Imagem da matéria: Ex-promotor de pirâmide faz ICO para corretora que ainda nem existe; projeto deixa investidores desconfiados
Gabriel Rodrigues (Foto: Reprodução/Instagram)

Gabriel Rodrigues, um antigo promotor da pirâmide financeira DD Corporation, planeja lançar em breve sua própria corretora de criptomoedas, chamada Vinco. Antes mesmo do projeto sair do papel, o empresário já encontrou formas de captar dinheiro dos investidores ao anunciar a realização – segundo o white paper do projeto, nesta quarta-feira (1º) – do ICO (Oferta Inicial de Moeda, na sigla em inglês) do utility token da exchange que sequer existe.

Além da promoção da DD Corporation, o histórico de indicações de ICO feita por Rodrigues é problemática, incluindo promessas não cumpridas e projetos que caíram no esquecimento após deixar milhares de investidores no prejuízo.

Publicidade

O ICO mais recente indicado por ele foi da falida moeda Flush Win (FLS), vendida como capaz de gerar ganhos de 4.000% mas que foi a zero logo que foi lançada no mercado.

Embora tenha tatuado a Flush Win no braço e fosse o rosto do projeto, Gabriel sempre negou ser seu criador. Quando os preços desabaram, ele parou de falar sobre o projeto no Instagram, onde possui mais de 3,7 milhões de seguidores.

Ele nunca admitiu ter qualquer relação com as shitcoins que promoveu junto com seu grupo de traders TMT e que tiveram um fim similar da Flush Win, como os tokens DXCUP, Lottochain, Hubbecity, entre outros.

Lançamento da Vinco

O cenário agora com a Vinco parece mudar, pelo menos no que diz respeito à exposição de Gabriel Rodrigues na liderança assumida do projeto. Ao se declarar como o CEO, ele afirma que a corretora vai fazer com que “muitas pessoas mudem completamente suas realidades”.

Publicidade

“Depois de anos viajando o mundo inteiro e me encontrando com gigantes do mercado, eu criei um projeto completamente inovador não só no Brasil como no mundo”, diz o empresário em post no Instagram.

O que o projeto tem de tão inovador, no entanto, é difícil descobrir com base nas poucas informações divulgadas no whitepaper da Vinco. A seção mais extensa do documento se dedica a explicar o ICO do token.

O documento descreve que vai haver seis lotes de vendas do ICO até que o token, baseado na rede Ethereum, seja lançado no mercado. Também é possível ver que durante a distribuição do fornecimento fixo de 120.000.000 tokens, 40% da oferta total fica sob controle dos criadores do projeto.

Investidores desconfiam de ICO de Gabriel Rodrigues

O passado de Rodrigues, marcado por pirâmide financeira e ICOs que prometiam deixar investidores ricos mas que só entregaram prejuízos, faz com que parte da comunidade desconfie da legitimidade da nova empreitada.

Publicidade

O Portal do Bitcoin conversou com dois investidores que perderam dinheiro seguindo as indicações do trader e que pediram anonimato por uma questão de segurança. 

Um deles diz que perdeu no total R$ 51 mil ao participar dos ICOs da Flush Win e DXCup, bem como ao investir na DD Corporation, todos por indicação direta de Rodrigues.

Ele relembra com trauma o investimento na Flush Win, projeto no qual depositou R$ 45 mil e fez com que mais de 30 conhecidos seus, incluindo familiares, investissem também.

Ele afirma que, antes da moeda ser lançada, o site da Flush Win mostrava uma valorização de 2.500% sobre o investimento, o que seria uma farsa, já que o token sequer estava sendo negociado.

Quando o lançamento de fato aconteceu e ele descobriu que só poderia sacar 1% do investimento por dia, já era tarde demais.

Publicidade

“Eu esperei um ano para a moeda ser lançada e em menos de um dia, a moeda já tinha desvalorizado 100%”, lamenta. “Foi algo muito absurdo. Eu achava que meus R$ 45 mil iam virar R$ 500 mil e em menos de duas horas, meus R$ 45 mil viraram R$ 300.”

Ele diz que agora nem cogita participar do ICO da Vinco. “Eu já errei na DD Corporation. Flush Win não deu certo. DXCup não deu certo. Ou seja, já são três projetos que eu entrei através do Gabriel que foram furadas, fora outros dois grupos VIP de sinais dele que eu paguei para entrar e só perdi dinheiro”, explica.

