Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin sobe acima de US$ 58 mil à medida que ETFs voltam a atrair investidores
Imagem criada por Decrypt com uso de IA

Bitcoin (BTC) chega a esta quarta-feira (10) valendo pouco mais de US$ 58 mil, o que representa uma recuperação das quedas do final de semana que derrubaram seu preço para US$ 54 mil em meio a temores sobre a pressão vendedora proveniente tanto dos credores da Mt. Gox quanto do governo alemão, que nas últimas semanas tem vendido sua reserva da criptomoeda.

Em dólar, o BTC é negociado a US$ 58.638, em alta de 2,4% nas últimas 24 horas, segundo dados do CoinGecko. Durante a madrugada, a alta do Bitcoin era ainda mais significativa e sua cotação atingiu um topo diário de US$ 59.322.

Publicidade

Em reais, o BTC sobe 0,7% para R$ 319.955, de acordo com o Índice de Preço do Bitcoin (IPB).

Embora os participantes do mercado sigam tentando prever o impacto da eventual venda de Bitcoin da Mt. Gox e das transferências contínuas do governo alemão, alguns sinais mostram que parte dos investidores aproveitaram as quedas para encher os bolsos.

Os ETFs de Bitcoin à vista negociados nos EUA, por exemplo, estão no verde desde o início da semana, com entradas líquidas de mais de US$ 654,3 milhões entre os dias 5 e 9 de julho, segundo dados da plataforma Sosovalue. Os volumes de negociação dos ETFs também estão em alta, superando US$ 2 bilhões por dia — um valor não visto desde 25 de junho.

Sobre os pagamentos da Mt. Gox, alguns especialistas do mercado já diziam que os temores de liquidação eram “exagerados”, dado que a maioria dos credores que vão receber seu Bitcoin agora já tiveram a chance de vendê-lo no passado. 

Outro fator levado em consideração é que os reembolsos ainda podem se arrastar até o final de setembro, embora corretoras como a Bitstamp tenham se comprometido a repassar os pagamentos o mais rápido possível.

Publicidade

Já o governo alemão continua a se desfazer da sua reserva de Bitcoin, transferindo US$ 900 milhões e US$ 362 milhões na segunda e terça-feira, respectivamente.

No entanto, as vendas não devem se alongar muito mais já que pelo menos dois terços das participações em Bitcoin já foram transferidas, sobrando pouco mais de US$ 1 bilhão em BTC nas carteiras do governo, segundo dados da empresa de análise de blockchain Arkham Intelligence.

Dessa forma, o pior das vendas da Alemanha parece estar “no retrovisor”, disse Ryan McMillin, diretor de investimentos da gestora Merkle Tree Capital, ao Decrypt

Ele também aponta outro fator positivo para o Bitcoin no futuro próximo: a falida FTX deve distribuir aproximadamente US$ 16 bilhões em dinheiro para investidores por volta de setembro ou outubro deste ano. A expectativa é que parte desse dinheiro volte a ser investido no mercado cripto e atue como um “catalisador significativo de alta” nos próximos meses, disse ele.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Pixelverse anuncia airdrop de tokens e NFTs para jogadores no Telegram

Pixelverse anuncia airdrop de tokens e NFTs para jogadores no Telegram

Os jogadores do PixelTap poderão reivindicar um NFT, e alguns receberão tokens PIXFI
Imagem da matéria: Senador que chamou Bitcoin de "escolha ideal para criminosos" é condenado por corrupção

Senador que chamou Bitcoin de “escolha ideal para criminosos” é condenado por corrupção

“Este caso sempre foi sobre níveis chocantes de corrupção”, disse o procurador dos EUA
jogo hamster kombat em tela de celular

Hamster Kombat:  Tudo sobre o airdrop do jogo do Telegram

Veja também dicas para conseguir a maior quantidade de moedas antes do lançamento do token
Tela de computador com logotipo da Binance e lente de aumento

Binance aumenta capital da B Fintech em 37.300%, indo de R$ 50 mil para R$ 18,7 milhões

B Fintech é o nome da Binance nos registros empresariais do Brasil