Imagem da matéria: Portugal Quer Taxar Usuários de Bitcoin

Assim como no resto do mundo, os meios de comunicação em Portugal tem falado bastante sobre Bitcoin devido à crescente popularidade das criptomoedas.

Em abril, o jornal português Jornal de Negócios contatou a Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) para saber se os bitcoins eram tributáveis.

Publicidade

Leia Também: Nevada é o Primeiro Estado dos EUA a Proibir os Impostos na Blockchain

Jornalistas perguntaram aos funcionários da organização uma pergunta muito simples por telefone: bitcoins são tributáveis? A funcionária da organização que atendeu admitiu que não tinha ideia se os cidadãos deveriam ou não declarar ganhos de bitcoin, pois não estava qualificada para responder a pergunta. Ela prometeu ligar de volta dentro de 24 horas depois de chegar a seus superiores.

Mais tarde, os jornalistas tentaram novamente. Desta vez, outro funcionário confessou que tinha sido perguntado esta pergunta antes e que, no momento, ele falou com seus superiores sobre isso. Ainda assim, a resposta permaneceu; Ninguém realmente sabia se os ganhos em moeda digital deveriam ser declarados. Sem registro, o funcionário recomendou que os jornalistas não declarassem nada. Segundo relatos, ele afirmou:

Há um vazio legal, não há regulamentos, então eu não colocaria nada nos formulários de impostos

A primeiro funcionária então retornou, após 48 horas. Ela assegurou que os ganhos obtidos pela negociação de bitcoins não eram tributáveis. A resposta contradiz a resposta oficial do Ministério das Finanças.

Bitcoin são taxados em Portugal

Conforme relatado pela CCN, o banco central de Portugal, o Banco de Portugal, declarou no passado que o bitcoin não tem quadro legal no país, nem uma autoridade central que o controla.

Publicidade

Leia Também: Mercado de Criptomoedas Já é Maior que Uber, Airbnb e Xiaomi

O Ministério das Finanças agora reafirmou que o bitcoin não tem um quadro legal, mas afirma que os ganhos de bitcoin são tributáveis. Em um comunicado enviado ao Jornal de Negócios, a AT disse:

Se as leis fiscais portuguesas atuais não contemplam especificamente esse tipo de atividade, somos de opinião que tais receitas constituem a distribuição de lucros, proporcionalmente à sua participação (investimento)

A declaração veio em uma resposta escrita que demorou dois meses. Dado que os ganhos de bitcoin constituem “distribuição de lucros”, a organização concluiu que os usuários de bitcoin devem declarar seus ganhos, desde que “em virtude de sua natureza habitual, constituam uma atividade profissional ou comercial”. Para declará-los, as seguintes instruções foram dadas:

“Uma vez que estes são ganhos pagos por uma entidade que não residem em Portugal, são considerados como obtidos no exterior, que devem ser mencionados no Anexo J (quadro 4 – campo 420) [dos formulários fiscais de Portugal]”

Talvez você queira ler
Imagem da matéria: Atlético de Madrid quer processar corretora de criptomoedas por calote de R$ 214 milhões

Atlético de Madrid quer processar corretora de criptomoedas por calote de R$ 214 milhões

A WhaleFin não pagou o combinado para ter sua marca exposta nas camisas do clube
SBF da FTX no Congresso dos EUA

Sam Bankman-Fried lidera “lista da vergonha” da Forbes; veja quem mais decepcionou

A Forbes publicou uma lista de jovens empresários que contrariam as expectativas ao se envolverem em fraudes e outras infrações
tela de laptopmostra logotipo do site Coindesk

CoinDesk é comprado por exchange do ex-presidente da bolsa de Nova York

O site de notícias cripto pertencia até então ao Digital Currency Group; os valores da negociação desta semana não foram divulgados
Dedo indicador apoia bolo de dinheiro em forma digital

FMI publica manual de CBDC e cobra maior proatividade de países na criação de moedas digitais 

A diretora-geral do FMI, Kristalina Georgieva, sugeriu aos países que façam um esforço mais proativo para desenvolver suas CBDCs