Imagem da matéria: Banco Central: “Estamos estudando a regulamentação para criptomoedas”
Foto: Shutterstock

O diretor de Organização do Sistema Financeiro e Resolução do Banco Central, João Manoel Pinho de Mello, confirmou durante uma live na segunda-feira (20) que a instituição está estudando uma regulamentação de criptoativos.

Em resposta a Rodolfo Riechert, CEO do banco Plural, que perguntou se o BC estava estudando alguma regulamentação para os criptoativos ou se o tema já havia saído da moda, Mello disse:

Publicidade

“A gente tá estudando sim. Inclusive, no âmbito do Gafi (Grupo da Ação Financeira Internacional) é uma necessidade para enquadramento internacional”.

A live, contudo, teve como foco o PIX, sistema de pagamentos do BC a ser lançado em novembro. O novo sistema já conta com quase mil empresas cadastradas. Mello então iterou o funcionamento da solução e confirmou seu regulamento para o fim deste mês ou início de agosto.

O tema ‘pagamento via Whatsapp’ também foi discutido entre os participantes da transmissão, que contou com o economista-chefe da Genial, José Márcio Camargo, e com a jornalista Denise Barbosa que intermediou o debate.

Banco Central x Whatsapp

Sobre o meio de pagamentos via Whatsapp, que foi bastante discutido no mês passado após intervenção do BC no projeto do Facebook, Mello disse que “o Banco Central não proibiu nada”, pois o Whatsapp não é regulado pela instituição.

Publicidade

“O Banco Central pediu os instituidores de arranjo (de pagamentos) que entrassem com o pedido de autorização”.

Na ocasião, o BC emitiu uma nota na qual determinou que a Visa e a Mastercard suspendessem o início das atividades com o aplicativo do Facebook. Da mesma forma agiu o Cade com a Cielo.

A mudança foi vista por integrantes do mercado financeiro como uma manobra do BC para proteger o PIX. Outros entenderam a ação como uma certa preocupação das autoridades brasileiras com a segurança dos dados de pagamentos que circularam pelo popular app de mensagens.

“Nós vemos a chegada de novos atores como uma enorme oportunidade para aumentar a concorrência e prestar serviços convenientes aos usuários”, concluiu Mello.


VOCÊ PODE GOSTAR
simbolo do dolar formado em numeros

Faculdade de Direito da USP recebe evento da CVM sobre democratização dos mercados de capitais

Centro de Regulação e Inovação Aplicada (CRIA) da CVM vai a “Tecnologia e Democratização dos Mercados de Capitais no Brasil” com transmissão ao vivo no Youtube
Cauda de baleia sob um mar de moedas de bitcoin

Baleia acorda de sono de uma década para mover R$ 217 milhões em Bitcoin

Carteira recebeu a quantia de 687,33 BTC no dia 12 de janeiro de 2014, quando a cotação do Bitcoin estava em US$ 917
Imagem da matéria: Drenador de carteiras de criptomoedas encerra negócio após roubar mais de US$ 85 milhões

Drenador de carteiras de criptomoedas encerra negócio após roubar mais de US$ 85 milhões

“Alcançamos nosso objetivo e agora, de acordo com o planejado, é hora de nos aposentarmos”, disseram os desenvolvedores do drenador de carteiras cripto
Imagem da matéria: BNDES planeja lançar em agosto o piloto da Rede Blockchain Brasil

BNDES planeja lançar em agosto o piloto da Rede Blockchain Brasil

Blockchain deve chegar com casos de uso: diploma digital pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa e uma cadeia de custódia de provas