Imagem da matéria: Binance bloqueia quase 300 contas na Nigéria por pressão do governo
Foto: Shutterstock

A corretora de criptomoedas Binance restringiu um total de 281 contas pessoais pertencentes a usuários nigerianos, conforme a Reuters.

Alegadamente, o CEO Changpeng Zhao (ou CZ) informou a esses clientes em uma carta que a decisão foi tomada para garantir a segurança dos usuários, mas também a pedido de autoridades policiais internacionais.

Publicidade

“Atualmente, resolvemos 79 casos e continuamos a trabalhar com outros. Todos os casos relacionados a violações, mas sem envolvimento jurídico, serão solucionados em até duas semanas”, garantiu CZ.

A notícia surge em meio a diversos problemas regulatórios e sérios da corretora de criptomoedas.

Dificuldades regulatórias da Binance

Este mês, os problemas regulatórios da Binance chegaram a um ponto crítico.

Segundo uma investigação da Reuters, CZ “ignorou” alertas sobre as fracas verificações de “conheça seu cliente” (ou KYC, na sigla em inglês), criados para serem a primeira linha de defesa contra lavagem de dinheiro e outras atividades ilícitas.

Em 2019, uma mensagem enviada pela ex-diretora global de notificações sobre lavagem de dinheiro Karen Long afirmou que CZ não queria KYC algum.

Em uma mensagem de texto, Samuel Lim, diretor de compliance, havia afirmado: “Caramba, por que envolver fiduciárias se não quer cumprir com o compliance. É tão irônico KK. Fique completamente nas criptos, cara. Je-sus”.

A investigação da Reuters também descobriu que a Binance não ajudou policiais alemães em relação a 44 cartas que questionavam sobre € 2 milhões (quase US$ 2,2 milhões) em transações que poderiam envolver fundos roubados e lavados.

Publicidade

Anteriormente, a corretora cripto havia gerado a ira de reguladores em todo o mundo.

Na Holanda e no Japão, reguladores emitiram alertas a consumidores sobre a corretora. A Itália e as Ilhas Cayman disseram que a Binance não está licenciada para operar em seus respectivos países.

Na Malásia, reguladores tomaram medidas de execução contra a Binance por operar ilegalmente na jurisdição.

Em Singapura, a Binance anunciou que estava removendo sua solicitação para obter uma licença após reguladores colocarem a empresa na Lista de Alerta a Investidores da cidade-Estado.

Reguladores britânicos também emitiram um alerta a clientes contra a corretora cripto.

Reforçaram esse alerta dois meses depois, afirmando que a Binance Markets Limited (a entidade britânica da corretora) era incapaz de ser regulamentada após ter falhado em fornecer informações básicas aos reguladores.

*Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
CEO do MB Reinlado Rabelo em evento da CVM na USP

“A Bolsa é sim lugar de startups”, diz CEO do Mercado Bitcoin em evento da CVM

Reinaldo Rabelo participou do evento do “Tecnologia e Democratização dos Mercados de Capitais no Brasil”
Imagem da matéria: "Centavo épico" de Bitcoin é usado para inscrever música da Grimes gerada por IA

“Centavo épico” de Bitcoin é usado para inscrever música da Grimes gerada por IA

Ordinals com uma música gerada por IA da Grimes foi inscrito num satoshi “épico” de Bitcoin avaliado em mais de R$ 10 milhões
Arte digital mostra mãos operando um celular que projeta moedas

Como declarar tokens de utilidade no Imposto de Renda 2024?

Entenda como declarar os utility tokens, ativos que dão acesso a serviços específicos
Imagem da matéria: Bitso lança carteira Web3 para facilitar conexão com aplicativos DeFi

Bitso lança carteira Web3 para facilitar conexão com aplicativos DeFi

Bitso Web3 Wallet suporta Ethereum, Polygon, Arbitrum, Base e Optimism e permite acesso a mais de 2 mil tokens