Imagem da matéria: Justiça nega transferência do "Faraó do Bitcoin" para prisão estadual
Glaidson Acácio dos Santos, mais conhecido como Faraó do Bitcoin (Foto: Reprodução)

Glaidson Acácio dos Santos, conhecido como “Faraó do Bitcoin”, continuará detido na Penitenciária Federal de Catanduvas, Paraná. Segundo informações do jornal O Globo, a Justiça do Rio negou sua transferência para um presídio estadual.

De acordo com o jornal, tanto a diretoria do Sistema Penitenciário Brasileiro quanto o Ministério Público do Rio de Janeiro pediram pela manutenção do “Faraó” no presídio de Catanduvas.

Publicidade

Além de ser acusado de comandar uma pirâmide financeira por meio da GAS Consultoria, Glaidson responde por crimes de homicídio e tentativa de homicídio.

Ele tenta há meses conseguir uma autorização para ser transferido de volta para um presídio no Rio de Janeiro — mais especificamente Bangu 8, no Complexo de Gericinó, na Zona Oeste do Rio.

Preso desde 2021, durante a Operação Kryptos, Glaison foi transferido para o presídio federal no Paraná em janeiro deste ano, após o juiz do TJ-RJ, Marcello Rubioli, atender um pedido do Ministério Público que identificou que, mesmo preso no Rio, Glaidson continuava liderando sua organização criminosa, chegando inclusive a corromper agentes do Estado no processo.

Dentro da prisão no Rio, Glaidson também recebia uma série de visitas irregulares, que faziam chegar até ele uma série de regalias que iam de celulares a peças de picanha.

Publicidade

De acordo com investigação do MP da época, Glaidson “indiscutivelmente é líder de organização criminosa que, a despeito da prisão de boa parte dos membros, ainda opera violentamente corrompendo agentes do estado”.

Além do roubo do dinheiro de milhares de investidores brasileiros pela pirâmide financeira da GAS, o Faraó também é acusado de ser líder de uma organização que monitorava e assassinava rivais no mercado de criptomoedas, como mostram áudios obtidos pelas autoridades.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Investidor acende alerta da comunidade ao ser hospitalizado após tentar fazer memecoin viralizar

Investidor acende alerta da comunidade ao ser hospitalizado após tentar fazer memecoin viralizar

O usuário foi atingido por fogos de artifício em uma live de divulgação do seu token
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Ethereum surpreende e cai 3,6% após aprovação dos ETFs

Manhã Cripto: Ethereum surpreende e cai 3,6% após aprovação dos ETFs

Embora esteja em queda nesta sexta, o Ethereum ainda registra ganhos de mais de 21% na semana
Presidente do Banco Central Roberto Campos Neto falando diante de um microfone

Presidente do Banco Central se reúne com MB um dia após anunciar agenda da regulação do mercado cripto

O Banco Central divulgou ontem os próximos passos para a regulação do setor cripto e espera concluir o processo até o final de 2024
Imagem da matéria: Ex-diretor da FTX deve pegar até 7 anos de prisão, pedem promotores dos EUA

Ex-diretor da FTX deve pegar até 7 anos de prisão, pedem promotores dos EUA

Ryan Salame foi um dos executivos da FTX que coordenaram a doação de milhões para campanhas políticas usando dinheiro dos clientes