Viatura da Polícia Federal do Brasil - foto divulgação PF
Foto: Divulgação/PF

A Polícia Federal (PF) irá contratar três cursos sobre criptomoedas para capacitar seus servidores mediante a inovação tecnológica. São eles: Curso de Técnicas de Investigação de Criptomoedas e Darkweb, Curso de Busca e Apreensão e Exames Periciais Envolvendo Criptomoedas e Curso Básico de Criptoativos.

As contratações foram registradas no dia 25 de maio, no processo de Inexigibilidade nº 01/2023-SR/PF/MS, sem a necessidade de licitação conforme previsto pela Lei 8.666/93 .

Publicidade

O “Curso de Técnicas de Investigação de Criptomoedas e Darkweb” tem como objetivo “desenvolver conhecimentos e habilidades sobre técnicas de investigação de moedas virtuais e Darkweb” e irá capacitar 40 alunos da Polícia Federal, com uma carga total de 40 horas.

Outros 80 alunos serão treinados por 20 horas para o “Curso de Busca e Apreensão e Exames Periciais Envolvendo Criptomoedas”. Neste, a meta é “apresentar os conceitos básicos sobre criptomoedas (notadamente o Bitcoin) e recomendações e normativos relativos à busca e apreensão e análise pericial de criptoativos”.

Ambos os cursos são presenciais.

Além destes, os servidores da PF também poderão cursar o “Curso Básico de Criptoativos”, que será ministrado no modelo de Ensino à Distância (EAD), com 4000 vagas abertas e uma carga horária de 30 horas.

Necessidade de capacitação de servidores da Polícia Federal

Durante o evento Criptorama/Money Monster Brazil, que acontece nesta terça (6) e quarta-feira em Brasília, o cofundador da Chainalysis, Jonathan Levin, palestrou sobre a importância do uso de ferramentas investigativas on-chain para as autoridades brasileiras, dada a aproximação da entrada em vigor da Lei das Criptomoedas.

Publicidade

Além disso, o uso de criptomoedas para bancar vendas ilegais de fentanil, um opioide analgésico 100 vezes mais forte do que morfina, está preocupando os líderes mundiais sobre o avanço da substância pelo mundo afora, inclusive no Brasil.

Em fevereiro deste ano, autoridades apreenderam a droga pela primeira vez em solo brasileiro.

VOCÊ PODE GOSTAR
moeda de bitcoin dentro de armadilha selvagem

CVM faz pegadinha e descobre que metade das pessoas cairia em golpe com criptomoedas

Junto com a Anbima, a entidade criou um site de uma empresa fictícia que simulava a oferta de investimentos com lucros altos irreais
martelo de juiz com logo da binance no fundo

Governo dos EUA contrata empresa para monitorar a Binance

A Forensic Risk Alliance venceu a disputa contra a Sullivan & Cromwell, que atuou no caso FTX
Silhueta de pessoa jogando videogame À frente de TV

Os maiores tokens de jogos lançados em 2024 – até agora

O Notcoin aparece na lista dos maiores tokens de jogos deste ano, ao lado de Pixels, Portal, Saga e muito mais
Imagem da matéria: Fed e o Banco do Japão levarão o Bitcoin a US$ 1 milhão, diz Arthur Hayes

Fed e o Banco do Japão levarão o Bitcoin a US$ 1 milhão, diz Arthur Hayes

Um complexo emaranhado entre bancos centrais em relação ao iene levará a uma frenética impressão de dinheiro, elevando o preço do Bitcoin, diz o cofundador da BitMEX