Jerome Powell, presidente do Fed, mostrado em tela de computador
Jerome Powell, presidente do BC americano (Shutterstock)

O presidente do Federal Reserve (Fed), Jerome Powell, disse na quinta-feira (7), durante uma sessão do Congresso americano, que os legisladores “não estavam nem perto” de tomar medidas para lançar uma CBDC (Moeda Digital do Banco Central). 

“As pessoas não precisam se preocupar com uma moeda digital do Banco Central, nada disso está nem remotamente perto de acontecer tão cedo”, disse Powell ao Comitê Bancário do Senado, segundo reportagem da Reuters.

Publicidade

De acordo com a agência de notícias, Powell acrescentou que o Fed não tem interesse em estabelecer contas para indivíduos que possam competir com o sistema bancário e não apoiaria qualquer monitoramento sobre transações financeiras.

“Se algum dia fizéssemos algo assim — e estamos muito longe de sequer pensar nisso — faríamos isso através do sistema bancário. A última coisa que desejaríamos com o Federal Reserve seria ter contas individuais para todos os americanos, ou para qualquer americano”.

Iniciativas de CBDC avançam em vários países, incluindo Brasil

A visão de Powell acerca das CBDCs vai na contramão de iniciativas já adotadas em várias regiões, como Hong Kong, Nigéria, Reino Unido, que avançam para adotarem suas CBDCs.

De acordo com um levantamento feito no ano passado pelo BIS, 93% de todos os bancos centrais do mundo já possuem algum tipo de projeto de CBDC e 24 moedas digitais devem entrar em operação nos próximos anos.

Publicidade

O Brasil está adiantado com o projeto do DREX, novo nome do real digital, a CBDC da moeda fiduciária brasileira, que deve ser lançado até 2025 e promete revolucionar o sistema financeiro nacional.

De acordo com Fabrício Tota, diretor de Novos Negócios do Mercado Bitcoin, “o real digital pode acelerar a transição para uma economia digital, facilitando processos complexos como a tokenização e possibilitando novos modelos de negócio”.

Na quinta-feira (7), o Hong Kong Monetary Authority (HKMA), o banco central da região autônoma chinesa, anunciou um conjunto de projetos  — denominado “Project Ensemble” pela entidade — para dar início à criação de uma “moeda digital do banco central atacadista” (wCBDC).

De acordo com o anúncio, o objetivo é explorar uma infraestrutura inovadora do mercado financeiro para facilitar a liquidação interbancária contínua de dinheiro tokenizado.

Publicidade

De acordo com a publicação da empresa de blockchain Gluwa no X, há uma parceria entre a entidade e o Banco Central da Nigéria (CBN) para tornar os sistemas da moeda digital eNaira mais eficientes e impulsionar a adoção no país.

A parceria, contudo, ainda não foi anunciada pelo CBN até o momento da publicação deste artigo. Repercutiram sobre o assunto os sites CoinDesk e The Block.

O Reino Unido também tem trabalhado para criar uma Libra Digital desde pelo menos abril de 2021, quando uma força-tarefa oficial foi criada.

VOCÊ PODE GOSTAR
jogadores de costas tocam os punhos

Filipinos voltam a lotar lan houses para ganhar criptomoedas em jogos; é o retorno do play-to-earn?

Jogar Heroes of Mavia, Nifty Island e PIXEL em horário integral nas Filipinas pode render cerca de duas vezes o salário mínimo do país
Imagem da matéria: Scarpa quer desfecho de ação contra Willian Bigode por golpe cripto: “Já passou da hora”

Scarpa quer desfecho de ação contra Willian Bigode por golpe cripto: “Já passou da hora”

O jogador do Atlético Mineiro está desde o ano passado atrás dos valores investidos na WLJC Gestão Financeira através de Bigode
Fusão da imagem de uma moeda de bitcoin com a bandeira do Paraguai

Senadores do Paraguai querem pausar toda atividade ligada ao Bitcoin; entenda

Projeto de lei quer que atividades como mineração, compra e venda de Bitcoin sejam suspensas por 180 dias
Imagem da matéria: Michael Saylor está no Brasil para participar de evento do Itaú

Michael Saylor está no Brasil para participar de evento do Itaú

O famoso entusiasta do Bitcoin veio ao Brasil para participar de um evento fechado com clientes do Itaú