Polícia Federal fez operação contra esquema de furto de cartões de crédito nos Correios no RJ

Polícia Federal deflagra operação contra grupo que negociou mais de uma tonelada de ouro
Foto: Divulgação/PF


A Polícia Federal (PF) cumpriu na quarta-feira (24) no Rio de Janeiro mandados de busca e apreensão e prisão num caso de associação criminosa que alicia funcionários dos Correios a furtarem correspondências com cartões de créditos.

“O cartões eram utilizados em fraudes”, disse a PF em comunicado sobre a ‘Operação Registrado’.

Os mandados, segundo a nota da PF, foram expedidos pela 3ª Vara Federal Criminal. Eles foram cumpridos no município de São João de Meriti (RJ) e nos bairros de Inhaúma e Bonsucesso, ambos na zona norte daquele estado.

Funcionário e Sargento presos

Segundo a PF, a investigação teve origem na prisão em flagrante, em 2019, de um funcionário dos Correios e um Sargento da Marinha.

Conforme explicou o órgão, o flagrante se deu “quando o primeiro entregava para o segundo, cerca de 300 correspondências bancárias com cartões de crédito, furtadas do setor de tratamento de objetos postais dos Correios”. 

Até o momento, informou a PF, foram apreendidos documentos, celulares e computadores que serão objeto de análise e perícia técnica.

De acordo com as investigações conduzidas pela Delegacia de Repressão a Crimes contra o Patrimônio e Tráfico Internacional de Armas (Delepat), “o índice de extravio de cartões nos Correios diminuiu sensivelmente após as prisões, deste e de outro apuratório”.


BitcoinTrade: Negocie criptomoedas com segurança e agilidade!

Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. 95% dos depósitos aprovados em menos de 1 hora! Acesse: bitcointrade.com.br