Imagem da matéria: A estranha mensagem escrita no primeiro bloco do Ethereum 2.0
Foto: Shutterstock

O Ethereum 2.0 foi lançado nesta terça-feira (01), iniciando a primeira fase de atualização do segundo maior blockchain do mundo em valor de mercado.

Embora o lançamento tenha ocorrido conforme planejado, houve um elemento surpreendente. Logo no primeiro bloco, foi escrita uma mensagem que ninguém entendeu no início.

Publicidade

A mensagem era: “O Sr. F estava aqui.” (Original: “Mr F was here.”)

Considerando a sintaxe da mensagem, ela foi escrita de forma adequada na seção “graffiti” do bloco, onde os validadores podem escrever suas próprias mensagens. Isso é semelhante à parte dos blocos de Bitcoin em que os mineradores podem deixar mensagens.

Mas o que diabos essa mensagem significa? E quem é o Sr. F?

A princípio, alguns pensaram que se tratava de uma referência ao seriado de TV Arrested Development, já que é o nome do quinto episódio da terceira temporada. No programa, ninguém sabe quem é o Sr. F, até que seja revelado uma sigla inadequada.

Mas acontece que as origens desse Sr. F são bem diferentes.

De acordo com imagens de uma conversa do Discord, uma entidade com pseudônimo conhecido como Sr. Fahrenheit recebeu a honra de criar o primeiro bloco Ethereum 2.0. Conforme o Trustnodes relatou antes do lançamento, ele escreveu: “isso significa que estou no bloco 0 ou 1?”

O Sr. Fahrenheit – sim, seu nome é uma referência do Queen – é um desenvolvedor de aplicativos descentralizados (dapp) que era um veterano no ecossistema Ethereum antes de mergulhar no blockchain Tron. Em janeiro de 2019, ele estava comandando a “equipe Tron Shrimp”, que criou um dapp chamado Tron Shrimp Farm, no blockchain Tron. Ele se tornou popular por um breve período, chegando a 31.671 usuários por dia, mas não está mais ativo.

Publicidade

De acordo com Trustnodes, o Sr. Fahrenheit perguntou o que ele deveria escrever no primeiro bloco Ethereum 2.0. “E se eu denunciar o bitcoin e compará-lo com a máquina de escrever?”, sugeriu ele.

Mas, evidentemente, ele tomou sua decisão e, após o lançamento da cadeia Beacon, coube ao pastor oficial da Fundação Ethereum, Hudson Jameson, esclarecer o mistério. Ele perguntou ao Sr. Fahrenheit do Discord se o graffiti no bloco era uma referência a Arrested Development.

“Não”, respondeu ele, “[é] apenas uma abreviação para o Sr. Fahrenheit como na musica do Queen, ou se você estiver olhando para o meu autógrafo, é a abreviação de “Sr. Farenheit”.”

O Sr. Fahrenheit publicou então uma imagem da assinatura em questão. Ele simplesmente se dirige ao Sr. Farenheit (sic) e é assinado pelo co-fundador da Ethereum, Vitalik Buterin.

*Traduzido e editado com autorização da Decrypt.co
VOCÊ PODE GOSTAR
Pilha com varias moedas de Ethereum

ETFs de Ethereum são lançados no mercado e movimentam R$ 2 bilhões em 90 minutos

Os ETFs de Ethereum, que começaram a ser negociados hoje nos EUA, geraram um volume de negociação de US$ 361 milhões
Vitalik Buterin

Criador do Ethereum pede que eleitores não apoiem políticos só porque eles se dizem pró-cripto

Em meio à crescente adesão de Trump às criptomoedas, a publicação de Vitalik Buterin provocou reações mistas na comunidade cripto
Ilustração de um hacker de Ethereum

Plataforma DeFi do Ethereum recupera R$ 42 milhões após atender exigências de hacker

Uma exploração que ocorreu na rede de segunda camada do Ethereum, Scroll, fez com que milhões fossem drenados da Rho Markets
Imagem da matéria: Em evento na Europa, Vitalik Buterin discute melhorias cruciais para evolução do Ethereum

Em evento na Europa, Vitalik Buterin discute melhorias cruciais para evolução do Ethereum

Além de uma palestra de Vitalik Buterin, evento focado em Ethereum mostrou a força do Brasil na comunidade e reconhecimento como um hub na América Latina