Foco em uma moeda dourada de Ethereum (ETH)
Shutterstock

É tão provável que a Comissão de Valores Mobiliários (SEC) rejeite um fundo negociado em bolsa (ETF) de Ethereum à vista no próximo mês quanto aprove-o, de acordo com analistas do JP Morgan

Apontando para as recentes ações do regulador contra entidades relacionadas ao Ethereum, analistas do banco disseram em nota na quinta-feira (11) que as coisas não parecem boas para aprovação.

Publicidade

A análise dá continuidade a um sentimento de mercado cada vez mais pessimista em relação ao potencial novo veículo de investimento.

“Em nossa opinião, as notícias recentes de que a SEC está investigando empresas associadas à Fundação Ethereum também são consistentes com a visão de que não há mais do que 50% de chance de aprovação do ETF Ethereum até maio”, disse o relatório.  

No mês passado, surgiram notícias de que a Fundação Ethereum — uma organização sem fins lucrativos que apoia o ecossistema Ethereum — estava sendo investigada por uma “entidade estatal”. A SEC não confirmou este desenvolvimento ao Decrypt, mas outros meios de comunicação afirmaram isso.

O relatório do JP Morgan acrescentou que se um ETF de Ethereum não for aprovado até o prazo do próximo mês, é provável que os candidatos tomem medidas contra o regulador. 

Publicidade

“Acreditamos que o cenário mais provável é que a SEC acabe perdendo este litígio (semelhante ao que aconteceu com as batalhas legais da Grayscale e Ripple no ano passado), o que significa que, eventualmente, a SEC aprovará ETFs de Ethereum à vista (mas não tão cedo quanto neste mês de maio)”, acrescentou.

ETH é commodity ou valor mobiliário?

Numa abordagem mais otimista no mês passado, os analistas do JP Morgan disseram que o Ethereum poderia evitar ser designado como um valor mobiliário devido ao aumento da descentralização do projeto e, em vez disso, ser considerado uma commodity.

Mas acrescentou na quinta-feira que está “cético que a SEC classifique o Ethereum como uma commodity” nas próximas semanas.

O JP Morgan não é o único a reduzir as expectativas. Analistas de ETF da Bloomberg Intelligence disseram no mês passado que era improvável que os produtos recebessem luz verde no próximo mês.

O chefe de pesquisa da CoinShares, James Butterfill, disse ao Decrypt que “os investidores podem enfrentar decepções” quando o prazo chegar. 

Publicidade

Várias empresas de investimento de alto nível, como BlackRock, Fidelity e Grayscale, desejam lançar ETFs de Ethereum. Esses produtos permitiriam que os investidores ganhassem exposição ao segundo maior ativo digital sem a necessidade de comprá-lo ou armazená-lo.

A SEC disse sim a dez ETFs de Bitcoin (BTC) em 10 de janeiro. Os produtos de investimento começaram a ser negociados no dia seguinte e desde então têm tido enorme sucesso.

*Traduzido e editado com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Cachorro Shiba Inu que inspitou Dogecoin

Kabosu, a cachorrinha que inspirou a Dogecoin, falece aos 18 anos

Kabosu sofria de doença crônica e já era muito idosa; segundo sua dona, a cachorrinha “faleceu silenciosamente”
Imagem da matéria: Investidor acende alerta da comunidade ao ser hospitalizado após tentar fazer memecoin viralizar

Investidor acende alerta da comunidade ao ser hospitalizado após tentar fazer memecoin viralizar

O usuário foi atingido por fogos de artifício em uma live de divulgação do seu token
Números e letrs douradas sob um placa formam símolo do Real brasileiro

5 vantagens da tokenização de ativos do mundo real (RWA) | Opinião

Para o autor, a custódia de RWA tokenzados é um elemento crucial para a democratização do acesso aos investimentos
Michaël van de Poppe em vídeo no Youtube

“É hora de investir em altcoins como Ethereum além do Bitcoin”, diz Michaël van de Poppe

Citando o Ethereum com uma das opções, o analista diz que o mercado de altcoins já passou por correção e que a tendência agora é de alta