Outro investidor que perdeu cerca de R$ 60 mil no ICO da Flush Win também diz que a confiança no trader está muito abalada para colocar dinheiro na Vinco. 

“O Gabriel em momento algum pediu desculpas sobre o que aconteceu com a Flush Win, sempre tirou o corpo fora dizendo que o projeto não era dele. Agora não temos mais confiança nenhuma nele. Já está mais do que provado que ele é, no mínimo, mau-caráter”, opina o investidor lesado.

No Instagram da Vinco, mensagens de usuários que também suspeitam de golpe são logo deletadas, como o comentário abaixo, que já está fora do ar:

Vinco Token

A fase de ICO da Vinco começou na quarta-feira (1º) com a venda dos tokens para o que está sendo chamado de “grupo das baleias”. 

Publicidade

Para fazer parte desse suposto grupo exclusivo, o investidor deve comprar um lote fixo de 500 mil tokens, cujo valor por unidade é de US$ 0,04. Ou seja, quem deseja comprar o token na abertura do ICO deve desembolsar mais de R$ 101,8 mil no investimento.

Nos stories do Instagram, Gabriel garante que a procura é grande, e, apesar do alto valor cobrado, endossa que o foco do ICO é apenas financiar a criação da corretora, e não lhe tornar rico.

Mesmo assim, ele parece sedento por mais investidores, já que lançou também um programa de indicação. Para quem indicar o token a algum amigo, Gabriel promete pagar 10% do valor investido em USDT.

No Instagram ele continua dizendo que quem não comprar agora, vai pagar mais caro depois que o ICO terminar. “Você pode comprar quando a moeda for lançada no mercado em 1º de junho, mas não vai conseguir comprar no valor da fase de ICO e não vai ter as mesmas vantagens de quem comprou antes”, diz.

O token da Vinco, portanto, vai ser lançado ao mercado antes mesmo que a corretora que lhe garantiria algum tipo de utilidade. No roadmap do projeto, a plataforma da Vinco sequer tem uma data estimada para ir ao ar.

Outro lado

Procurado pelo Portal do Bitcoin, Rodrigues disse que “estamos muito contentes com o lançamento da Vinco e as expectativas são enormes. A Vinco é um projeto próprio, com uma equipe sólida e com um whitepaper de se invejar”.

Ele também comenta as desconfianças dos investidores: “Sobre indicações passadas algumas pessoas insistem em falar que se sentem enganados, mas muitos não tem paciência para colher frutos das indicações e das calls que passei. Dinheiro não se ganha do dia para a noite. O mercado de cripto é um mercado para pessoas pacientes e que estejam dispostas a arriscar”.

E completa: “Se eu lhe mostrar a quantidade de pessoas que me agradecem diariamente por ter passado dicas de moedas que valorizaram absurdamente vocês vão ficar de boca aberta”.

*Esta matéria foi atualizada para incluir os comentários de Rodrigues.

Quer fazer uma denúncia? Envie um e-mail para [email protected]

VOCÊ PODE GOSTAR
CEO do MB Reinlado Rabelo em evento da CVM na USP

“A Bolsa é sim lugar de startups”, diz CEO do Mercado Bitcoin em evento da CVM

Reinaldo Rabelo participou do evento do “Tecnologia e Democratização dos Mercados de Capitais no Brasil”
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin sobe 3% e volta para US$ 63 mil; Toncoin salta 17% com expectativa para lançamento da Notcoin

Manhã Cripto: Bitcoin sobe 3% e volta para US$ 63 mil; Toncoin salta 17% com expectativa para lançamento da Notcoin

Toncoin valoriza com a notícia do lançamento de um dos tokens mais esperados da rede: Notcoin (NOT)
Imagem por detrás de uma pessoa algemada

Interpol prende hacker que roubou R$ 260 mil da Polícia de Buenos Aires e lavou fundos com USDT

Liderado por um venezuelano, preso nos EUA, o grupo roubou R$ 8 milhões de entidades argentinas através de um malware de origem brasileira
SBF da FTX no Congresso dos EUA

Criador da FTX diz que divide presídio com assassinos e brinca que arroz virou moeda com “boas oportunidades” de arbitragem

Sam Bankman-Fried, fundador da FTX, falou sobre sua vida na prisão, a visão diferenciada que tem sobre o que poderia ter sido sua vida e sua tentativa de apelação da condenação