Imagem da matéria: Fundador da BitMEX propõe NakaDollar (NUSD), uma nova stablecoin baseada no Bitcoin
Arthur Hayes (Foto: Divulgação/BitMex)

O cofundador da corretora de criptomoedas BitMEX, Arthur Hayes, propôs na quarta-feira (8) a criação de uma nova stablecoin pareada ao dólar americano, porém respaldada por derivativos de Bitcoin. No texto publicado no Medium, o executivo apelidou o projeto de NakaDollar (NUSD).

O diferencial dessa stablecoin é que ela não dependeria de uma entidade centralizada, como um banco, para manter o controle das reservas do token. Em vez disso, o projeto seria apoiado por exchanges de criptomoedas que listam swaps perpétuos invertidos de bitcoin – um produto derivativo que é liquidado com o ativo subjacente.

Publicidade

A matemática por trás da stablecoin descrita por Hayes seria a seguinte: “1 NUSD = $ 1 of Bitcoin + Short 1 Bitcoin / USD Inverse Perpetual Swap”.

A ideia é complexa mas se baseia em atrelar ao depósito de US$ 1 em bitcoin, um contrato de swap perpétuo que aposta contra (short) o preço do bitcoin. O contrato atua de forma a contrabalancear a flutuação de preço do BTC, anulando perdas e ganhos de forma a manter o preço da stablecoin sempre em US$ 1.

“Se o Bitcoin vale $ 1, então o valor do bitcoin no swap perpétuo é 1 BTC, $ 1 / $ 1. Se o Bitcoin vale $ 0,5, então o valor do Bitcoin no swap perpétuo é 2 BTC, $ 1 / $ 0,5”, exemplifica Hayes na sua publicação.

O executivo admite que um ponto de falha seria a dependência de exchanges de derivativos centralizadas. A descentralização do projeto, no entanto, viria através de uma DAO. A NakaUSD DAO emitiria seu próprio token de governança NAKA, que seria usado para criar a oferta inicial da stablecoin NUSD.

Publicidade

“Nós, os fiéis cripto, temos as ferramentas e as organizações necessárias para apoiar US$ 1 trilhão ou mais em NakaUSD pendentes”, escreveu Hayes. “Se essa solução fosse adotada por traders e corretoras, levaria a um grande crescimento em contratos abertos de derivativos de bitcoin, o que, por sua vez, criaria uma liquidez profunda.”

Segundo Hayes, a stablecoin “ajudaria tanto os especuladores quanto os hedgers”. “Isso se tornaria um volante positivo que beneficiaria não apenas as exchanges membros, mas também os usuários de DeFi (finanças descentralizadas) e qualquer outra pessoa que precise de um token em USD que possa ser movido 24 horas por dia, 7 dias por semana, com uma taxa baixa”, acrescentou.

Pela proposta de Hayes, o NUSD seria um token padrão ERC-20, baseado na blockchain do Ethereum. Ele não deixou claro se vai tirar a ideia do papel, mas disse que sua “sincera esperança é que uma equipe de indivíduos motivados comece a trabalhar em tal produto”.

Erros do passado

Sob o comando de Arthur Hayes, a BitMEX já foi a maior corretora de derivativos do mundo, ao menos quando falamos de bitcoin. A empresa viu seu volume crescer de forma assombrosa de 2016 até começar a caminhar para o declínio em 2019, diante da chegada de novas plataformas de derivativos de bitcoin, tais como Deribit, CME, Binance Futures e FTX.

Publicidade

A boa fase da BitMex acabou quando as autoridades americanas começaram a investigar a plataforma e acusar seus criadores de terem falhado, de forma intencional, em implementar um programa de combate à lavagem de dinheiro (AML).

Hayes foi julgado culpado em maio do ano passado por violar a Lei de Sigilo Bancário dos EUA, mas não foi para a prisão. O empresário foi sentenciado no tribunal federal de Nova York a cumprir seis meses de detenção domiciliar com monitoramento de localização, seguidos por dois anos de liberdade condicional. Ele também concordou em pagar uma multa de US$ 10 milhões pelo ganho pecuniário com o crime que foi julgado.

VOCÊ PODE GOSTAR
solana, criptomoedas,

Este evento vai fazer a Solana atingir US$ 400 este ano, projeta analista

Para analista da Merkle tree, a Solana pode disparar 170% este ano puxado por memecoins ligadas aos candidatos na eleição dos Estados Unidos
Imagem da matéria: Reguladores afirmam que Coinbase não pode obrigá-los a criar regras “do zero” para setor de criptomoedas

Reguladores afirmam que Coinbase não pode obrigá-los a criar regras “do zero” para setor de criptomoedas

Em um processo judicial, a SEC argumentou que a Coinbase não pode exigir que o regulador escreva novas regras para o setor cripto
Imagem da matéria: Memecoin que usa nome de Trump rouba R$ 410 mil de investidores

Memecoin que usa nome de Trump rouba R$ 410 mil de investidores

Endereço despejou uma enorme quantidade do token TrumpAI, recebeu R$ 410 mil em WETH e derrubou o preço em 100%
Imagem da matéria: Em operação contra “Rei do Bitcoin”, PF descobriu fraude em contratos públicos envolvendo irmão do ex-governador do Paraná 

Em operação contra “Rei do Bitcoin”, PF descobriu fraude em contratos públicos envolvendo irmão do ex-governador do Paraná 

Nova operação da Polícia Federal apura crimes ligados às investigações da operação Daemon, de 2021, que prendeu o “Rei do Bitcoin”, Claudio Oliveira