Imagem da matéria: Binance anuncia plataforma P2P para compra de bitcoin com reais
Binance Coin, a criptomoeda da exchange Binance (Foto: Shutterstock)

A Binance, maior exchange criptomoedas do mundo, lança nesta quarta-feira (18) um sistema de negociações P2P (ponto a ponto) para a América Latina, com cinco moedas do continente, entre elas o Real (BRL) e Peso argentino (ARS)

Os usuários agora podem comprar e vender diretamente BTC, ETH, USDT, BNB e BUSD usando essas cinco moedas, que também inclui peso mexicanos (MXN), peso colombiano (COP) e sol peruano (PEN). Conforme o comunicado da empresa, as taxas nas transações na plataforma P2P serão zero.

Publicidade

A integração permite que os usuários escolham os vendedores e métodos de pagamento para suas operações e transfiram ativos de criptomoedas para qualquer carteira da Binance gratuitamente. 

“A América Latina é uma das regiões mais ativas para o comércio de criptomoedas, e o comércio ponto a ponto (peer-to-peer) é amplamente utilizado na comunidade latino-americana”, disse Changpeng Zhao (CZ), CEO da Binance, no comunicado para a imprensa.  

A plataforma, que foi lançada em outubro de 2019,  promete a garantia de que todas das criptomoedas sejam entregues às carteiras dos usuários. Com a plataforma P2P da Binance, os usuários também podem acessar vários serviços, como spot, margin e futuros, além de empréstimos diretamente na Binance.

Segundo a empresa, nas duas primeiras semanas de março de 2020, a Binance registrou um aumento de mais de US$ 140 milhões em negociações P2P. O motivo seria o momento de incerteza da economia global.

Leia também: Trader brasileiro que perdeu 40 bitcoins na crise defende criptomoeda: “Melhor investimento”

VOCÊ PODE GOSTAR
Pizza em uma mão moeda de bitcoin na outra

Bitcoin Pizza Day: Corretoras comemoram data histórica do Bitcoin com promoções; confira

Semana tem pizza grátis, cashback, joguinho e descontos em comemoração à primeira transação comercial com o Bitcoin realizada há 14 anos
trader segura moeda de bitcoin em frente a grafico em computador

Bolsa de Chicago planeja lançar negociação de Bitcoin à vista, diz jornal

O objetivo é capitalizar a crescente demanda este ano entre os gestores de Wall Street para ganhar exposição ao setor de criptomoedas
Imagem da matéria: Herdeiro paga R$ 2,2 milhões em Bitcoin para resgatar vítima de sequestro em Petrópolis, mas é enganado

Herdeiro paga R$ 2,2 milhões em Bitcoin para resgatar vítima de sequestro em Petrópolis, mas é enganado

Ao todo, vítima gastou quase R$ 5 milhões nos pagamentos: além do envio de Bitcoin, foram 40 depósitos bancários
Sob um banco de madeira três criptomoedas ao lado de um celular com logo do Nubank

Nubank libera envio e recebimento de criptomoedas de carteiras externas

Já estão disponíveis para essas transações Bitcoin, Ethereum e Solana; outras moedas e redes serão adicionadas em breve