Corda bamba
Shutterstock

Depois de dar um salto de 11,3% durante a madrugada e encostar em US$ 21.000, o Bitcoin desacelera os ganhos no início da manhã desta sexta-feira (1º), em linha com os índices futuros americanos. O BTC opera em alta de 1,6%, cotado a US$ 19.640,94, segundo dados do CoinGecko. Já o Ethereum (ETH) avança 2%, para US$ 1.075,51. 

No Brasil, o Bitcoin ganha 2,3%, negociado a R$ 103.397,62, de acordo com o Índice do Portal do Bitcoin (IPB). 

Publicidade

As altcoins também ensaiam uma recuperação como Binance Coin (+7%), XRP (+1,2%), Cardano (+1,9%), Solana (+4,5%), Dogecoin (+3,1%), Polkadot (+0,3%), Shiba Inu (+3%) e Avalanche (+1,6%).

Desempenho em junho

Além da perspectiva de juros globais mais altos para combater a inflação, o mercado cripto também sente o impacto da crise de liquidez de plataformas de empréstimos que atuam em finanças descentralizadas. Essa combinação se refletiu nos números de junho.

Entre os 100 maiores tokens em capitalização de mercado, apenas quatro tiveram ganhos no acumulado de junho, de acordo com dados do CoinMarketCap: TerraClassicUSD (USTC),  Storj (STORJ), Unus Sed Leo (LEO) e Helium (HNT).

O Bitcoin teve o 23º pior resultado do ranking, acumulando desvalorização de 40% ao longo do mês. Dados da Bloomberg e da CNBC apontam que é o desempenho mensal mais fraco registrado pelo BTC desde 2010, quando a moeda chegou às corretoras. O mercado acionário americano não ficou atrás. O S&P 500 teve o pior primeiro semestre desde 1970.

“Com certeza a gente teve um trimestre pior que o primeiro para encerrar o semestre com uma queda de mais de 50% no preço do Bitcoin, que obviamente leva todo o mercado para baixo”, avalia André Franco, chefe de análise e pesquisa do MB, em artigo no Valor Investe. “A gente fala ainda de uma classe de ativos ainda em consolidação e que sofreu bastante.”

Publicidade

Em nota, Edward Moya, analista sênior de mercado da Oanda, alerta que o Bitcoin ainda está “vulnerável a mais uma queda feia, o que pode fazer muitos traders temerem uma queda para a área de US$ 10.000” se a turbulência em Wall Street continuar no terceiro trimestre.

Em entrevista ao Valor, Tasso Lago, gestor de fundo privado em criptomoedas e fundador da Financial Move, disse que o Bitcoin foi abalado como qualquer outro ativo de risco no primeiro semestre. “A criptomoeda é como um ativo de tecnologia, mas sem um CEO. É normal que haja uma volatilidade maior do que as empresas de tech.”

Essa volatilidade não impediu o governo de El Salvador de renovar a aposta no Bitcoin. O presidente Nayib Bukele disse no Twitter que o país comprou 80 bitcoins ao preço de US$ 19.000 cada.

Em junho, o Ethereum se saiu ainda pior, mergulhando 47%, o sétimo pior desempenho entre os 100 maiores ativos. O token nativo da plataforma de empréstimos Nexo (NEXO) aparece no topo da lista dos piores resultados no mês, com queda de 56%.

Publicidade

Corrida pela BlockFi

A plataforma de empréstimos cripto BlockFi, já em negociações com a corretora FTX, foi abordada sobre um acordo com outro grupo que inclui a rival Ledn, disseram três pessoas com conhecimento do assunto à Bloomberg. A FTX estaria disposta a pagar US$ 25 milhões pela BlockFi, um enorme desconto em relação à avaliação de US$ 3 bilhões da empresa em março de 2021. Já a proposta da Ledn envolveria dinheiro novo em vez de apenas uma aquisição total. A oferta teria sido apresentada a um membro do conselho da BlockFi.

A FTX tentou fechar negócio com a Celsius, que também atua com empréstimos de criptomoedas, mas desistiu depois de analisar a situação financeira da empresa, afirmaram duas pessoas com conhecimento do assunto ao The Block. Em comunicado, a Celsius diz que estuda opções para “preservar e proteger os ativos”.

Colapso do Three Arrows

A Autoridade Monetária de Singapura emitiu um comunicado na quinta-feira (30) acusando o hedge fund cripto Three Arrows Capital de fornecer “informações falsas” à reguladora ao não notificar mudanças, como a criação de uma entidade nas Ilhas Virgens Britânicas, e de ultrapassar o limite de 250 milhões de dólares singapurianos sob gestão. O banco central da cidade-estado está investigando o fundo desde junho de 2021.

A Blockchain.com, credora do 3AC, disse que está cooperando com as investigações em andamento, de acordo com a Bloomberg. A Blockchain.com e a Deribit, uma exchange de derivativos cripto, confirmaram que estão entre os credores que pediram a liquidação do Three Arrows em um tribunal nas Ilhas Virgens Britânicas.

E a empresa cripto CoinFlex voltou atrás nos planos de liberar saques de clientes, após a suspensão em 23 de junho. A plataforma disse que continua conversando com investidores interessados no token Recovery Value USD (rvUSD), que oferece retorno de 20% ao ano.

Publicidade

Outros destaques

O Zro Bank, empresa de pagamentos com criptomoedas com origem no Grupo B&T e que depois se tornou independente, quer atingir 1 milhão de downloads até o fim do ano em relação aos quase 400 mil atuais, conforme o Valor.

A gigante de investimentos VanEck apresentou um novo pedido para um ETF de Bitcoin à vista à Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC), de acordo com o CoinDesk. O pedido da VanEck ocorre apenas oito meses depois de a SEC ter rejeitado a solicitação anterior e um dia após negar as propostas de um ETF de Bitcoin à vista da Grayscale Investments e Bitwise.

