Imagem da matéria: Robô de investimentos faz empréstimo-relâmpago de US$ 200 milhões para lucrar US$ 3
Foto: Shutterstock

Um robô de arbitragem realizou um “empréstimo-relâmpago” de US$ 200 milhões em tokens da stablecoin DAI, usados para uma operação de trade que rendeu US$ 3,24 de lucro, após o pagamento de US$ 30 em taxas de rede. Tudo aconteceu no intervalo de um único bloco na rede do Ethereum (ETH), na manhã desta quarta-feira (14).

Arbitragem é a prática de trade entre plataformas, que acontece em questão de segundos e se aproveita da diferença de cotação de criptoativos em diferentes mercados — comprando mais barato em um mercado para vender mais caro em outro mercado. Robôs são programados para identificar essas oportunidades e executar as ordens automaticamente.

Publicidade

Para a operação desta manhã, um robô utilizou uma nova funcionalidade na MakerDAO chamada de “Contrato DssFlash”, conforme reportado pela página de análise Arkham, no Twitter.

https://twitter.com/ArkhamIntel/status/1668921471387963393

Estes contratos permitem realizar empréstimos-relâmpagos em um máximo de até US$ 500 milhões por contrato, com a condição de que ele seja quitado no mesmo bloco de transação na rede do Ethereum.

No Ethereum, um novo bloco é emitido a cada 12 segundos. O que significa que o trader tem menos de 12 segundos para concluir a operação.

No caso deste robô de arbitragem, ele nem mesmo chegou a receber os US$ 200 milhões em DAI, já que a quantia foi imediatamente aplicada como garantia na plataforma de liquidez Aave (AAVE), para um novo empréstimo de US$ 2,35 mil em WETH.

Publicidade

Uma vez em posse do criptoativo líquido em sua carteira, o trader robô comprou o token Threshold Network (T) na plataforma Curve para vender na plataforma Balancer, aproveitando a diferença de preço do token em cada uma delas.

Após isso, o robô pagou o empréstimo na Aave, recuperou sua garantia de US$ 200 milhões e quitou o empréstimo-relâmpago do Contrato DssFlash na MakerDAO.

Tudo foi realizado no intervalo de alguns poucos segundos e rendeu 0,019 ETH (~US$ 33) de lucro para o robô de arbitragem. No entanto, foram gastos cerca de US$ 30 em taxas nos seis passos necessários — o que acabou resultando em um lucro líquido de apenas US$ 3,24.

As taxas médias na rede do Ethereum estão em cerca de US$ 4,12 para pagar pelo gás das transações, segundo o BitInfoCharts – mais caras do que o lucro líquido auferido com um empréstimo de um quinto de bilhão de dólar.

Talvez você queira ler
Imagem da matéria: Blast: Conheça o novo protocolo de segunda camada do Ethereum que já atraiu US$ 30 milhões no lançamento

Blast: Conheça o novo protocolo de segunda camada do Ethereum que já atraiu US$ 30 milhões no lançamento

Blast promete trazer ganhos de staking obtidos na blockchain principal para a segunda camada e projeto abarca também stablecoins
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin (BTC) ultrapassa US$ 38 mil com expectativa de alívio monetário nos EUA; Solana (SOL) decola 10%  

Manhã Cripto: Bitcoin (BTC) ultrapassa US$ 38 mil com expectativa de alívio monetário nos EUA; Solana (SOL) decola 10%  

A perspectiva de lançamento de ETFs com exposição direta ao Bitcoin no mercado americano também influencia as negociações
Imagem da matéria: Fundo nacional de pensão  da Coreia do Sul lucra 40% ao investir US$ 20 milhões na Coinbase

Fundo nacional de pensão da Coreia do Sul lucra 40% ao investir US$ 20 milhões na Coinbase

O Serviço Nacional de Pensão da Coreia do Sul conseguiu um lucro de 40% na compra de ações da Coinbase no terceiro semestre
Desenho de uma caixa sustentada por paraquedas

Exchange fará airdrop de tokens para quase 1 milhão de endereços Solana; veja como participar

Jupiter irá distribuir 1 bilhão de JUP no primeiro airdrop; 955 mil endereços Solana são elegíveis