putin
Presidente da Rússia, Vladimir Putin (Foto: Shutterstock)

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, fez pela primeira vez um aceno para as criptomoedas, de um lado mordendo e do outro assoprando.

“Penso que [as criptomoedas] têm valor. Mas acho que não podem ser utilizadas para o comércio de petróleo”, disse o líder europeu durante a “Semana da Energia na Rússia”.

Publicidade

Putin abordou o tema ao responder uma pergunta da emissora americana CNBC. O presidente russo disse achar “muito cedo para falarmos em troca de recursos energéticos por criptomoedas” e que “a criptomoeda ainda não é suportada por nada”.

Segundo a CNBC, Putin também disse que o consumo de energia para minerar criptomoedas é uma barreira para a adoção em grande escala.

Abandono do dólar

As falas de Putin vieram em um contexto no qual ele criticou os Estados Unidos por, ao mesmo tempo, ter o dólar como lastro mundial e usar a moeda nacional para sanções econômicas.

“Nós somos forçados. Não temos outra alternativa, a não ser transacionar com outras moeda”, disse o presidente russo. “O dólar é uma moeda mundial, e os Estados Unidos o utilizam para perseguir objetivos políticos. Eles prejudicam a própria economia como resultado disso”.

Publicidade

Eletricidade mais cara para mineradores

Um dia antes do evento, o ministro de Energia da Rússia, Nikolay Shulginov, disse que os mineradores de criptomoedas devem pagar mais pela eletricidade do que os habitantes comuns.

“Esses mineradores estão, de fato, usando eletricidade para residências, a um preço que é subsidiado pelo governo regional, para fins comerciais”, disse o ministro em entrevista a agência de notícias russa TASS, acrescentando que tarifas especiais para os mineiros podem ser introduzidas no futuro.

A fala do ministro vem após Alexander Novak, governador de Irkuts, região da Sibéria com grande presença de mineradores, reclamar que os criadores de criptomoedas trabalham em prédios residenciais.

Kobzev escreveu ao ministro Alexander Novak informando que o consumo de eletricidade na região cresceu 159% desde o ano passado. Ele culpou a mineração ilegal e o influxo de mineradores da China após a repressão regulatória do país asiático às criptomoedas.

Publicidade

Relação conflituosa com criptos

O aceno de Putin, mesmo que dúbio, vem após posições beligerantes em relação as criptomoedas.

O Banco Central da Rússia publicou em julho um comunicado que expõe a posição do regulador do mercado de capitais do país contrária a ofertas nas bolsas de valores de produtos financeiros baseados em criptomoedas, incluindo ativos e títulos. De acordo com o texto, a entidade não recomenda, por exemplo, fundos de índices (ETFs) lastreados em bitcoin.

Além disso, nesse mesmo mês, foi divulgado que o governo da Rússia está elaborando uma lei para permitir que os órgãos de aplicação da lei possam confiscar bitcoin e outras criptomoedas que se tornaram fontes de renda do crime. A informação foi divulgada procurador-geral, Igor Krasnov, durante uma conferência em São Petersburgo.

Já em outubro do ano passado, o governo da Rússia disse que iria obrigar todos os funcionários públicos a declarar bitcoin e outras criptomoedas a partir de 2021.

VOCÊ PODE GOSTAR
HANDS, memecoin, mãos, rug pull,

Criador de memecoin disse que não tinha mãos, então não conseguiria “puxar o tapete” — ele mentiu

“NoHandsNoRug”, o criador da memecoin HANDS, disse que não aplicaria um rug pull. Adivinha o que aconteceu em seguida?
Imagem da matéria: El Salvador já minerou R$ 154 milhões em Bitcoin usando energia de vulcão

El Salvador já minerou R$ 154 milhões em Bitcoin usando energia de vulcão

A mineração de Bitcoin é feita com energia do vulcão Tecapa, usando 300 processadores voltados para essa atividade
Moeda prateada da Chainlink com reflexo em um fundo roxo

Chainlink sobe 18% ao lançar projeto piloto em Wall Street com JP Morgan, BNY Mellon e DTCC

A DTCC anunciou que acaba de concluir um projeto piloto de tokenização com gigantes de Wall Street, como JP Morgan e BNY Mellon, aproveitando o CCIP da Chainlink
Imagem da matéria: EUA acusam  2 chineses de lavarem US$ 73 milhões em esquema com criptomoedas

EUA acusam 2 chineses de lavarem US$ 73 milhões em esquema com criptomoedas

O Departamento de Justiça acusou Daren Li e Yicheng Zhang de orquestrar um esquema com criptomoedas de “abate de porcos”