Moedas de bitcoin e ethereum entre dedos à frente de um gŕafico indicando alta
Foto: Shutterstock

A semana passada foi a primeira vermelha de 2023 no mercado cripto em meio à repressão da SEC contra o serviço de staking da exchange Kraken, o que abalou a confiança dos investidores. Nesta semana, a maioria das principais criptomoedas conseguiu se recuperar, com altas de até 55% no período.

O Bitcoin (BTC) subiu 13,9% nos últimos sete dias, atingindo US$ 24.650 na tarde de sábado (18), de acordo com dados da CoinGecko, após ter batido brevemente a casa dos US$ 25 mil na quinta-feira (16). A maior criptomoeda do mundo está atualmente sendo impulsionada pelo sucesso do polêmico projeto Ordinals, que cria NFTs na blockchain do Bitcoin, mas ‘engorda os blocos’.

Publicidade

Devido aos seus contratos inteligentes de funcionalidade limitada em relação ao concorrente mais próximo, a rede Ethereum, a rede do Bitcoin não é normalmente conhecida por causa de NFTs, mas o número de tokens cunhados atingiu 130.000 desde o lançamento do projeto no mês passado.

O Ethereum (ETH), a segunda maior criptomoeda do mercado, subiu cerca de 12% nos últimos sete dias e atualmente é negociado próximo à casa de US$ 1.700. 

As duas maiores criptos andaram de lado durante o Valentine’s Day (Dia dos namorados nos EUA) enquanto os investidores avaliavam as conclusões do último relatório do Índice de Preços ao Consumidor (CPI) do U.S. Bureau of Labor Statistics. A inflação em janeiro atingiu 6,4%, superando as expectativas da agência em 0,2%, mas em geral vem recuando desde junho do ano passado.

Valorização de até 55% no top 30

A Cardano (ADA) desfrutou de um forte rali de 12% depois que a rede abandonou a atualização ‘Valentine’ . O Valentine melhora a funcionalidade e a segurança da cadeia cruzada para dapps na rede. O preço do seu token nativo está atualmente em torno de US$ 0,40.

Publicidade

As criptomoedas que viram fortes altas na semana foram a Avalanche (AVAX), que subiram 10,4% para US$ 19,66; Tron (TRX), que subiu 12% para US$ 0,07; Litecoin (LTC), que subiu 10% para US$ 101; Solana (SOL), que subiu 14% para US$ 23;  Lido DAO (LIDO), que disparou 13% para atingir US$ 3; e Polkadot (DOT), que ganhou 17% para US$ 7,31.

O destaque dentre as 30 maiores criptos, no entanto, ficam para a Filecoin (FIL), que valorizou 55% e bateu US$ 7,40; OKB, que disparou 30% na semana para atingir os US$ 51 atuais; e Polygon (MATIC), que saltou 25% e vale nesta tarde de sábado cerca de US$ 1,50. Os dados são da Coingecko.

Em resumo, nenhuma perda significativa foi registrada por nenhuma das 30 principais criptomoedas por capitalização de mercado, e praticamente todas elas valorizaram esta semana.

Regulamentação na Europa e nas Américas

O rali das criptomoedas da semana passada ocorreu apesar do fato de que as indicações dos reguladores não melhoraram.

Na terça-feira (14), a Autoridade de Conduta Financeira do Reino Unido (FCA) emitiu um comunicado à imprensa revelando suas ações contra os serviços de caixas eletrônicos de criptomoedas não registrados nos órgãos oficiais, tendo encontrado vários deles operando na cidade de Leeds, na Inglaterra.

Publicidade

O diretor executivo de fiscalização e supervisão de mercado da FCA, Mark Steward, disse: “As empresas de criptomoedas que operam no Reino Unido precisam ser registradas na FCA para fins de combate à lavagem de dinheiro”.

Naquele mesmo dia, legisladores e especialistas se reuniram na capital dos EUA, Washington, para discutir a regulamentação das criptomoedas, mas não chegaram a um consenso sobre como fazê-lo, com alguns incentivando uma abordagem mais pesada do que outros.

Notavelmente, o presidente da SEC, Gary Gensler, não estava presente, apesar de ser um dos reguladores mais vocais em torno do tema. Os legisladores observaram que ele deveria comparecer à próxima audiência do comitê.

Na quarta-feira (15), o Banco Central Europeu (BCE) emitiu orientações informando aos bancos europeus que, devido ao risco inerente das criptomoedas, eles deveriam aplicar limites a qualquer participação antes mesmo que os padrões globais do Comitê de Supervisão Bancária da Basiléia (BCBS) entrassem em vigor em 2025.

A mudança vem uma semana depois que o bloco publicou um novo projeto de lei que impõe aos bancos classificarem o risco cripto o mais alto possível.

Publicidade

E a SEC continuou sua onda de repressão esta semana, trazendo ações de fiscalização grandes e pequenas: um caso que repercutiu bastante foi sobre uma ação contra a Terraform Labs e Do Kwon, ambos envolvidos com o colapso da Terra LUNA, e uma multa de US$ 1,4 milhão contra o ex-astro da NBA Paul Pierce por ter promovido o polêmico projeto EthereumMax, o mesmo que Kim Kardashian se envolveu e acabou recebendo uma multa de $ 1,26 milhão da agência reguladora.

Na quinta-feira (16), a comissária da SEC, Hester Pierce, foi ao Twitter para criticar a proposta de custódia de cripto de sua agência. Pierce mencionou especificamente o prazo, a viabilidade e a jurisdição da agência como potencialmente problemáticos e disse que o público precisa de mais tempo para analisá-la e discuti-la.

*Traduzido pelo Portal do Bitcoin com autorização do Decrypt.

  • Clique aqui e acompanhe o Portal do Bitcoin no Google Notícias
VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Bitcoin salta 6% e supera US$ 66 mil conforme a inflação desacelera nos EUA

Bitcoin salta 6% e supera US$ 66 mil conforme a inflação desacelera nos EUA

“Os números do CPI dos EUA desencadearam uma ruptura na faixa de ativos de risco”, disse a empresa de Cingapura QCP Capital sobre a alta do Bitcoin
tornado cash 1

Desenvolvedor do Tornado Cash é condenado a 5 anos de prisão por lavagem de dinheiro

“O Tornado Cash, em sua natureza e funcionamento, é uma ferramenta destinada a criminosos”, disse um dos juízes ao condenar Alexey Pertsev
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Ethereum surpreende e cai 3,6% após aprovação dos ETFs

Manhã Cripto: Ethereum surpreende e cai 3,6% após aprovação dos ETFs

Embora esteja em queda nesta sexta, o Ethereum ainda registra ganhos de mais de 21% na semana
Moedas de Bitcoin sobre mesa espelhada

Bitcoin é uma “forma de arte” e uma moeda de desconfiança, diz filósofo Yuval Noah Harari

O filósofo, no entanto, mostrou desconfiar se realmente o Bitcoin será o futuro do dinheiro como algumas pessoas defendem