Imagem da matéria: “Cangaceiro Trader” é preso em SP por golpe de R$ 10 milhões em clientes
O youtuber Emanuel Santos, conhecido como Trader Cangaceiro. (Foto: Reprodução/YouTube)

Em operação realizada na quinta-feira (14), Emanuel Pereira dos Santos, conhecido como “Cangaceiro Trader“, foi preso de forma preventiva em uma casa de condomínio de alto padrão no município de Carapicuíba, em São Paulo. Ele é acusado de praticar lavagem de dinheiro, estelionato e crimes contra a economia popular.

Durante as buscas, a polícia apreendeu equipamentos eletrônicos, blocos de anotações, veículo e relógios de luxo.

Publicidade

A operação, batizada de “Terra Prometida”, foi feita pelo Ministério Público do Estado do Ceará, por meio do Núcleo de Investigação Criminal (NUINC), em parceria com o GAECO do MP de São Paulo e com o Departamento de Operações Especiais Estratégicas (DOPE), da Polícia Civil paulista.

Com mais de 300 mil seguidores no Instagram, Santos se apresenta como o “trader de maior reconhecimento mundial”. Na rede social, ele oferecia cursos e propostas de “alavancagem de contas”, principalmente no segmento das chamadas operações binárias, com promessas de lucros acima da média de outros investimentos.

“Ficou evidente uma movimentação milionária em suas contas, bem como a ocorrência de diversas tipologias de lavagem de dinheiro, como a conversão de moeda em criptoativos, com fins de mascarar a sua origem ilícita do dinheiro”, disse o MP em nota.

Durante as investigações, as autoridades identificaram vítimas do esquema em cinco estados brasileiros: Ceará, Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Detalhes do golpe

Nos depoimentos, as vítimas deram detalhes de como o golpe funcionava. Uma das operações fraudulentas que mais chamou atenção da polícia era a chamada “quebra da banca”, que funcionava quando o investimento em determinadas ações da bolsa fracassava. Nesta situação, o trader se apropriava do dinheiro dos clientes e repassava parte para uma corretora parceira.

Publicidade

Desde pelo menos 2020 existem denúncias contra Santos, com diversos de seus alunos acusando-o de não reembolsar os cursos e de se apropriar dos investimentos após uma série de operações fracassadas no mercado, como mostram reportagens do Portal do Bitcoin.

O MP ainda apontou uma movimentação milionária nas contas do trader, bem como a ocorrência de diversas tipologias de lavagem de dinheiro. Em razão da grande quantidade de vítimas, o NUINC pediu o sequestro de cerca de R$ 6 milhões das contas de Santos como medida cautelar para salvaguardar o patrimônio das pessoas que foram prejudicadas pelo golpe.

O Ministério Público estima que as fraudes aplicadas contra os clientes das operações ultrapassem o valor de R$ 10 milhões.

“Cangaceiro” responde

Em seu Instagram, Santos fez uma postagem na manhã desta sexta-feira (15) dizendo que está colaborando com as autoridades: “Esta comunicado é para vocês, seguidores e amigos. De todas as matérias que estão veiculando, sabemos ser acusações sérias. Quero tranquilizá-los de que estamos colaborando totalmente com as autoridades para esclarecer tudo. Acreditamos na justiça e estou confiante de que, ao final desse processo, retornaremos mais fortes”, diz a nota.

Publicidade

O Ministério Público do Estado do Ceará criou um canal direto para receber denúncias de clientes que foram vítimas desse golpe, que podem enviar informações para o email [email protected].

  • Quer fazer uma denúncia para o Portal do Bitcoin? Envie um e-mail para [email protected]
You May Also Like
Imagem da matéria: Bug na Coinbase zera saldo de usuários: "Estamos investigando"

Bug na Coinbase zera saldo de usuários: “Estamos investigando”

Clientes relatam que a Coinbase está mostrando contas vazias, mas a exchange garante que fundos estão seguros
Imagem da matéria: TON salta 40% após Telegram afirmar que usará blockchain para dividir receita publicitária com usuários

TON salta 40% após Telegram afirmar que usará blockchain para dividir receita publicitária com usuários

TON ganhou força após o criador do Telegram, Pavel Durov, explicar que a partir de março uma parte da receita com publicidade será compartilhada com donos de canais no app
Tela de celular do Telegram

Jogo do Telegram, Notcoin tem 25 Milhões de jogadores e um token que em breve será real

“É basicamente um experimento sobre como distribuir moedas de maneira justa para uma enorme quantidade de pessoas”, afirma criador
Imagem da matéria: Ministra argentina divulga vídeo de prisão do criador da Braiscompany; assista

Ministra argentina divulga vídeo de prisão do criador da Braiscompany; assista

Ministra da Segurança da Argentina, Patrica Bullrich, compartilhou no X o vídeo da prisão de Antonio Neto Ais