nft rio expoisição arte
Exposição do NFT Rio, no Parque Lage (Foto: Saori Honorato/Portal do Bitcoin)

O Rio de Janeiro recebe nesta quinta-feira (30) a 1ª exposição internacional de NFTs no Brasil, que reúne mais de 600 obras digitais de cem artistas ao redor do mundo — grande parte brasileiros — em um ambiente físico, no Parque Lage.

A exposição de artes digitais é o coração da NFT.Rio, um evento que vai promover debates sobre essa nova forma de fazer e consumir arte com especialistas de NFT e artistas da cena nacional.

Publicidade

Em paralelo aos painéis e masterclasses que acontecem de hoje a domingo (3), a exposição de NFTs pode ser visitada de forma gratuita por todos que passarem pelo Parque Lage nos próximos dias.

A escolha de quais obras iriam compor a exposição entre o vasto mar de opções que existem hoje na internet, foi organizada por Marcus Menezes, produtor e artista brasileiro criador do CryptoRastas, uma coleção de NFTs que mistura CryptoPunks e cultura reggae.

Ele, que também é o idealizador da NFT.Rio, disse ao Portal do Bitcoin que a curadoria da exposição foi coletiva, feita em parceria com grupo de artistas nacionais, coletivos e projetos da área, como o Art Blocks, considerada a principal plataforma NFT de arte degenerativa no mundo. 

“A exposição foi feita com colaboração de artistas próximos. Selecionamos nomes de destaque na cena nacional e internacional, e também fizemos uma chamada pública na qual mais de 400 artistas mandaram seus NFTs. Então aqui tem desde obras caríssimas de colecionadores conhecidos até experimentos de artistas novos, que estão começando na área”, explica.

Publicidade

A exposição também vai exibir obras de grandes colecionadores de NFT, como é o caso de Cozomo de’ Medici — pseudônimo do rapper Snoop Dogg — que fez uma seleção especial de NFTs para serem expostos no evento.

“A exposição é uma forma de ver obras em uma dimensão diferente. Estamos acostumados a ficaar só na tela pequena do computador e celular, mas quando você vê na exposição, em telas grandes, projeções e em uma sala imersiva, você percebe outras dimensões que antes não notava nessas obras”, conta Menezes.

Do Brasil para o mundo

Na visão do organizador do evento, essa será uma oportunidade de artistas e entusiastas do NFT no Brasil se distanciarem das telas do computador e se encontrarem pessoalmente pela primeira vez: 

“Muita galera do NFT se conhece por anos no mundo virtual e não sabe nem o rosto um do outro. Aqui nós vemos como esse contato e energia é renovante”. 

Publicidade

O NFT.Rio segue os moldes de eventos similares que aconteceram em outras cidades importantes, como Nova York e Londres e, da mesma forma, pretende reverberar no resto do mundo e colocar o Brasil no mapa da cena NFT.

“Os artistas internacionais e os colecionadores estão de olho no que está acontecendo aqui e isso vai aumentar a visibilidade do Brasil lá fora, e localmente também. Aqui vai passar muita gente nova e curiosa que está tentando entender esse novo assunto que para  muitos ainda é um mistério”, finaliza Menezes.

Para quem não puder estar presencialmente no evento, poderá ter uma experiência no metaverso através do site nftrio.house, onde é possível visualizar alguns dos NFTs que também estão na exposição física.

A programação do NFT.Rio nesta quinta

Além da exposição aberta gratuitamente ao público, o NFT.Rio também conta com uma programação de debates e masterclasses que acontecem entre os dias 30 de junho e 3 de julho no Parque Lage.

A programação vai englobar uma gama de discussões relacionados ao universo NFT, principalmente como essa tecnologia ascendente se encontra no mundo das artes, com a presença de especialistas do setor e artistas promissores da cena nacional.

Publicidade

Outras áreas em que NFTs também estão se expandindo, como jogos, música e esportes, também terão espaço na programação. 

Entre os destaques do dia está a participação do skatista de renome internacional, Bob Burnequist, que participará logo mais às 15h do painel “A próxima jogada: esportes e NFTs”. 

Junto com ele estará o surfista e publicitário Felipe Baracchini, da coleção Surf Junkie Club, e Felipe Ribbe, diretor de negócios da Socios.com no Brasil, plataforma especializada na criação de fan tokens. A mediação da conversa fica por conta de Bruno Natal, jornalista e apresentador do podcast ‘Resumido’.

A manhã de evento começa com a ex-vj da MTV e influencer digital, Marimoon, mediando o painel ‘O que é NFT e como colecionar’ com Hot Café, Pedro Martino e Luciano Vassan do Brasil NFT.

Em seguida, às 11h, o organizador do NFT.Rio, Marcus Menezes, vai discutir o uso de tecnologia como processo criativo ao lado de Batman Zavareze, Liana Brazil e Marlus. No período da tarde, os debates voltam às 13h com “O mercado da arte em tempos digitais”, com a participação de Domi Valanse, Fabio Szwarcwald, Ciça Fortes e João Vergara.   

O dia termina às 16h com uma masterclass ministrada pela equipe da Art Blocks, plataforma de NFTs de arte degenerativa líder no setor.

Para assistir os debates será preciso adquirir o ingresso da categoria Talks/Masterclass, que custa R$ 120 por dia R$ 400 no combo de quatro dias.

Publicidade

A corretora Mercado Bitcoin, patrocinadora oficial do evento, vai presentear todos que forem ao NFT.Rio — seja na exposição como nos talks — com um NFT gratuito distribuído no local.

VOCÊ PODE GOSTAR
Uniswap, venture, criptomoedas, investimentos, web3

Manhã Cripto: Token da Uniswap despenca 17% após alerta de processo da SEC e Bitcoin recupera os US$ 70 mil

CEO da Uniswap, Hayden Adams, disse não estar surpreso, “apenas irritado, desapontado e pronto para lutar”
Imagem da matéria: Web Summit Rio: regulação cripto, Web3 e os temas que dominaram o último dia do evento

Web Summit Rio: regulação cripto, Web3 e os temas que dominaram o último dia do evento

Com painéis sobre regulação, Web3 e diversos outros temas, o Web Summit Rio terminou na última quinta-feira no Rio de Janeiro
Imagem da matéria: Toncoin (TON) valoriza  40% na semana e ameaça ultrapassar Dogecoin

Toncoin (TON) valoriza 40% na semana e ameaça ultrapassar Dogecoin

Uma possível IPO do Telegram contribuiu para o recente aumento no preço do TON, fortalecendo sua posição entre os maiores tokens do mercado
Celular com logotipo da Receita Federal sobre notas de reais

Tokenização de ativos enfrenta área cinzenta na declaração de Imposto de Renda |Opinião

Para o autor, a declaração de tokens que representam recebíveis, e outros ativos do mundo real, devem mudar nos próximos anos