O número de usuários ativos de criptomoedas no Bank of America caiu cerca de 50%, para menos de 500 mil em maio em relação a 1 milhão em novembro de 2021, quando o Bitcoin e alguns outros tokens atingiram máximas, segundo relatório. Os dados correspondem ao número de clientes que fizeram investimentos em criptoativos.

As perdas no mercado de criptomoedas também esfriam a demanda de mineradores de Bitcoin pelas placas de vídeo da Nvidia. Segundo reportagem da Bloomberg, os preços das placas mostram queda de 50% no mercado de usados. A transição da blockchain Ethereum para o modelo de mineração “prova de participação”, que exigirá menos capacidade de processamento, também deve reduzir a demanda.

Enquanto isso, o Departamento de Conservação Ambiental do Estado de Nova York negou o pedido da mineradora de Bitcoin Greenidge Generation, que buscava renovar uma licença necessária para continuar operando na região. A reguladora disse que o pedido era inconsistente com as metas climáticas do estado.

Regulação, Cibersegurança e CBDCs

Autoridades da União Europeia fecharam um acordo sobre uma legislação histórica para regular criptoativos e provedores de serviços nos 27 países membros do bloco. As negociações para criar um marco regulatório, conhecido pela sigla MiCA, duraram dois anos. As regras preveem proteção a investidores e padrões para emissores de stablecoins. Os tokens não fungíveis devem ficar fora desse marco, a menos que possam ser divididos ou fracionados, ou seja, que várias pessoas possam possuir partes de um NFT, disse uma fonte ao CoinDesk.

Publicidade

Em comunicado, o Conselho Europeu de Risco Sistêmico destacou como uma “questão de urgência” discutir a necessidade de medidas regulatórias adicionais para abordar a possível ameaça que os criptoativos possam representar ao sistema financeiro.

E nos EUA, o governo federal trabalha em uma legislação para regular as stablecoins que poderia ser aprovada até o fim do ano, disse uma autoridade ao CoinDesk.

O FBI incluiu na quinta-feira (30) o nome de Ruja Ignatova, a “Rainha das Criptomoedas”, na lista dos 10 Fugitivos Mais Procurados da agência, que oferece uma recompensa de US$ 100 mil para informações que resultem em sua prisão. Ignatova, foragida desde 2017, é acusada de operar um enorme esquema de pirâmide envolvendo uma criptomoeda chamada OneCoin.

O Departamento de Justiça dos EUA indiciou três indivíduos que supostamente captaram mais de US$ 100 milhões em um esquema global Ponzi com criptomoedas. Os brasileiros Emerson Pires e Flavio Gonçalves são acusados de fundar uma plataforma fraudulenta de investimento em criptomoedas chamada EmpiresX com Joshua David Nicholas, residente da Flórida que atuava como “head trader”.

O DoJ também indiciou o criador da coleção NFT “Baller Ape Club” sob a acusação de orquestrar o golpe “rug pull”, a chamada puxada de tapete, quando desenvolvedores cancelam o projeto e desaparecem com o dinheiro. Le Anh Traun, um cidadão vietnamita, é acusado de cometer fraude eletrônica e lavagem internacional de dinheiro.

Metaverso, Games e NFTs

Aberta até domingo (3), a NFT.Rio, primeira exposição internacional de tokens não fungíveis no Brasil, conta com painéis e masterclasses e pode ser visitada de forma gratuita no Parque Lage. Para Fábio Szwarcwald, sócio e diretor de arte da Tropix, um marketplace de NFTs, colecionadores, artistas, galerias e instituições de arte precisam entender como essa tecnologia pode ajudá-los. Ao Portal do Bitcoin, Szwarcwald enfatizou que “a digitalização é um caminho sem volta”.

A NovaDAX anunciou o patrocínio da temporada de 2022 da Stock Car Pro Series. A empresa é a primeira e única corretora de criptoativos brasileira a patrocinar uma das maiores categorias de automobilismo do mundo. Com mais de 200 marcas atuantes no evento, no Brasil as provas são exibidas pela Band e SporTV. Em 2021, a Stock Car Pro Series se tornou a primeira do país a ultrapassar a barreira de R$ 1,5 bilhão de retorno publicitário.

A Universal Music planeja lançar projetos de Frank Zappa em NFTs e Web3 depois de comprar os direitos autorais do músico por uma quantia não revelada, conforme a Bloomberg. Zappa, que faleceu de câncer de próstata em 1993, lançou mais de 60 álbuns ao longo de sua carreira de quatro décadas.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: PF prende hacker que vendia dados de 223 milhões de brasileiros por criptomoedas

PF prende hacker que vendia dados de 223 milhões de brasileiros por criptomoedas

“Vandathegod” foi responsável pelo maior vazamento de dados da história do Brasil
Foco em uma moeda dourada de Ethereum (ETH)

ETF de Ethereum tem 50% de chance de ser aprovado em maio, diz JP Morgan

O gigante bancário é o último a reduzir suas expectativas em relação à revisão das propostas da SEC para oferecer fundos vinculados ao preço do ETH
Logo da Binance

Binance anuncia conselho diretor global, mas não revela onde será sua sede

Entre os três membros externos estão dois executivos do mercado financeiro e um ex-embaixador de Barbados nos Emirados Árabes Unidos
Imagem da matéria: Briga entre Elon Musk e Alexandre de Moraes pode tirar o X do ar no Brasil?

Briga entre Elon Musk e Alexandre de Moraes pode tirar o X do ar no Brasil?

Troca de farpas entre Elon Musk e ministro do STF levanta possibilidade de suspensão do X/Twitter no país