Tiago Reis posa para foto-Reprodução Facebook
Tiago Reis posa para foto (Foto: Reprodução/Facebook)

O economista e influencer Tiago Reis, criador da casa de análises Suno Research, voltou a publicar sobre a Braiscompany em um tweet na noite de terça-feira (28). Com ironia, Reis postou uma imagem de dois coletes com o nome da empresa e escreveu: “Comprei um hoje”.

A Braiscompany, que foi alvo de uma operação da Polícia Federal no último dia 16, é investigada por vários crimes, dentre eles, crime contra a economia popular, por supostamente atuar no ramo de criptomoedas como uma pirâmide financeira. Os responsáveis pela empresa, Antônio Neto Ais e Fabrícia Campos, estão foragidos desde então.

Publicidade

A publicação de Tiago Reis gerou vários comentários críticos à Braiscompany, além de gargalhadas. “Toin vai te pegar”, brincou o usuário ‘@agiotadab3’, se referindo ao apelido que Ais ganhou nas redes sociais.

“Não se vê mais desses aqui em Campina Grande/PB”, escreveu ‘@ArthurSa13’. Campina Grande é onde fica a sede da Brascompany. “Cafona, hein”, brincou outro usuário, @ricardogavassi.

Um dos comentários parece ironizar um antigo embate entre Reis e a Braiscompany que supostamente teria gerado um processo na justiça, mas detalhes sobre isso nunca foram revelados. “Mais um processo a caminho!”, comentou ‘@evandrogalindo’

Em um tweet no último dia 9, Tiago Reis se defendeu de críticas que, segundo ele, vinha sofrendo de funcionários da Braiscompany, porque teria perdido um processo contra a empresa – algo que ele nega. “Hoje notificamos a Brais Company”, disse Reis no início da publicação.

Publicidade

Caso Braiscompany

O casal Fabrícia e Ais foram alvos de mandados de prisão na operação Halving deflagrada pela Polícia Federal no último dia 16, mas não foram encontrados para explicar por que deixaram de pagar seus clientes e onde estariam alocados seus fundos. Vale lembrar que após autorização da justiça foram encontrados apenas R$ 199 nas contas bancárias do casal.

Na sexta-feira (24), a 4ª Vara Federal de Campina Grande (PB) determinou que a Superintendência da Polícia Federal na Paraíba solicitasse a inclusão dos nomes dos líderes da Braiscompany na lista de procurados da Interpol, a Organização Internacional de Polícia Criminal.

No último sábado (25), a Polícia Federal passou a divulgar um formulário para vítimas da Braiscompany prestarem informações e auxiliarem na investigação. A ação está sendo feita pelo perfil no Instagram @pfparaiba.

  • Clique aqui e acompanhe o Portal do Bitcoin no Google Notícias
VOCÊ PODE GOSTAR
Ilustração de bandeira do Brasil dentro moeda de Bitcoin

Fundos cripto do Brasil captam mais R$ 1,5 mi e chegam a 21ª semana consecutiva de entradas

Vindo de uma grande sequência de captação, fundos de criptomoedas do Brasil estão em 3º lugar no ranking global, atrás apenas dos EUA e Hong Kong
Fachada da GameStop em Tyler no Texas

GameStop e AMC desabam com fim da euforia do retorno de Roaring Kitty

As ações memes da GameStop e AMC caíram drasticamente após a abertura dos mercados dos EUA na quinta-feira, recuando pelo menos 15%
Imagem da matéria: Desenvolvedor da Solana rouba R$ 1,6 milhão de investidores para apostar em jogos de azar

Desenvolvedor da Solana rouba R$ 1,6 milhão de investidores para apostar em jogos de azar

“O que vier a seguir está nas mãos de Deus”, disse o dev após assumir o roubo
Imagem da matéria: O poder dos RWA: executivo explica por que faz sentido tokenizar ativos do mundo real

O poder dos RWA: executivo explica por que faz sentido tokenizar ativos do mundo real

Fabrício Tota, diretor do MB, discutiu no Ethereum Rio como empresas podem tirar o máximo proveito da tecnologia blockchain através da tokenização