Imagem da matéria: Escola para treinar desenvolvedores para a Web3 recebe investimento de US$ 5 milhões
(Foto: Shutterstock)

Existem muitos “bootcamps” (treinamentos intensivos para desenvolvedores) para o setor de Web 2, como o “Hack Reactor”, “Fullstack” e “General Assembly”.

Já para a Web 3 (termo que designa basicamente uma internet desenvolvida em blockchain), existe o Encode Club, que acabou de arrecadar US$ 5 milhões em uma rodada liderada pela Galaxy Digital e Lemniscap. O financiamento irá ajudar a avançar o desenvolvimento de bootcamps, “hackathons” (ou “maratonas” para desenvolvedores) e programas de aceleração da Encode.

Publicidade

Dragonfly Ventures, Folius Ventures, not3lau Capital e Ascensive Assets também participaram da rodada de financiamento junto com investidores-anjo, como Stefan George (cofundador da Gnosis), Anton Bukov (da 1inch) e SolBigBrain.

Web em blockchain

O desenvolvimento web em blockchain é um pouco diferente da engenharia tradicional de software por conta das diferentes linguagens de programação utilizadas.

Por exemplo, desenvolvedores do Ethereum trabalham com Solidity, uma linguagem para contratos autônomos do Ethereum, enquanto desenvolvedores do Solana programam com Rust, uma linguagem também usada para aplicações não blockchain por empresas como Microsoft, Google e Amazon.

Para fins de contraste, Javascript e Python são as linguagens de programação mais populares na Web 2.

Por conta disso, não é exatamente fácil para que um desenvolvedor faça a migração para a Web 3 da noite para o dia. Anthony Beamont, CEO do Encode Club, acredita que existe uma alta demanda por desenvolvedores Web 3, mas a falta de talento qualificado é um grande problema.

Publicidade

“À medida que analisamos o futuro da Web 3, é claro que precisamos de mais centenas e milhares de outros desenvolvedores em todo o mundo, e o Encode Club está pronto para ajudar a viabilizar isso”, disse Beaumont em um comunicado.

O Encode possui uma variedade de diferentes bootcamps de programação Web 3 para diferentes blockchains, como Ethereum, Solana, Avalanche e Algorand.

Seus programas com duração de oito semanas são competitivos, mas gratuitos para desenvolvedores selecionados. Assim como bootcamps tradicionais de programação, o Encode ajuda participantes a encontrarem emprego após finalizarem o treinamento.

De acordo com o site do Encode, candidatos que já conhecem outra linguagem de programação, como Javascript, têm mais chance de serem aceitos.

Publicidade

Além de suas ofertas de bootcamp, o Encode também realiza hackathons de dez semanas para diferentes blockchains e produtos Web 3. Existem hackathons para Tezos e Polygon, bem como para tokens não fungíveis (ou NFTs, na sigla em inglês) e organizações autônomas descentralizadas (ou DAOs).

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Há 2 anos, LUNA caia para zero; relembre um dos dias mais caóticos do mercado cripto

Há 2 anos, LUNA caia para zero; relembre um dos dias mais caóticos do mercado cripto

Em maio de 2022, o ecossistema da Terra (LUNA) entrou em uma “espiral da morte” que levou uma das criptomoedas consideradas mais promissoras daquele ano a cair para zero em 24 horas
moedas de Bitcoin, Solana e Ethereum emparelhadas - ao fundo gráfico de mercado

Solana será a próxima criptomoeda a ganhar um ETF? Especialistas respondem

Veja também se Dogecoin, Toncoin e outras criptomoedas poderão futuramente estrear no mercado financeiro tradicional como o Bitcoin e o Ethereum
Celular com o logo da CVM e notebook aberto no site da Comissãod e Valores Mobiliários

CVM reconhece ativo de blockchain como token de pagamento

Dynasty Global AG recebeu na última semana a classificação do D¥N como um token de pagamento pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).
criptomoedas, criptoativos, regulação, Brasil, projeto de lei

Banco Central anuncia próximos passos da regulamentação do mercado cripto no Brasil

Sem definir datas, BC diz que irá fazer mais uma consulta pública no segundo semestre e um planejamento interno sobre stablecoins