Imagem da matéria: Entusiastas das criptomoedas comemoram recorde do bitcoin nas redes sociais
Foto: Shuttestock

Depois de uma queda acentuada na semana passada, o bitcoin voltou a subir nesta segunda-feira (30), atingindo o maior preço em dólar de toda a sua história — US$ 19.786. Em redes sociais, os entusiastas e críticos do mercado de criptomoedas no Brasil e do mundo — conhecidos e anônimos — comentaram a alta.

Christian Aranha, autor do livro “Bitcoin, Blockchain e Muito Dinheiro”, publicou no LInkedin que todo mundo deveria colocar dinheiro em bitcoin. Disse também que a criptomoeda não é apenas um investimento, mas também uma “causa”.

Publicidade

Lucas Zanella, mestre em matemática pela Universidade de São Paulo (USP), escreveu no Twitter que a alta deve chamar a atenção da mídia e, como consequência, os preços do btc devem subir ainda mais. O tweet dele foi uma resposta a um post de Tyler Winklevoss, CEO da Gemini exchange.


Na contramão dos outros dois entusiastas, o colunista do Portal do Bitcoin Marcel Pechman criticou no Instagram a expressão “alta histórica”, que vem sendo usada para descrever a disparada criptomoeda. Isso porque, segundo ele, o poder de compra do btc durante o bull run de 2017 era maior do que o de hoje.


Já o gestor de marketing e empresário Alexandre Azeredo publicou no Linkedin que a alta do Bitcoin é igual a corrida dos touros (Bull´s Market). Ele falou, no entanto, que há muita incerteza no mercado.

Players de peso

Investidores de peso mundo afora também comentaram o recorde do bitcoin. Michael Saylor, CEO da da Microstragy, escreveu que o btc é o melhor ativo de reserva do tesouro do mundo. Falou ainda que o btc é a solução para o problema de armazenamento de valor enfrentado por cada indivíduo, empresa e governo na terra.

Publicidade

Por outro lado, o entusiasta do ouro e crítico do bitcoin Peter Schiff escreveu no Twitter que o hype é apenas parte de uma estratégia das baleias e que o metal precioso que tanto defende não está perdendo espaço para a criptomoeda de Satoshi Nakamoto.

Mercado mais maduro

Representantes de exchanges com filiais no Brasil também comentaram a disparada do bitcoin fora das redes sociais. Por meio de sua assessoria de imprensa no Brasil, o CEO da Binance, Changpeng Zhao, disse que o mercado está maduro e gerando rendimentos para as pessoas.

“Qualquer pessoa que já comprou bitcoin antes de hoje e o segurou agora tem lucro. Não posso prever para onde irá o preço a partir daqui, mas é notável o quão mais maduro o mercado está desta vez”, falou.

Já Beibei Liu, CEO da Novadax, disse que colocar mais poder nas mãos das pessoas é uma tendência mundial. “E o bitcoin representa a crença e a determinação das pessoas em perseguir esse objetivo. Ele será continuamente volátil, mas não há caminho de volta”, afirmou.

  • Acompanhe o Portal do Bitcoin no Youtube
VOCÊ PODE GOSTAR
Kabosu, a cachorrinha Shiba Inu que inspirou a Dogecoin

Desculpem fãs da Dogecoin: plano de pagamentos do Twitter não inclui criptomoedas

O apoiador da Dogecoin, Elon Musk, está trabalhando para o lançamento de um serviço de pagamentos no Twitter que supostamente não inclui cripto por enquanto
Imagem da matéria: MB anuncia Carteira Recomendada de junho e expectativas para os próximos meses

MB anuncia Carteira Recomendada de junho e expectativas para os próximos meses

As carteiras são uma iniciativa do MB Research para facilitar as escolhas de criptoativos visando as três categorias de investidores: conservador, moderado e arrojado
Imagem da matéria: Ripple cita Terra em apelação para reduzir multa da SEC de US$ 2 bi para US$ 10 mi

Ripple cita Terra em apelação para reduzir multa da SEC de US$ 2 bi para US$ 10 mi

A Ripple argumenta que sua penalidade é muito alta, “mesmo que não haja alegações de fraude neste caso”
Celular mostra logotipo da Solana

Solana diz que irá investir mais de R$ 5 milhões em criadores de conteúdo no Brasil

Os melhores artigos ou threads terão a chance de receber prêmios e oportunidades de contrato com a Solana