Imagem da matéria: Bitcoin pode minar esforço de sustentabilidade global, diz executivo do BC Europeu
Foto: Shutterstock

“As emissões de carbono associadas à mineração de bitcoin podem minar os esforços de sustentabilidade global e isso deve fazer parte de uma discussão univesal”. A premissa se forma ao resumir os comentários do economista italiano Fabio Panetta, membro da comissão executiva do Banco Central Europeu (BCE), em artigo publicado nesta terça-feira (11) pela agência global de notícias Project Syndicate.

No texto, Panetta reconhece que, ainda que temporariamente, as emissões de dióxido de carbono foram reduzidas devido ao isolamento social causado pela epidemia do coronavírus. Ele afirmou que a mineração de criptomoedas apresenta danos potenciais ao ecossistema.

Publicidade

Para ele, a mineração de criptomoedas deve ser controlada e limitada para devido ao seu impacto ambiental e uma das formas seria por meio da regulamentação e tributação de empresas do setor.

“O Bitcoin sozinho já está consumindo mais eletricidade do que a Holanda”, afirmou Panetta, acrescentando que “controlar e limitar o impacto ambiental de criptoativos, inclusive por meio de regulamentação e tributação, deve fazer parte da discussão global”.

Em outro ponto do texto, o economista cita três prioridades que se destacam na agenda internacional sobre o meio ambiente, no que diz respeito ao ‘Acordo de Paris’, que é um esforço internacional de combate às mudanças climáticas. O tratado foi assinado por 175 países em abril de 2016 em Nova York (EUA).

A primeira prioridade, citou Panetta, é a necessidade de aumentar os preços globais do carbono; a segunda, é usar a recuperação da pandemia COVID-19 para “reconstruir melhor”. E por fim, concluiu, a terceira prioridade vai para o cerne do sistema financeiro e do banco central: o financiamento da transição verde.

Publicidade

“Coordenação internacional é essencial”

Citando o Nobel William Nordhaus, ele recomendou: “A mudança climática é a externalidade global quintessencial. Seus efeitos estão espalhados pelo mundo e nenhum país tem incentivos ou capacidade suficientes para resolver o problema sozinho. A coordenação internacional é, portanto, essencial”, escreveu o economista.

O termo ‘quintessência’ se refere a ‘quinta essência’ que é uma antiga teoria estudada até hoje. Aristóteles, por exemplo, considerava que o universo era composto de quatro elementos principais — terra, água, ar e fogo — , mais um quinto elemento que impedia os corpos celestes de caírem sobre a Terra.

VOCÊ PODE GOSTAR
Pai Rico Pai Pobre Robert Kiyosaki posa para foto

Pai Rico faz previsão de quanto o Bitcoin vai valer daqui um ano; veja

As previsões de Robert Kiyosaki consideram que em 2025 o presidente dos EUA seja Donald Trump
Imagem da matéria: Homem tatua endereço de memecoin, mas deixa passar erro de digitação

Homem tatua endereço de memecoin, mas deixa passar erro de digitação

Um investidor da memecoin Gigachad decidiu tatuar o endereço do contrato, mas rapidamente percebeu que cometeu um erro
Pessoa olha para scanner da Worldcoin

Worldcoin (WLD) sobe 40% após estender bloqueio de tokens por mais 2 anos

Parte dos tokens foi bloqueada para permitir que o protocolo amadurecesse, explicou a empresa
Donald Trump posa para foto em evento político nos EUA

Trump cobrará R$ 5 milhões de quem quiser dividir mesa com ele em evento de Bitcoin

Uma foto com Trump também custará caro aos participantes, indo de R$ 330 mil a R$ 550 mil