De todo o volume de transações com stablecoins, menos de 10% foram operações feitas por pessoas reais, aponta um novo relatório feito pela gigante de cartões Visa. Mais de 90% das transações com stablecoins são realizadas por robôs ou traders de grande escala.

O sistema, criado pela Visa e Allium Labs, foi feito para eliminar as transações que não foram iniciadas por pessoas reais. Diante disso, do total de cerca de US$ 2,2 trilhões em transações em abril, apenas US$ 149 bilhões tiveram origem em “atividades de pagamentos orgânicos”, apontou a Visa, segundo a Bloomberg.

Publicidade

Esse tipo de dado surge para questionar a ideia de que as stablecoins seriam a melhor opção para enfrentar o sistema global de pagamentos. Esses ativos são tokens que possuem seu preço atrelado ao de outro, em geral moedas fiduciárias, principalmente o dólar. Por isso, para muitas pessoas, as stablecoins seriam melhores opções para fazer pagamentos transfronteiriços.

“Isso diz que as stablecoins ainda estão em um momento muito incipiente em sua evolução como instrumento de pagamento”, disse Pranav Sood, gerente geral executivo para EMEA da plataforma de pagamentos Airwallex, para a Bloomberg. “Isso não quer dizer que não tenham potencial a longo prazo, porque acho que têm. Mas o foco a curto e médio prazo precisa ser garantir que os trilhos existentes funcionem muito melhor.”

Especialistas dizem ser complicado rastrear as atividades de criptomoedas feitas por pessoas reais usando dados de blockchain. No caso de stablecoins, as transações muitas vezes podem ser contadas duas vezes, inflando os números de volume.

Por exemplo, converter US$ 100 de USDC, da Circle, em PYUSD, do PayPal, na exchange descentralizada Uniswap, resultaria em US$ 200 do volume total de stablecoin registrados na rede, disse Cuy Sheffi, chefe de cripto da Visa.

Publicidade

PayPal e Stripe estão entre as grandes fintechs que estão entrando no mercado de stablecoins, com a primeira lançando o PYUSD no ano passado, buscando uma solução para transferências instantâneas e de baixo custo dentro de sua infraestrutura de pagamento mais ampla.

Já a Stripe, disse há cerca de dez dias que está permitindo que comerciantes que usam sua plataforma aceitem stablecoins para transações online.

Mesmo assim, a Airwallex tem visto uma demanda morna de seus clientes por soluções de pagamentos baseadas em stablecoin, já que muitos ainda não consideram a tecnologia suficientemente fácil de usar, segundo Sood.

“É uma barreira realmente significativa a ser superada”, disse ele. “É importante lembrar que, nos EUA, as pessoas ainda usam cheques para pagar algo entre 40% e 60% dos pagamentos empresariais, o que dá uma ideia de onde realmente está o mercado em termos de adoção tecnológica.”

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Câmara dos EUA aprova projeto de lei para frear criação de CBDC

Câmara dos EUA aprova projeto de lei para frear criação de CBDC

O apoio à legislação ficou bastante dividido entre os partidos, com muito menos apoio dos democratas em comparação com outros projetos de lei envolvendo criptomoedas neste mês
Imagem da matéria: Fundador do Telegram diz que manterá seus tokens do Notcoin até multiplicarem por 100

Fundador do Telegram diz que manterá seus tokens do Notcoin até multiplicarem por 100

Pavel Durov detém 1% do maior token de jogo deste ano, doado pelos jogadores. E ele não está vendendo seus Notcoin – não agora, pelo menos
Imagem da matéria: Bitcoin sobe mais de 3% após dado de inflação dos EUA cair em abril

Bitcoin sobe mais de 3% após dado de inflação dos EUA cair em abril

Bitcoin, Ethereum e outras criptomoedas sobem nesta quarta-feira após o relatório do CPI dos EUA mostrar que os preços subiram mais lentamente que o esperado
Moedas douradas à frente de bandeira do Brasil

Anbima propõe novas regras para fundos de criptomoedas e abre consulta pública

Entre outras regras, Anbima propõe uma padronização na precificação das criptomoedas dos fundos desse tipo; consulta vai até 20 de junho