Mercado
Shutterstock

As principais criptomoedas andam de lado nesta terça-feira (16), acompanhando a falta de definição mostrada nas prévias do mercado de ações dos EUA. O Bitcoin (BTC) mostra um pequeno recuo de 0,35% nas últimas 24 horas, cotado a US$ 24.095.

No entanto, ao longo dos últimos sete dias, a maior criptomoeda ainda registra valorização de 2,45%. A capitalização de mercado do Bitcoin está no patamar de US$ 460 bilhões, segundo dados do portal CoinMarketCap. Já no Brasil, o Bitcoin é negociado com valorização de 0,14%, a R$ 123.190, de acordo com o Índice do Portal do Bitcoin.

Publicidade

O Ethereum (ETH) mostra uma indefinição semelhante, alternando entre altas e baixas durante a noite. Neste momento, o ativo aponta recuo de 0,74%, a US$ 1.892. No entanto, graças ao rali registrado nos últimos dias com a proximidade da Fusão e da mudança para um mecanismo de consenso proof of stake (PoS), o ether mostra ganhos de 8,8% durante a semana. A capitalização de mercado está em US$ 231 bilhões.

A falta de um direcionamento claro também afeta as demais altcoins. Alguns tokens registram elevação, como Cardano (ADA) (2%), XRP (1,6%) e Avalanche (0,9%). Já outros mostram desvalorização, como é o caso de Solana (SOL) (-1%), Polygon (MATIC) (-0,9%) e Uniswap (UNI) (-2,4%).

O destaque do dia, no entanto, vai para as memecoins. Dogecoin (DOGE), a favorita do bilionário Elon Musk, dispara 16% e já acumula uma valorização superior a 23% ao longo da semana. Shiba Inu (SHIB) registra um acumuluado de sete dias ainda melhor, na casa dos 31%. Nas últimas 24 horas, o token mostra ganhos de 2,99%.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Fundos de criptomoedas têm semana positiva apesar da pressão da Mt. Gox e Alemanha

Fundos de criptomoedas têm semana positiva apesar da pressão da Mt. Gox e Alemanha

Fundos de criptomoedas tiveram entradas líquidas de US$ 441 milhões após quatro semanas de saídas, com investidores vendo oportunidade na queda dos preços
Donald Trump posa para foto em evento político nos EUA

Trump cobrará R$ 5 milhões de quem quiser dividir mesa com ele em evento de Bitcoin

Uma foto com Trump também custará caro aos participantes, indo de R$ 330 mil a R$ 550 mil
Imagem da matéria: Criador da pirâmide BlueBenx, Roberto Cardassi é preso em Portugal

Criador da pirâmide BlueBenx, Roberto Cardassi é preso em Portugal

Cardassi e a BlueBenx pararam de pagar os milhares de clientes em 2022, deixando um prejuízo estimado em R$ 160 milhões
Imagem da matéria: Fundos de Bitcoin registram 5ª maior captação semanal da história

Fundos de Bitcoin registram 5ª maior captação semanal da história

Mais de US$ 1,4 bilhão foram investidos em fundos de criptomoedas nos últimos sete dias, o triplo da semana anterior