Imagem da matéria: Binance permite compra de criptomoedas com cartões no Brasil sem cobrança de IOF
Foto: Shutterstock

Clientes da Binance no Brasil agora podem comprar bitcoin e outras cinco criptomoedas utilizando cartões de débito e de crédito com bandeira Visa sem cobrança de IOF.

A novidade foi anunciada nesta sexta-feira (27) pela página em português da corretora no Facebook. As criptomoedas disponível para a operação são BTC, ETH, BNB, XRP, BUSD a USDT. Há uma taxa de 2% que incide

Publicidade

Para usar o serviço, é necessário acessar a página “Sell Crypto”, escolher a opção BRL, a criptomoeda que deseja comprar, em seguida selecionar “Pague com cartão de crédito/débito” e inserir um cartão Visa válido.

Até então, os clientes precisavam comprar criptomoedas em exchanges brasileiras para depois transferi-las para a Binance. Com a parceria com a Visa, abre-se uma porta em reais para que brasileiros possam fazer esse investimento, de forma mais direta.

Expansão

De acordo com Mayra Siqueira, PR da Binance no Brasil, a ideia se insere na filosofia da exchange de ampliar a adoção global de criptomoedas.

“Para o brasileiro, a porta de entrada era mais dificultada pela necessidade de já se ter criptomoedas ao se começar a transacionar na plataforma da Binance. Isso está mudando: desde dezembro do ano passado, com a parceria para transferências bancárias em reais, passando pelas opções de compras via cartão de crédito internacional, até a lançada hoje, com a compra por cartões de crédito e débito sem tarifas de transações internacionais, como o IOF. A ideia é ampliar pra termos cada vez mais formas de receber os brasileiros na plataforma da Binance”.

Publicidade

Na última quinta-feira (26), a corretora anunciou o lançamento do seu próprio cartão de débito, ainda restrito a países da Ásia. Com bandeira Visa, o serviço permite o uso de bitcoin e de outras moedas digitais disponibilizadas pela Binance para o pagamento de compras diárias.

Embora a novidade ainda esteja restrita a poucos países, interessados de todo o mundo no serviço podem se cadastrar no site da Binance para serem avisados quando o cartão estiver disponível na região onde vivem.

No contexto latino-americano, no qual se insere também o Brasil, a Binance lançou no último dia 18 um sistema de negociações P2P (ponto a ponto) para a América Latina, com cinco moedas do continente.

Estão contempladas pela ação o Real brasileiro (BRL), o Peso argentino (ARS), Peso mexicano (MXN), Peso colombiano (COP) e Sol peruano (PEN). Conforme o comunicado da empresa à época, as taxas nas transações na plataforma P2P serão zero.

VOCÊ PODE GOSTAR
camisas das seleções da itália e Argentina

Socios.com lança colecionáveis que celebram o legado das seleções da Itália e Argentina

Para participar do ‘The Fabric of Champions’, os detentores de fan tokens podem bloquear seus ativos até 15 de julho
Ilustração de moeda NOT dourada com logotipo do jogo Notcoin do Telegram

Notcoin salta 10% após número de carteiras ativas diárias igualar com o Ethereum

Os jogos baseados em Telegram estão causando a explosão da The Open Network, com Notcoin liderando todo o mercado de criptomoedas nas últimas 24 horas
moeda de bitcoin com bandeira dos EUA

Executivo da Bitwise afirma que mercado cripto está “subestimando” mudanças na política dos EUA

Clareza regulatória poderia trazer uma multidão de consultores financeiros no valor de US$ 20 trilhões para o setor cripto
Imagem da matéria: Investidores da Ásia podem impulsionar crescimento do Runes Bitcoin

Investidores da Ásia podem impulsionar crescimento do Runes Bitcoin

Algumas empresas de investimento asiáticas, como o Newman Group, sediado em Hong Kong, já entraram de cabeça nas Runes