Imagem da matéria: Samsung escolhe plataforma de NFT para nova linha de TVs
Foto: Shutterstock

Embora muitas startups estejam desenvolvendo telas sob medidas para tokens não fungíveis (ou NFTs, na sigla em inglês), a Samsung tomou uma abordagem diferente: acrescentará funcionalidade de NFTs às suas smart TVs, possivelmente abrindo as portas do colecionamento de NFTs a um público bem mais amplo.

Nesta quarta-feira (30), a empresa de tecnologia anunciou uma parceira da indústria NFT que está ajudando a dar vida à interface de sua smart TV: Nifty Gateway, mercado NFT focado no Ethereum, fundado pelos irmãos Griffin e Duncan Cock Foster em 2018 e adquirido pela corretora de criptomoedas Gemini em 2019.

Publicidade

O Nifty Gateway trabalhou junto com a Samsung para desenvolver uma otimizada experiência de visualização, compra e negociação de NFTs para televisões.

A Samsung se beneficia do sistema de carteira custodial do Nifty Gateway, em que a  plataforma garante a segurança dos colecionáveis de usuários em vez de exigir que mantenham os ativos em uma carteira externa.

Também permite que usuários adquiram NFTs com um cartão de débito ou crédito ou via criptomoedas.

“Por meio de nossa parceria com a Samsung, uma das líderes globais de eletrônicos, juntos vamos expor milhões de usuários comuns a NFTs”, disse Griffin Cock Foster ao Decrypt.

“No ano passado, NFTs passaram por um momento de transformação, principalmente para a indústria da arte. Criadores e colecionadores conseguiram perceber o poder dessa tecnologia.”

Publicidade

“Este ano, esperamos ver um crescimento contínuo de consumidores comuns ao fornecermos, pela primeira vez na História, uma maneira simplificada de comprar e colecionar NFTs”, continuou.

“Não poderíamos estar mais empolgados em ter uma parceira como a Samsung alinhada à nossa missão.”

Nifty Gateway e Samsung

A plataforma NFT Nifty Gateway será integrada à nova linha 2022 de TVs premium da Samsung, incluindo as marcas QLED e Neo QLED, enquanto donos das marcas The Frame e Micro LED poderão baixar um aplicativo do Nifty Gateway para obter acesso ao mercado.

A Samsung havia anunciado planos de integrar a funcionalidade NFT em suas novas TVs no evento Consumer Electronics Show (CES), em janeiro.

Usuários vão poder visualizar todas as obras de arte na plataforma Nifty Gateway, seja de uma das coleções curadas pelo próprio Nifty (incluindo grandes artistas, como Beeple, Pak e XCOPY) ou NFTs agregados de outros mercados.

Publicidade

Em 2021, a plataforma começou a expandir além de suas próprias vendas curadas para oferecer aos clientes uma gama maior de colecionáveis NFT.

A plataforma já facilitou centenas de milhões de dólares em volume negociado de NFTs, atingindo a marca de US$ 300 milhões negociados em maio de 2021 e realizando grandes vendas desde então.

Em dezembro, por exemplo, uma venda do artista digital Pak gerou quase US$ 92 milhões em vendas primárias. Já na semana passada, uma venda pública do XCOPY gerou US$ 23 milhões de negociação em apenas dez minutos.

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: "Centavo épico" de Bitcoin é usado para inscrever música da Grimes gerada por IA

“Centavo épico” de Bitcoin é usado para inscrever música da Grimes gerada por IA

Ordinals com uma música gerada por IA da Grimes foi inscrito num satoshi “épico” de Bitcoin avaliado em mais de R$ 10 milhões
Moedas de bitcoin sob mesa escura com sigal ETF

Manhã Cripto: ETFs de Bitcoin voltam a captar mais US$ 100 mi por dia nos EUA; Ex-diretor da FTX pede 18 meses de prisão

Mercado também começa a se preparar para veredito final da SEC sobre os ETFs de Ethereum à vista
moeda de bitcoin dentro de armadilha selvagem

CVM faz pegadinha e descobre que metade das pessoas cairia em golpe com criptomoedas

Junto com a Anbima, a entidade criou um site de uma empresa fictícia que simulava a oferta de investimentos com lucros altos irreais
sob notas de dólares estão moedas de bitcoin, ethereum, ao lado de celular com logo FTX

FTX apresenta proposta para devolver aos clientes 118% dos fundos perdidos

Empresa afirma que caso o plano seja aprovado pela corte, os pagamentos serão feitos em até 60 dias