Foto da búlgara Ruja Ignatova, criadora da pirãmide financeira OneCoin
Ruja Ignatova, a autointitulada Rainha das Criptomoedas, operadora do esquema de pirâmide OneCoin (Foto: Reprodução/Flickr)

O Departamento Federal de Investigações dos EUA (ou FBI, na sigla em inglês) incluiu nesta quinta-feira (30) o nome de Ruja Ignatova, a autointitulada “Rainha das Criptomoedas”, à sua lista dos 10 Fugitivos Mais Procurados. A agência está oferecendo uma recompensa de US$ 100 mil para informações que resultem na prisão da foragida.

Ignatova, que sumiu do mapa desde 2017, é acusada de operar um enorme esquema de pirâmide envolvendo uma criptomoeda chamada OneCoin. Em maio, a Europol também havia acrescentado Ignatova à sua lista dos mais procurados.

Publicidade

De acordo com o anúncio do FBI, o Departamento de Justiça (DOJ) acusou Ignatova e outros de fraudarem bilhões de dólares de investidores em todo o mundo pelo marketing da OneCoin. Ignatova atuou como a líder do negócio até o dia 12 de outubro de 2017, quando foi acusada pelo Distrito de Nova York, que emitiu um mandado de prisão federal.

Os promotores por trás da OneCoin, lançada em 2014, afirmavam que era uma criptomoeda minerável e com um fornecimento máximo de 120 bilhões de unidades. O esquema enganou investidores com a promessa de se tornar o próximo Bitcoin (BTC). Porém, diferente da maior criptomoeda do mercado, a blockchain da OneCoin não existia.

Ignatova é acusada de fazer declarações falsas a investidores, instruindo vítimas a enviarem transferências eletrônicas à OneCoin para adquirir pacotes educacionais. Autoridades alegam que a OneCoin fraudou vítimas em mais de US$ 4 bilhões.

“Prometiam altos retornos e risco mínimo, mas, conforme alegado, esse negócio era um esquema de pirâmide financeira baseado em enganação, muit além de zeros e uns. Investidores eram vitimizados enquanto os defensores enriqueciam”, disse Geoffrey S. Berman, advogado-geral do estado americano de Manhattan, em uma acusação contra os líderes da OneCoin aberta em 2019.

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
solana, criptomoedas,

Este evento vai fazer a Solana atingir US$ 400 este ano, projeta analista

Para analista da Merkle tree, a Solana pode disparar 170% este ano puxado por memecoins ligadas aos candidatos na eleição dos Estados Unidos
Ilustração de bandeira do Brasil dentro moeda de Bitcoin

Fundos cripto do Brasil captam mais R$ 1,5 mi e chegam a 21ª semana consecutiva de entradas

Vindo de uma grande sequência de captação, fundos de criptomoedas do Brasil estão em 3º lugar no ranking global, atrás apenas dos EUA e Hong Kong
Imagem da matéria: FTX prometeu devolver 118% dos fundos dos clientes; o que acontece agora?

FTX prometeu devolver 118% dos fundos dos clientes; o que acontece agora?

Segundo os balanços, a FTX deve cerca de US$ 11 bilhões, e conseguiu levantar entre US$ 14,5 e US$ 16,3 bilhões até agora
Sam Bankman-Fried da FTX falando em vídeo

Criador da FTX vai mudar de presídio nos Estados Unidos

Transferência de presídio pode durar até um mês nos EUA, com o detento sendo levado para várias penitenciárias até chegar ao destino final